Ultimato do Bacon

O Lanterna Verde de Geoff Johns – Guia de Leitura

Em 16 de Out de 2020 16 minutos de leitura
O Lanterna Verde de Geoff Johns em A Noite Mais Densa

O Lanterna Verde de Geoff Johns é uma das fases mais icônicas dos quadrinhos de super-heróis. Para ajudar o leitor a entender a importância dessa fase no panteão da DC Comics, fizemos uma matéria especial que pode ser conferida aqui.

Mas é claro que uma fase tão extensa precisaria de uma ajudinha para que ninguém se perca na hora de comprar suas HQs e ler as mesmas.

O guia está dividido em duas partes: a primeira, para os leitores que não sabem nada sobre Hal Jordan e querem entender tudo o que aconteceu antes sem precisar ler 60 anos de histórias do personagem.

A segunda parte, somente com a produção de Geoff Johns à frente do Lanterna Verde e de Peter J. Tomasi à frente da Tropa dos Lanternas Verdes. É por esse motivo que alguns dos títulos estão nas duas partes.

Vamos lá?

Índice

Lanterna Verde – Ascensão e Queda

Amanhecer Esmeralda

Esta edição conta a origem do personagem, como foi contada no pós-crise nos anos 80. É considerada por muitos a história de origem “clássica” de Hal Jordan e da Tropa dos Lanternas Verdes.

Capa da revista Amanhecer Esmeralda da editora Abril, estrelando o Lanterna Verde Hal Jordan
DC Especial #2 – Amanhecer Esmeralda (1991)
Capa Brochura (formatinho) – Abril
Reúne as edições Green Lantern: Emerald Dawn (1989) #1-6

Lanterna Verde: Origem Secreta

Em 2008, durante sua run com o personagem, Geoff Johns voltou a contar a origem de Hal Jordan como Lanterna Verde.

A história lembra muito Amanhecer Esmeralda, mas possui o famoso retcon: Johns insere elementos que serão importantes para sua saga das cores, como a entidade do medo Parallax e seu envolvimento na morte de Abin Sur.

    Capa de Dimensão DC 9
    Capa de Dimensão DC 10
    Capa de Dimensão DC 11
    Capa de Dimensão DC 12
    Capa de Dimensão DC 13
    Capa de Dimensão DC 14
    Capa de Dimensão DC 15
    Capa de Dimensão DC 9
    Capa de Dimensão DC 10
    Capa de Dimensão DC 11
    Capa de Dimensão DC 12
    Capa de Dimensão DC 13
    Capa de Dimensão DC 14
    Capa de Dimensão DC 15

Dimensão DC: Lanterna Verde (2008) #9-15
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #29-35 de 2009 além de outros títulos do mix

Capa de Lanterna Verde Origem Secreta com Hal Jordan e Abin Sur
Lanterna Verde: Origem Secreta (2011)
Lanterna Verde: Origem Secreta – 2a edição (2019)
Capa Dura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2008) #29-35

Lanterna Verde /Arqueiro Verde

A fase de Dennis O’Neil e Neal Adams que reuniu o Lanterna Verde ao Arqueiro Verde em uma viagem pelos Estados Unidos para autoconhecimento e aprendizado marcou gerações.

Falamos um pouco dela aqui. A ideia da fase era incutir um pouco de humanidade no herói intergaláctico e um pouco de responsabilidade no herói urbano.

Importante para os leitores que conhecem pouco de Hal Jordan para conhecer suas características mais marcantes.

Confira o vídeo aqui.

Super-Homem apresenta Heróis em Ação (1984) #1, 2, 6 e 8
Capa Brochura (formatinho) – Abril
Reúne as edições Green Lantern (1960) #76-79 de 1970, além de outros títulos do mix

Grandes Clássicos DC #6-7 – Lanterna Verde /Arqueiro Verde: Volume 1 e 2 (2006)
Capa Brochura – Panini

Reúne as edições Green Lantern (1960) #76-87; 89; The Flash (1959) 217-219; 226, publicadas de 1970 a 1974

Lendas do Universo DC: Dennis O’Neil/Neal Adams – Lanterna Verde/Arqueiro Verde (2016) #1-3
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (1960) #76-87; 89; The Flash (1959) 217-219; 226, publicadas de 1970 a 1974

Lanterna Verde /Arqueiro Verde: Na Estrada (2018)
Capa Dura – Eaglemoss
Reúne as edições Green Lantern (1960) #76-81 de 1970; All-American Comics (1939) #16 de 1940

A Morte e o Retorno do Superman

A conexão da Morte e do Retorno do Superman com o Lanterna Verde é importante e não pode ser subestimada.

Desde a escolha de Coast City por Mongul e pelo Superciborgue para ser o marco zero da dominação e da implantação da Cidade-Motor, até os ecos posteriores destes mesmos dois personagens como Lanternas da Tropa Sinestro.

O bacana é que a Morte e o Retorno do Superman, apesar de terem sido um mega-evento na época, que ecoou por todos os títulos da DC, pode ser lido tranquilamente com os encadernados disponíveis atualmente – apesar de algumas coisas estarem de fora.

Confira aqui o vídeo do Sobrecapa que detalha o que ficou de fora dos encadernados da Morte do Superman.

Mas fique atento: é no Retorno que a participação de Hal Jordan é realmente importante. O que significa que a edição da Eaglemoss, por exemplo, não mostra essa parte da aventura.

A Morte do Super-Homem (1993)
A Morte do Super-Homem – 2a edição (1995)
Capa Brochura (formatinho) – Abril

A Morte do Superman (2002) # 1-3
Capa Brochura – Abril

Superman: A Morte do Superman (2016)
Capa Dura – Eaglemoss

Reúnem as edições Superman: The Man of Steel (1991) #18-19; Justice League America (1989) #69; Superman (1987) #74-75; Adventures of Superman (1987) #497; Action Comics (1938) #684; de 1992-1993; *A edição da Eaglemoss conta ainda com Superman (1939) #21 de 1943

Super-Homem: Funeral Para Um Amigo (1994) #1-4
Capa Brochura (formatinho) – Abril
Reúne as edições Superman: The Man of Steel (1991) #20-21; parte de Justice League America (1989) #70; Superman (1987) #76-77; Adventures of Superman (1987) #498-499; Action Comics (1938) #685-686; de 1993

Super-Homem: Além da Morte (1994)
Capa Brochura (formatinho) – Abril
Reúne as edições Supergirl and Team Luthor #1; Superman: The Man of Steel (1991) #22; Superman (1987) #79; Adventures of Superman (1987) #500-501; Action Comics (1938) #687; de 1993

O Retorno do Super-Homem (1994) #1-3
Capa Cartão #1; Capa Brochura #2-3 (formatinho) – Abril
Reúne as edições Action Comics (1938) #687-691; Superman (1987) #78-82; Adventures of Superman (1987) #501-504; Superman: The Man of Steel (1991) #22-26; Green Lantern (1990) #46 de 1993

A Morte do Superman (2009) Volume 1 e 2*
A Morte do Superman – 2a edição (2016) Volume 1 e 2*
Capa Dura – Panini
Reúne as edições Superman: The Man of Steel (1991) #18-26; Justice League America (1989) #69; Superman (1987) #74-76;78-82; Adventures of Superman (1987) #497-505; Action Comics (1938) #684-692; de 1992-1993; Green Lantern (1990) #46 de 1993
*Estas edições da Panini reúnem A Morte, O Funeral, Além da Morte e o Retorno. Para saber mais detalhes, clique aqui.

Crepúsculo Esmeralda

Uma das sagas mais importantes dos anos 90, Crepúsculo Esmeralda transformou Hal Jordan, o símbolo máximo da esperança no universo DC em um vilão frio e recalcado.

Após a destruição de Costa City pelo Superciborgue, Jordan tenta reconstruir a cidade com seu anel apenas para se despedir dos amigos e entes queridos.

No entanto, a reprimenda dos Guardiões ao herói por usar o anel em benefício próprio faz com que Jordan surte e se rebele contra toda a Tropa.

Confira nossa matéria especial sobre a saga aqui e o vídeo aqui.

Crepúsculo Esmeralda (1995)
Capa Brochura (formatinho) – Abril
Reúne parte da edição Superman (1987) #83 de 1993; as edições Green Lantern (1990) #48-50 de 1994
Lanterna Verde: Crepúsculo Esmeralda/Novo Amanhecer (2009)
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (1990) #48-55 de 1994
Lanterna Verde: Crepúsculo Esmeralda/Novo Amanhecer (2016)
Capa Dura – Eaglemoss
Reúne as edições Green Lantern (1990) #48-55 de 1994 e DC Comics Presents (1978) #27 de 1980.

A Noite Final

A Noite Final foi um evento que envolveu todos os heróis da DC. O sol se apagou e o mundo enfrentou uma crise global contra a natureza.

Na aventura, a falta de luz e de calor gerou diversos problemas mundiais e os heróis pouco podiam fazer para conter as temperaturas cada vez mais baixas e todos os seus impactos.

A saga reestabeleceu Hal Jordan como um herói e funcionou como sua redenção.

Infelizmente a saga nunca foi republicada no Brasil.

Os Melhores do Mundo (1997) #2-8
Capa Brochura (formatinho) – Abril
Reúne as edições Final Night #1-4; Green Lantern (1990) #80-81; The Power of Shazam! (1995) #20; Adventures of Superman (1987) #540; Green Arrow (1988) #114; Action Comics (1938) #727; Superboy (1994) #33; The Flash (1987) #119; Catwoman (1993) #37; Detective Comics (1937) #703; Parallax: Emerald Night #1; Superman: The Man of Steel (1991) #62; Aquaman (1994) #26; Supergirl #3-4; todas de 1996.

Dia do Julgamento

Este arco marca a estreia do então novato Geoff Johns com Hal Jordan. No entanto, Jordan aqui não é Lanterna Verde ainda.

Em Dia do Julgamento vemos o demônio Asmodel se vincular com o Espectro – que estava sem uma âncora humana. Dono de um poder imensurável, esse Espectro maligno ameaça o multiverso.

Com isso o grupo conhecido como Sentinelas da Magia se reúne para adentrar as dimensões espirituais e tentar deter o Espectro-Asmodel. Lá eles encontram ninguém menos que Hal Jordan-Parallax.

Descobrimos que o personagem está nesse lugar desde seu sacrifício na Noite Final, disposto a ajudar os heróis mais uma vez para buscar sua redenção.

É nesta aventura que Hal Jordan retorna ao mundo dos vivos, como hospedeiro do Espectro.

Super-Heróis Premium: Superman (2001) #10-14
Capa Brochura – Abril
Reúne as edições Day of Judgment (1999) #1-5 além de outros títulos do mix

O Lanterna Verde de Geoff Johns

Apesar de, como mencionamos acima, a fase de Johns ter sido iniciada em Dia do Juízo, muitos não consideram essa etapa como parte da run simplesmente porque esse arco tem Hal Jordan apenas como hospedeiro do Espectro.

Dessa forma, a história fica mais como curiosidade pra quem quer saber o que veio antes e não entra nos volumes do Lanterna Verde de Geoff Johns, nem da Tropa dos Lanternas Verdes de Peter J. Tomasi.

Outro detalhe importante é que a ordem que sugerimos de leitura não é a ordem de lançamento das edições americanas e brasileiras. Neste guia estamos focando na ordem cronológica de acontecimentos com o personagem.

Por exemplo, Lanterna Verde: Origem Secreta foi publicada depois de A Vingança dos Lanternas Verdes e Lanterna Verde: Sem Medo. Mas como é uma revisão da história de origem do personagem, sugerimos que seja lida antes das demais. Funciona melhor.

Boa leitura!

Lanterna Verde: Origem Secreta

Em 2008, durante sua run com o personagem, Geoff Johns voltou a contar a origem de Hal Jordan como Lanterna Verde.

A história lembra muito Amanhecer Esmeralda, mas possui o famoso retcon: Johns insere elementos que serão importantes para sua saga das cores, como a entidade do medo Parallax e seu envolvimento na morte de Abin Sur.

    Capa de Dimensão DC 9
    Capa de Dimensão DC 10
    Capa de Dimensão DC 11
    Capa de Dimensão DC 12
    Capa de Dimensão DC 13
    Capa de Dimensão DC 14
    Capa de Dimensão DC 15
    Capa de Dimensão DC 9
    Capa de Dimensão DC 10
    Capa de Dimensão DC 11
    Capa de Dimensão DC 12
    Capa de Dimensão DC 13
    Capa de Dimensão DC 14
    Capa de Dimensão DC 15

Dimensão DC: Lanterna Verde (2008) #9-15
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #29-35 de 2009 além de outros títulos do mix

Capa de Lanterna Verde Origem Secreta com Hal Jordan e Abin Sur
Lanterna Verde: Origem Secreta (2011)
Lanterna Verde: Origem Secreta – 2a edição (2019)
Capa Dura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2008) #29-35

Lanterna Verde: Renascimento

Em Lanterna Verde: Renascimento, Hal Jordan ainda como hospedeiro do Espectro, começa a se questionar sobre a forma de justiça que a entidade cósmica aplica.

Durante esses questionamentos, Jordan é mais uma vez assombrado pela entidade do medo, Parallax, que tenta dominar, assim como Asmodel fez antes, o Espírito da Vingança.

É nessa luta que Jordan enfrenta Parallax, com ajuda do Espectro, e emerge mais uma vez como Lanterna Verde, retornando ao seu mais amado status.

Lanterna Verde: Renascimento (2006)
Mini-série em 3 edições – brochura – Panini
Reúnde as edições Green Lantern: Rebirth (2004) #1-6

Lanterna Verde: Renascimento (2007)
Capa Cartão – Panini
Reúne parte de Green Lantern Secret Files & Origins (2005) e as edições Green Lantern: Rebirth (2004) #1-6
Lanterna Verde: Renascimento (2020)
Capa Dura – Panini
Reúne parte de Green Lantern Secret Files & Origins (2005) e as edições Green Lantern: Rebirth (2004) #1-6

Lanterna Verde: Sem Medo

Neste arco da saga de Geoff Johns temos as primeiras aventuras de Hal Jordan após sua volta.

Coast City, reconstruída, enfrenta problemas para se afirmar novamente como cidade; Jordan volta a pilotar e começa a reconstruir o lado humano de sua vida.

Como policial intergaláctico, enfrenta velhos conhecidos e novos vilões.

Entre eles estão os “repaginados” Caçadores Cósmicos e novas ameaças como Hector Hammond.

Este arco, junto com Lanterna Verde: Origem Secreta, prova que o filme do Lanterna Verde (Green Lantern, 2011) é altamente injustiçado!

Confira o comparativo de edições aqui.

LJA – Liga da Justiça (2007) #44-46;48-50
Superman & Batman (2007) #20-23
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #1-6; Green Lantern Corps: Recharge (2005) #1-5; além de outros títulos do mix

Lanterna Verde: Sem Medo (2010)
Lanterna Verde: Sem Medo – 2a edição (2019)
Capa Dura – Panini
Reúne parte de Green Lantern Secret Files & Origins (2005); e as edições Green Lantern (2005) #1-6; Green Lantern Corps: Recharge (2005) #1-5

Lanterna Verde: A Vingança dos Lanternas Verdes

Lanterna Verde: A Vingança dos Lanternas Verdes não precisa de adjetivos.

Basta dizer que é nesse arco que o Batman sozinho bate em Hal Jordan – de posse do anel, acordado e em pleno domínio da situação.

É também neste arco que Lanterna Verde e Arqueiro Verde se juntam como nos velhos tempos – uma homenagem de Johns à fase de O’Neil e Adams – e enfrentam Mongul e uma plantação de Clemências Negras – uma homenagem a Alan Moore e sua mais icônica história do Superman.

Confira o comparativo de edições aqui.

LJA – Liga da Justiça (2007) #52-57
Superman & Batman (2007) #25-30
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #7-13; Green Lantern Corps (2005) #1-6; de 2006 além de outros títulos do mix

Lanterna Verde: A Vingança dos Lanternas Verdes (2011)
Lanterna Verde: A Vingança dos Lanternas Verdes – 2a edição (2019)
Capa Dura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #7-13; Green Lantern Corps (2006) #1-6; todas de 2006

Lanterna Verde: A Vingança dos Lanternas Verdes (2018)
Capa Dura – Eaglemoss
Reúne as edições Green Lantern (2005) #7-13 de 2006; Showcase (1956) #22 de 1959

Hal Jordan: Procurado

Em Hal Jordan: Procurado uma questão de invasão de espaço aéreo pelo Lanterna Verde do setor 2814 faz com que Jordan se torne alvo da Liga da Justiça.

A aventura sobre jurisdições e incidentes internacionais é bem menos interessante do que a volta de Carol Ferris como uma Safira-Estrela – que novamente a possui – e o início do recrutamento dos anéis amarelos da Tropa Sinestro.

É neste volume que Bruce Wayne da Terra é escolhido como Lanterna da Tropa Sinestro do setor espacial 2814!

LJA – Liga da Justiça (2007) #58-61; 65-67
Superman & Batman (2007) #34
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #14-20 de 2006 além de outros títulos dos mixes

Lanterna Verde: Hal Jordan: Procurado (2013)
Lanterna Verde: Hal Jordan: Procurado – 2a edição (2019)
Capa Dura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #14-20 de 2006

Lanterna Verde: Hal Jordan: Procurado (2018)
Capa Dura – Eaglemoss
Reúne as edições Green Lantern (2005) #14-20 de 2006; Green Lantern (1960) #16 de 1962

Tropa dos Lanternas Verdes: O Lado Negro do Verde

O Lado Negro do Verde é, até agora, o único encadernado exclusivo da Tropa dos Lanternas Verdes pela Panini. Porém, ainda não se trata da fase exclusiva de Peter Tomasi.

Esta aventura tem roteiros de Keith Champagne e ninguém menos que Dave Gibbons (Watchmen).

Ela mostra a extrema habilidade de Gibbons em lidar com os diferentes lanternas – embora um dos focos deste arco seja o Lanterna de Honra Guy Gardner.

Prepare-se para um Killowog alucinado e participações sensacionais de Isamot Kol, Salaak, Natu, Iolande e o Planeta-Lanterna Mogo!

Superman & Batman (2007) #31-33;35-37
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern Corps (2005) #7-13 além de outros títulos do mix

Lanterna Verde: Tropa dos Lanternas Verdes: O Lado Negro do Verde (2013)
Capa Dura – Panini
Reúne as edições Green Lantern Corps (2005) #7-13 de 2007

Lanterna Verde: A Guerra dos Anéis

Com o palco preparado ao longo de 20 edições, Geoff Johns finalmente despeja a Guerra dos Anéis na edição 21 de Green Lantern.

Sinestro ataca, ciente de que suas ações irão forçar a mão dos Guardiões em relação a Profecia da Noite Mais Densa.

A batalha é alucinante e a arte de Ivan Reis é nada menos que espectacular. Uma aventura com sabor de evento cósmico e mega-saga, com participações de vilões de peso do universo DC como Superboy Prime, Superciborgue, Antimonitor e Mongul.

E, claro, a Tropa dos Lanternas Verdes ultrapassando limites que nunca haviam sido quebrados antes.

Dimensão DC: Lanterna Verde (2008) #1-5
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #21-25; Green Lantern Corps (2005) #14-19; Green Lantern: Sinestro Corps Special #1; Tales of The Sinestro Corps: Parallax #1; Tales of The Sinestro Corps: Cyborg-Superman #1; Tales of The Sinestro Corps: Superman Prime #1; Tales of The Green Lantern Corps: Ion #1; Tales of The Green Lantern Corps: Superman Prime #1; todos de 2007, além de outros títulos do mix

Lanterna Verde: A Guerra dos Anéis #1-2 (2014)
Lanterna Verde: A Guerra dos Anéis #1-2 – 2a edição (2020)
Capa Dura – Panini
Reúnem as edições Green Lantern (2005) #21-25; Green Lantern Corps (2005) #14-19; Green Lantern: Sinestro Corps Special #1; todos de 2007

Tropa dos Lanternas Verdes: A Busca

A Busca é uma aventura da Tropa escrita por Peter Tomasi que funciona como um epílogo para a Guerra dos Anéis.

Os Guardiões enviam os Lanternas Verdes para destruir os anéis amarelos remanescentes da guerra, ainda em busca de novos usuários. No entanto, o Mongul, agora como Lanterna Amarelo, tem outros planos…

Eu falei que ele usa a Clemância Negra em alguns dos Lanternas? É, o Mongul é um tanto previsível sim.

    Capa de Dimensão DC 9
    Capa de Dimensão DC 10
    Capa de Dimensão DC 11
    Capa de Dimensão DC 12
    Capa de Dimensão DC 9
    Capa de Dimensão DC 10
    Capa de Dimensão DC 11
    Capa de Dimensão DC 12

Dimensão DC: Lanterna Verde (2008) #6;9-12
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern Corps (2005) #20;23-26, além de outros títulos do mix

Tropa dos Lanternas Verdes: Olho por Olho

Olho por Olho é uma aventura mais cotidiana da Tropa. Mostra Guy Gardner reabrindo o Warrior’s e Kyle Rayner tendo problemas em OA. Parentes de Lanternas Verdes têm seus olhos arrancados por algum criminoso.

Enquanto isso, Scar convoca Saarek para uma missão que funciona como prelúdio para A Noite Mais Densa.

Esta aventura vale para vermos a incrível habilidade de Tomasi para trabalhar a Tropa como uma força policial intergaláctica.

    Capa de Dimensão DC 13
    Capa de Dimensão DC 14
    Capa de Dimensão DC 13
    Capa de Dimensão DC 14

Dimensão DC: Lanterna Verde (2009) #13-14
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern Corps (2005) #27-28, além de outros títulos do mix

Tropa dos Lanternas Verdes: Os Pecados da Safira-Estrela

Esta aventura com certeza deveria ter ganho um encadernado próprio como aconteceu com A Ira dos Lanternas Vermelhos e Agente Laranja.

Embora a Safira-Estrela já seja conhecida do cânone dos Lanternas Verdes, é nessa saga que as Zamoranas decidem manipular e canalizar a luz violeta do amor e formar sua própria tropa.

Um capítulo importante da saga das cores, pelas mão de Tomasi, que não foi republicada ainda, infelizmente.

    Capa de Dimensão DC 15
    Capa de Dimensão DC 15

Dimensão DC: Lanterna Verde (2009) #15-18
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern Corps (2005) #29-32, além de outros títulos do mix

Lanterna Verde: A Ira dos Lanternas Vermelhos

O título já é auto-explicativo. Aqui, Atrócitus invoca rituais sangrentos para criar a bateria vermelha, energizada pela ira.

É aqui que vemos o Espantalho ser convocado pela Tropa Sinestro, o surgimento da Tropa dos Lanternas Alfa e a revelação dos Lanternas Azuis de Ganthet e Sayd.

Dimensão DC: Lanterna Verde (2008) #6-8;16-19
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #26-28; 36-38; Green Lantern Corps (2005) #33; Final Crisis: Rage of the Red Lanterns #1; de 2009, além de outros títulos do mix

Lanterna Verde: A Ira dos Lanternas Vermelhos (2015)
Capa Dura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #26-28; 36-38; Green Lantern Corps (2005) #33; Final Crisis: Rage of the Red Lanterns #1; de 2009

Tropa dos Lanternas Verdes: Eclipse Esmeralda

Mais uma parte interessantíssima focada na Tropa dos Lanternas Verdes – e na Tropa Sinestro – que segue sem republicação.

Aqui, vemos a batalha de Mongul contra Sinestro pela Tropa Amarela. Mongul domina Daxam enquanto OA sofre uma rebelião em suas ciencelas.

Prepare-se para ver a morte de muitos Lanternas Verdes…

Dimensão DC: Lanterna Verde (2009) #19-20
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern Corps (2005) #33-38 de 2009, além de outros títulos do mix

Lanterna Verde: Agente Laranja

A Guerra das Luzes segue aumentando de tamanho. A busca dos Guardiões por informações leva os Lanternas Verdes para Okaara, no proibido setor do sistema Vega.

É ali que Jordan, agora como um Lanterna Azul e Verde, encontra o mesquinho e avarento Larfleeze, o Agente Laranja, e sua bateria.

Dimensão DC: Lanterna Verde (2009) #21-22
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #39-42 de 2009, além de outros títulos do mix

Lanterna Verde: Agente Laranja (2015)
Capa Dura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #39-42; parte de Blackest Night #0 de 2009

Lanterna Verde: A Noite Mais Densa

William Hand, o Mão Negra, está vivo. Mas não por muito tempo. Seu suicídio marca o surgimento do primeiro Lanterna Negro e a realização da profecia da Noite Mais Densa.

Energizado por uma bateria surgida do cadáver do Antimonitor, o Lanterna Negro é um arauto de Nekron, que traz de volta a vida simulacros de heróis e vilões mortos.

Com as memórias de seus originais, os Lanternas Negros sabem como fazer sofrer e manipular os entes queridos daqueles que agora parecem estar de volta a vida.

Confira o comparativo de edições aqui.

A Noite Mais Densa (tie-ins e contos)

A Noite Mais Densa: Lanterna Verde, Tropa dos Lanternas Verdes e Titãs
Lanterna Verde (2008) #23-30

Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #43-52; Green Lantern Corps (2005) #39-46; Blackest Night: Titans #1-3; Teen Titans (2003) #77-78 de 2009; além de outros títulos do mix

A Noite Mais Densa: Batman, Superman, Mulher-Maravilha e Sociedade da Justiça
Universo DC (2010) #2-8

Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Blackest Night: Batman #1-3; Blackest Night: Superman #1-3; Blackest Night: Wonder Woman #1-3; Blackest Night: JSA #1-3; de 2009-2010, além de outros títulos do mix

A Noite Mais Densa: Liga da Justiça, Flash
Liga da Justiça (2011) #95-99
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Justice Society of America (2007) #28; Justice League of America (2006) #38-42; Blackest Night: The Flash #1-3; de 2010, além de outros títulos do mix

A Noite Mais Densa Especial (2011) #1-2
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Weird Western Tales (1972) #71; The Question (1987) #37; The Power of Shazam! (1995) #48; Catwoman (2002) #83; Booster Gold (2007) #26-27; Outsiders (2009) #24-25; todas de 2010

A Noite Mais Densa: Contos Inéditos
A Guerra dos Lanterna Verdes Especial #1
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições War of the Green Lanterns: Aftermath #1 de 2011; Untold Tales of Blackest Night de 2010

A Noite Mais Densa (saga principal)

A Noite Mais Densa (2011) #0-8
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Blackest Night 0-8; Blackest Night: Tales of the Corps #1-3; The Atom And Hawkman (1968) #46; The Phantom Stranger (1969) #42; Starman (1994) #81; de 2010

Lanterna Verde: A Noite Mais Densa (2017)
Capa Dura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #43-51; Blackest Night #1-8; parte de Blackest Night #0; de 2009-2010

Lanterna Verde: O Dia Mais Claro

Durante a Noite Mais Densa, o surgimento da bateria branca e seus lanternas salvou o dia. Muitos heróis falecidos voltaram à vida, mas não todos.

No entanto, todos os anéis sumiram assim que a ameaça foi aplacada. Menos o de Boston Brand, o Desafiador.

O Dia Mais Claro é uma saga extremamente extensa e, infelizmente, o encadernado republicado foca somente na aventura principal – que pouco mostra da Tropa dos Lanternas Verdes ou de Hal Jordan. e, portanto, a Panini publicou um encadernado com a saga principal e outro com o trecho pertinente ao Lanterna Verde Hal Jordan e a Tropa dos Lanternas Verdes.

Na saga principal o protagonismo é do Desafiador, Gavião Negro e Mulher-Gavião, Rapina e Columba, Aquaman, Mera, Caçador de Marte e Capitão Bumerangue.

Apesar da ótima premissa, é um tanto decepcionante para quem estava até agora acompanhando a run de Geoff Johns e Peter J. Tomasi pela ótica dos lanternas. Já o encadernado Lanterna Verde: O Dia Mais Claro, em pré-lançamento na presente data, foca os acontecimentos pelo ponto de vista dos Lanternas Verdes, mais ainda não traz a aventura da Tropa de Peter J. Tomasi.

O Dia Mais Claro (tie-ins)

O Dia Mais Claro: Lanterna Verde (2008) #31-40
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #53-62; Green Lantern Corps (2005) #47-56; Green Lantern: Emerald Warriors (2010) #1-5; Green Lantern: Larfleeze Christmas Special #1; DC Universe Holiday Special 2010; de 2010-2011, além de outros títulos do mix

Lanterna Verde: O Dia Mais Claro (2020)
Capa Dura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #53-62 – sendo que a edição #55 é apenas parte I e II da revista; Green Lantern: Larfleeze Christmas Special #1 – [Nesta edição fica ainda faltando os tie-ins da Tropa dos Lanternas Verdes]

Universo DC (2010) #13-15
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições DC Universe: Legacies #5-7; Superman/Batman (2003) #75; de 2010, além de outros títulos do mix

O Dia Mais Claro: Liga da Justiça
Liga da Justiça (2011) #101-108
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Justice League: Generation Lost (2010) #1-15; Justice Society of America (2007) #41-43; Justice League of America (2006) #44-48; The Flash #6; Green Arrow (2010) #1-5; de 2010, além de outros títulos do mix

O Dia Mais Claro Especial (2012) #1
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Brightest Day Aftermath: The Search for Swap Thing #1-3 de 2011

O Dia Mais Claro (saga principal)

O Dia Mais Claro (2011-2012) #0-12
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Brightest Day #0-24 de 2010

O Dia Mais Claro (2018)
Capa Dura – Panini
Reúne as edições Brightest Day 0-24 de 2010

O Dia Mais Claro (2020) #1-2
Capa Dura – Eaglemoss
Reúne as edições Brightest Day 0-24 de 2010

A Guerra dos Lanternas Verdes

A Guerra dos Lanternas Verdes é o adeus do Lanterna Verde de Geoff Johns antes dos Novos 52.

A revista Green Lantern #67 marca a última edição assinada por Johns no roteiro antes do soft boot provocado pela nova fase da DC Comics.

No Brasil, a Panini aproveitou o volume Guerra dos Lanternas Verdes Especial para incluir a série Untold Tales of Blackest Night – relacionada à Noite Mais Densa.

Deste especial, a única história do volume que interessa para esta nova saga é War of the Green Lanterns: Aftermath #1.

Esta saga ainda não foi republicada em formato especial. Esta parte da saga ganhou uma edição encadernada em capa dura pela Panini em setembro de 2020, concluindo a versão DC Deluxe de todo o arco de Johns à frente do Lanterna Verde pré-Novos 52 – e um bom pedaço da Tropa dos Lanternas Verdes de Peter Tomasi.

A Guerra dos Lanternas Verdes: Lanterna Verde (2012) #41-44
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #63-67; Green Lantern Corps (2005) #57-60; Green Lantern: Emerald Warriors (2010) #6-10; de 2011

A Guerra dos Lanterna Verdes Especial #1
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições War of the Green Lanterns: Aftermath #1 de 2011; Untold Tales of Blackest Night de 2010
Lanterna Verde: A Guerra dos Lanternas Verdes (2020)
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern (2005) #63-67; Green Lantern Corps (2005) #58-60; Green Lantern: Emerald Warriors (2010) #8-10; de 2011*
*Ficam faltando as edições Green Lantern Corps (2005) #57; Green Lantern: Emerald Warriors (2010) #6-7 e War of the Green Lanterns: Aftermath #1

O Fim da Tropa de Peter J. Tomasi

A mudança de Peter J. Tomasi à frente da Tropa dos Lanternas Verdes lembra um pouco o que aconteceu com Tom King à frente do Batman – não a opinião pública, que realmente curtia a Tropa de Tomasi e sim sua saída antecipada do título para um título próprio “de despedida”.

Na edição #47 de Green Lantern Corps, Tomasi se despede do título que seguiu pelas mãos de outros roteiristas até o #63, quando foi encerrado.

Tomasi então assume Green Lantern: Emerald Warriors, que contou com 13 edições no total e marcou sua despedida da Tropa.

Lanterna Verde (2012) #45
Capa Brochura – Panini
Reúne as edições Green Lantern Corps (2005) #61-63; Green Lantern: Emerald Warriors (2010) #11-13; de 2011, além de outros títulos do mix

O Lanterna Verde de Geoff Johns – Os Novos 52!

Com o reboot do universo DC causado pelos Novos 52, algumas sagas que estavam em andamento acabaram sofrendo o chamado “soft boot”, em que algumas pequenas mudanças de paradigma ocorrem mas a essência permanece inalterada. Um exemplo? Corporação Batman de Grant Morrison, que estava em andamento e que permaneceu praticamente inalterada após os Novos 52.

Muito diferente do que aconteceu com o Superman, por exemplo, que foi totalmente repaginado e reimaginado, o Lanterna Verde de Geoff Johns teve pequenos ajustes para se adequar ao novo status quo, mas teve sua narrativa essencial mantida.

Essa fase deve ser republicada em breve pela Panini. Embora a revista Green Lantern tenha zerado a numeração e durado 52 edições, acompanhada por títulos como Green Lantern Corps, Green Lantern: New Guardians, Red Lantern e especiais como o Annual, Sinestro, Secret Origins e outras, Geoff Johns só escreveu até o #20, quando passou o bastão (ou o anel) para Robert Venditti, que segue com o personagem durante a fase DC You.

No Brasil, a fase foi publicada nos 52 números da nova revista Lanterna Verde entre 2013 e 2017. Tão logo surjam novas versões dessa fase, atualizaremos neste guia!

Ufa, foi uma longa caminhada até aqui. Mas não poderia ser diferente com uma das fases mais aclamadas da história da DC Comics!

Curtiu nosso Guia? Faltou alguma edição?

Comente nas redes sociais!

Confira também outros guias exclusivos do Ultimato do Bacon e a lista de melhores hqs da DC!


Créditos:

Texto e edição: Alexandre Baptista

Black Mirror Bandersnatch - O Ultimato 26

Imagens: Guia dos Quadrinhos / Reprodução

Publicado originalmente em 14 de maio de 2020. Atualizado em 16 de outubro de 2020.

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade