As Melhores HQs do Gladiador Dourado é uma lista baseada na opinião de nossos redatores

.

Ele foi criado por Dan Jurgens em 1986. Nasceu no século XXV, pelos idos de 2442. Mas talvez poucos heróis se enquadrem tão bem nos tempos atuais – em que a busca por curtidas virou uma obsessão – quanto o Gladiador Dourado.

Michael Jon Carter nasceu em uma família pobre em uma área decadente de Gotham, filho de um viciado em jogos que perdeu tudo e os abandonou. Mais velho, vislumbrou o sucesso como quarterback do time de futebol americano da universidade em que estudava, mas foi expulso por se envolver com apostas.

Procurando novos rumos, Michael conseguiu um trabalho como guarda noturno no Museu Espacial de Metrópolis. Lá, se especializou na história dos super-heróis do século XX e percebeu que, como um deles, poderia facilmente conquistar seu maior desejo: fama e dinheiro.

Não são apenas os objetivos de Carter que carecem de nobreza. Para se tornar o Gladiador Dourado, furtou da exposição equipamentos de heróis do passado, um cartão de crédito e uma máquina do tempo criada por Rip Hunter e foi para a década de 1980, onde ninguém conhecia seu passado tortuoso e poderia tirar proveito de seu conhecimento futuro.

.

As 13 Melhores Histórias do Gladiador Dourado 1

.

Fruto da renovação na DC após a saga Crise Nas Infinitas Terras (1985), em breve o Gladiador Dourado ganhará, ao lado de seu melhor amigo, o Besouro Azul, uma nova minissérie na gringa intitulada Blue and Gold – com data de lançamento marcada para 20 de julho de 2021.

Quais as melhores histórias com este herói que, segundo suas próprias palavras, entrou “nessa pensando na grana e em ser uma celebridade”, iniciou a carreira através de um crime e ainda assim conseguiu entrar para a Liga da Justiça? O Ultimato do Bacon selecionou 12 delas.

.

As melhores histórias do Gladiador Dourado

.

Booster Gold (1986)

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado

.

Se você quer conhecer a história de origem e a essência do que é o Gladiador Dourado, a série Booster Gold (1986), com arte e roteiros de Dan Jurgens, seu criador, é indispensável.

É nela que, em 25 edições, acompanhamos a chegada de Michael Carter ao século XX para obter fama e dinheiro, sua adaptação à década de 1980, o reconhecimento como o principal super-herói de Metrópolis – ao menos por um período – após salvar o presidente dos EUA de uma organização criminosa chamada “Os 1000”, a rivalidade com o Super-Homem, sua derrocada financeira e tragédias familiares.

O grupo de personagens secundários apresentados nas HQs são carismáticos e bem trabalhados, incluindo o agente de relações públicas do herói, Dirk Davis – sim, ele tem um RP –, sua secretária Trixie, sua irmã gêmea Michelle Carter, além do divertidíssimo Skeets, um robozinho voador que também veio do futuro e serve como seu amigo, ajudante, conselheiro e treinador.

Cenas como a do Gladiador protagonizando um comercial de cereal matinal são impagáveis. Infelizmente, essa leitura acaba sendo um grande desafio, pois ainda não foi publicada no Brasil e não existe previsão nenhuma para isso.

Importante: na revista Booster Gold (1986) #25, que integra um crossover da saga Millennium (1988), em um diálogo com o Caçador de Marte, a Precursora revela que o Gladiador Dourado precisa ser protegido pois é essencial à evolução humana, sendo um dos elos da corrente evolutiva. Essa é a primeira vez que temos pistas de que Carter é um personagem muito mais complexo do que aparenta e fundamental para o universo da DC.

.

Nem tudo que Reluz… de John Byrne e Dan Jurgens

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado O grande confronto com o Superman não poderia ficar de fora da lista de Melhores HQ´s do Gladiador Dourado!

.

John Byrne e Dan Jurgens criam um crossover magnético que coloca o Homem de Aço e o Gladiador Dourado em rota de colisão! Na HQ de 1987 vemos o Gladiador Dourado incomodado com o “dia do Superman”, uma celebração abraçada pela cidade de Metrópolis para agradecer ao grande herói da cidade.

O Gladiador dá entrevistas coletivas, destrói uma estátua e puxa briga com o herói – E pasmem: até ganha o confronto! É quando um segundo Gladiador Dourado aparece que as coisas ficam confusas de verdade..

A trama foi originalmente publicada em “Action Comics (1938)” #594 e “Booster Gold (1986)” #23. No Brasil a história completa pode ser encontrada em “Super-Homem” (1ª Série) #55 (1989) da editora Abril.

.

Liga da Justiça Internacional de Keith Giffen e J.M. Dematteis

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado As histórias mais famosas do Gladiador Dourado estão na Liga da Justiça Internacional

.

Podemos dizer que o Gladiador Dourado “nasceu para o mundo” na série da Liga da Justiça Internacional de Keith Giffen e J.M. Dematteis. A chamada “liguinha” tem no humor do Gladiador e de seu parceiro Besouro Azul seu grande chamariz (fora os hilários conflitos de Gardner com.. todo mundo!). A série é longa e teve inúmeras ramificações – como a Liga da Justiça Europa.

Recomendo que você leia, pelo menos, os 15 primeiros números. Você verá o Gladiador entrando na equipe (graças a uma falcatrua de Maxwell Lord) e missões envolvendo aliens, a antiga URSS e até espionagem – além de ver o nascimento da amizade com o Besouro.

Essa fase é importante para tudo que vem depois, já que ela estabelece quem é Maxwell Lord (ainda longe de ser um perigoso vilão) e seu relacionamento com a Liga. A fase pode ser lida na antiga série da editora abril “Liga da Justiça” (1ª série) de 1987, possui 67 números, ou nos encadernados da Panini Comics “Lendas do Universo DC: Liga da Justiça – J.M. Dematteis & Keith Giffen” que começaram a ser publicados em 2019.

.

Já fomos a Liga da Justiça

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado

.

Já fomos a Liga da Justiça é uma minissérie em seis capítulos que marca a volta do duvidoso empresário Maxwell Lord, da Liga da Justiça Internacional de J.M. Dematteis e Keith Giffen. Os dois roteiristas retornam com os incríveis desenhos – e caretas – de Kevin Maguire.

Max, com a ajuda de seu companheiro robô, L-Ron, monta um novo grupo de heróis, os “Superamigos”, com a proposta de ser mais “próximo do povo”, incluindo Besouro Azul, Fogo, Capitão Átomo, Mary Marvel, Sue Dibny, Homem-Elástico e Gladiador Dourado.

A construção da nova equipe também marca o reencontro de Michael Carter e Ted Kord – o Besouro Azul –. Porém, ambos vivem uma crise na amizade, onde Kord, com problemas cardíacos e buscando se portar de forma mais madura não “dá liga” com o antigo jeito mulherengo e juvenil de Carter.

Para piorar, o Besouro não se conforma com o amigo ter casado com uma mulher bem mais velha para reaver a fortuna e a boa vida de seus tempos áureos.

Quem não conhece a sagacidade e o deboche dos criadores pode imaginar tranquilamente que está lendo uma paródia. Os diálogos são irônicos e ácidos. O final é bizarro. O palco ideal para o Gladiador. A história foi publicada por aqui pela Panini em 2004 em três revistas.

.

52 – A Guerra Secreta pelo novo Multiverso 

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado

.

Depois da Crise Infinita, O universo DC passou por 52 semanas bem conturbadas. Entre as diversas histórias sendo contadas, dentre elas a Terceira Guerra Mundial do Adão Negro, temos o Gladiador Dourado numa empreitada para se tornar um herói usando o conhecimento futuro armazenado em seu fiel escudeiro Skeets.

Entre os tropeços de Michael, ele acaba esbarrando em um problema muito maior uma vez que Skeets foi contaminado pelo perigoso Senhor Cérebro que tem seus próprios planos para o recém-formado Multiverso. Com a ajuda de Rip Hunter, o Gladiador precisa ir a níveis inimagináveis para impedir uma nova crise, incluindo “sacrificar” a própria vida.

.

O Gladiador Dourado de Geoff Johns

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado O Gladiador Dourado abraça de vez seu lado viajante do tempo nessa HQ de 2007 comandada por Geoff Johns

.

Após o final da maxissérie 52, coube a Geoff Johns (ao lado do criador do Gladiador Dan Jurgens) comandar a continuação daquela trama. Johns abraça de vez o direcionamento dado pela HQ “52” e mostra um Gladiador que precisa se fingir de idiota (recusando até um convite para integrar a LJA) para poder continuar salvando o mundo sem que ninguém saiba.

A trama passeia pelo Universo DC de forma divertida e leve e acaba tendo seu grande arco quando o Gladiador decide salvar Ted Kord da morte pelas mãos de Maxwell Lord. É óbvio que isso bagunça o tempo e faz com que a dupla Besouro Azul e Gladiador Dourado precise atuar!

O Gladiador Dourado de Geoff Johns dura apenas 11 edições mas é marcante por misturar um clima aventuresco leve com momentos icônicos e emocionantes que vão dialogar em cheio com os fãs da DC. Confira nosso review completo e saiba onde ler a série aqui!

.

Mestres do Tempo – A busca por Batman de Dan Jurgens e Norm Rapmund

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado

.

Mestres do Tempo – A busca por Batman é uma aventura estrelando Rip Hunter e o Gladiador Dourado com participações importantes do Superman e do Lanterna Verde e também de outros personagens como Supernova, os Homens Lineares e outros.

Publicada originalmente em 6 edições em 2010, Time Masters: Vanishing Point saiu no Brasil em um encadernado pela editora Panini em outubro de 2011, alardeando sua conexão com Ponto de Ignição e O Retorno de Bruce Wayne.

A HQ, que conta com roteiro e arte de Dan Jurgens e arte-final de Norm Rapmund, trata do “outro lado” da aventura que traz o Batman de volta ao tempo presente após os eventos de Crise Final.

.
No entanto, ela é importante para nossa lista pois Jurgens explora a revelação que havia acabado de ser feita na cronologia DC: Michael Carter é, na realidade, o pai de Rip Hunter e, a cada capítulo, vemos um Gladiador Dourado mais velho, mais sábio e heróico do que estamos acostumados a ver; menos piadista e mais focado em sobreviver, manter sua família segura e ensinar seu filho tudo o que ele precisa saber para manter o fluxo do tempo seguro.

Nos tempos atuais, vemos o Gladiador fazendo de tudo para se manter como “o maior herói de todos os tempos de quem nunca ninguém ouviu falar”… aguentando calado humilhações e julgamentos por parte de Hal Jordan e até do Superman.

Uma aventura que, sem dúvida, resume um dos pilares que fazem do Gladiador Dourado um herói de primeira linha.

.

Liga da Justiça Geração Perdida de Judd Winick e Keith Giffen

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado Maxwell Lord retorna dos mortos e só a antiga LJI pode impedir seus planos

.

Depois dos eventos de A Noite Mais Densa, diversos personagens do Universo DC retornaram da morte. Um deles foi Maxwell Lord (morto pela Mulher-Maravilha no arco Sacrifício). O personagem retorna e consegue apagar a memória do mundo inteiro que simplesmente esquece quem ele é.

Apenas Gladiador Dourado, Fogo, Gelo e Capitão Átomo lembram de Lord. A trama da HQ se desenrola ao redor de dois mistérios: porque o universo trouxe Maxwell Lord de volta e quais os planos do vilão.

A trama é muito bem pensada e executada e temos de tudo: viagens no tempo, confrontos de tirar o folêgo e temos até o Gladiador assumindo o papel de líder de uma LJI que ainda conta com o novo Besouro Azul e um novo Soviete Supremo.

A HQ foi originalmente lançada em 2010 nos EUA e durou 24 edições. A série foi publicada na íntegra em “Liga da Justiça” (1ª Série) #101 – #112. Vale salientar que para aproveitar todas as referências da saga é importante ter lido Crise Infinita, A Noite Mais Densa e Reino do Amanhã (além de saber o básico sobre a Liga da Justiça Internacional de Keith Giffen).

.

Círculo Vicioso de Chuck Dixon

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado Gladiador Dourado precisa resolver uma anomalia temporal em Gotham City na HQ de Chuck Dixon

.

Após Johns sair do título do Gladiador Dourado, Dixon cria um arco extremamente divertido que mantém o nível! Círculo Vicioso dura duas edições e mostra o personagem ao lado de sua irmã tentando resolver uma anomalia temporal em Gotham.

A tal anomalia envolve diretamente um roubo a banco feito pelo temível (cof, cof!) Mariposa Assassina. Cheio de reviravoltas e com aparições divertidas de Alfred, Barbara Gordon e outros, a história se destaca ao mostrar o mal que a falta do Batman pode fazer a Gotham City!

A HQ, originalmente publicada em “Booster Gold” (2007) #11 – #12, pode ser encontrada no Brasil em “Dimensão DC: Lanterna Verde” #14 – #15.

.

Turbulência de Dan Jurgens

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado Gladiador Dourado se depara com o mundo de Flashpoint na HQ de Dan Jurgens que faz presença na nossa lista de Melhores HQ´s do Gladiador Dourado

.

Flashpoint, ou Ponto de Ignição, é uma história tão marcante que faz parte da nossa lista de melhores HQ´s do Flash. A participação do viajante do tempo, nosso Gladiador Dourado, é marcante e merece ser lida pelos fãs. Na HQ vemos o herói retornando de uma missão e encontrando um mundo completamente diferente onde Thomas Wayne é o Batman e existe uma guerra entre os atlantes e as amazonas.

Nesse cenário, o Gladiador é confundido pelo exército dos EUA com um atlante e logo é iniciada uma perseguição. O problema? Eles possuem uma arma chamada Apocalypse – o monstro responsável pela Morte do Superman é controlado mentalmente por Nathaniel Adam (o Capitão Átomo). A história tem um ritmo frenético e é muito divertido ver o Gladiador descobrindo essa realidade alternativa.

“Turbulência” foi originalmente lançado em “Booster Gold” (2007) #44 – #47. No Brasil a trama pode ser encontrada em “Liga da Justiça” (1ª Série) #111 – #114.

.

Reforço Dourado de Dan Jurgens

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado Superman volta no tempo para testemunhar a explosão de Krypton e cabe ao Gladiador impedir uma tragédia ainda maior

.

Estamos em 2018 e o Homem de Aço acaba de descobrir que o misterioso Mister Oz é, na verdade, seu pai que – de alguma forma – sobreviveu a explosão de Krypton. Tomado pela desconfiança e pela raiva, o Azulão toma a péssima decisão de voltar no tempo para presenciar a explosão do seu planeta natal e entender o que aconteceu.

Esquecendo de alguns detalhes importantes, como o sol vermelho de seu planeta natal, o Superman ganha a ajuda do Gladiador Dourado que precisa salvar o herói mais icônico da Terra e impedir que ele altere o passado de seu povo.

A divertida história saiu originalmente em “Action Comics” #993 – #998 (2017) e chegou ao Brasil na mensal da Panini Comics “Action Comics” #19 – #21 (2018).

.

O Presente (Tom King) – Batman Rebirth 45-47

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado

.

Presente de grego! Expressão popular utilizada no dia a dia, representa aquilo que se recebe de alguém (uma dádiva, por exemplo) e que acarreta em prejuízos a quem o recebe – a famosa história do Cavalo de Tróia descrito na Íliada de Homero configura bem o estado da arte que se refere ao tal presente.

Na história em três partes escrita por Tom King e desenhado por Tony Daniel, “O presente” (Batman nº 24, lançado pela Panini Comics), o Gladiador Dourado tem a brilhante (!!!) ideia de presentear o casal Batman e Mulher-Gato, que estão noivos, com algo inusitado.

Sendo um viajante do tempo, Gladiador resolve voltar ao passado momentos antes dos pais de Bruce Wayne serem assassinados, impedir o crime e salvar o dia. Tudo certo, utopia alcançada! Bruce Wayne não seria mais o Morcego, os Robins viveriam suas vidas de outra forma, Gotham City seria uma cidade de luz… Certo? Errado!

As consequências catastróficas são sentidas por todos os personagens ligados ao Batman e a ideia do Gladiador Dourado em oferecer descanso ao Morcego falha fragorosamente. A história dialoga com o leitor ao levantar uma questão importante: como seria a vida de Bruce Wayne caso seus pais estivessem vivos?

Confira o review completo clicando aqui!

.

Heróis em Crise de Tom King

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado Tom King coloca o Gladiador Dourado no centro de uma das histórias mais polêmicas da DC Comics

.

Tom King estabelece que heróis são falhos. Em suas histórias, King estabelece o Santuário, um local secreto onde os heróis podem ir para se recuperar de traumas físicos ou psicológicos. O Gladiador é um dos heróis que está no local quando um crime acontece e Wally West é morto ao lado de Roy Harper.

Rapidamente o herói é tido como suspeito ao lado da Arlequina – um diz que viu o outro cometendo os crimes. A trama se desenrola com o Gladiador e a Arlequina precisando fugir dos heróis enquanto o mistério vai sendo desvendado.

A HQ foi lançada no Brasil em 5 edições lançadas em 2019/2020 pela Panini Comics.

Confira aqui nossa review e o Costelinha sobre a série.

.

Curiosidades e Momentos Marcantes

.

A relação Gladiador x Apocalypse

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado Gladiador Dourado foi o 1º a chamar Apocalypse pelo nome que acabou sendo usado para identificar o monstro irracional que mata o Superman

.

Em 1992 chegava às bancas o título que acabaria com a vida do Homem de Aço. No meio de toda a destruição, é fácil esquecer que o Gladiador Dourado era parte integrante daquela Liga da Justiça e que foi ele quem deu o nome que, posteriormente, passou a ser usado para identificar a criatura que matou o Superman. Nem é preciso dizer que Michael toma uma verdadeira surra e é o Homem de Aço quem lida com a criatura.

O Gladiador Dourado ainda ficou “cara a cara” com o temido personagem mais uma vez (e sem Azulão para ajudar!) no arco “Turbulência” (presente na nossa lista!) publicado em 2011 na HQ do personagem – lançada no Brasil pela Panini Comics em “Liga da Justiça” (1ª Série) #111 – #114.

.

Gladiador consegue manter o segredo do Superman a salvo!

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado Gladiador Dourado comemora que conseguiu manter a identidade secreta do Superman a salvo!

.

Todos sabemos que o Gladiador Dourado veio do futuro e por isso, obviamente, ele tem um monte de informações privilegiadas. Uma delas é a identidade secreta do Superman. No arco “Verdade” de Brian Michael Bendis, o personagem comemora muito quando o Homem de Aço finalmente conta sua identidade secreta para o mundo. A emoção do personagem é tocante e fica nítido o medo que ele tinha de fazer m#@rda.

A HQ com esse momento pode ser encontrada em “Superman” (4ª série) #23 da Panini Comics.

.

Liga da Justiça Sem limites 2004 (Animação) – A Maior História Jamais Contada

.

As Melhores Histórias do Gladiador Dourado

.

Tente apresentar o Gladiador Dourado ao público em geral e não será bem sucedido, afinal, poucos o conhecem. Agora, tente apresentá-lo dentro de algum episódio do lendário desenho animado Liga da Justiça Sem Limites (Justice League Unlimited) e o sucesso será garantido.

Em 2004, a DC Comics e Bruce Timm (Batman Animated, Superman Animated e Batman Beyond, entre outros) reinventaram o significado de heroísmo através de desenhos que se tornaram cults.

No episódio “A maior história jamais contada” (The greatest story never told), Gladiador Dourado exibe todo o seu ego, pompa e circunstância numa animação cheia de ação e aventura – a Liga está enfrentando o vilão Mordru e nosso “herói” é colocado em campo para cuidar do tráfego de pessoas desesperadas que fogem do local em meio a destruição.

Entediante, caso não houvesse outro problema enorme para solucionar: um cientista que se transforma num buraco negro ambulante e suga tudo que vê pelo caminho.

É o Gladiador Dourado em sua essência, ou seja, egocêntrico, sedento por destaque, fama e louco para ser reconhecido pelos outros. A ele, cabe o papel de herói do dia, salvar o mundo e, de tabela, conquistar o coração da donzela (não, sem antes, levar uma bronca do Batman por ter saído do seu posto de trabalho e ser confundido com o Lanterna Verde).

Confira o review completo clicando aqui!

.

Confira nossas listas com as Melhores HQ´s do SupermanMelhores HQ´s do Lanterna VerdeMelhores HQ´s do FlashMelhores HQ´s do Arqueiro Verde e Melhores HQ´s da Liga da Justiça!

 .

Quer debater sobre quadrinhos, livros, filmes e muito mais? Venha conhecer nosso grupo no Whatsapp clicando aqui!!! 


Créditos:
Texto: Lucas Souza, David Horeglad, André “Brasuka” Roberto, Alexandre Baptista, João Pedro Maia
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB! 


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: