Em 2010 os órfãos de desenhos com histórias mais conexas e encadeadas ganharam um motivo para comemorar: Justiça Jovem estava entre nós. O desenho vinha para preencher o vazio deixado por grandes animações em série da DC como Liga da Justiça Sem Limites, Batman, Superman, Jovens Titãs e outros. A proposta do desenho bate com o que esperamos em séries desse gênero: histórias que podem ser vistas de forma apartada em episódios mas que preparam terreno com uma história “pano de fundo” que vai gerar e revelar o grande vilão da temporada.

Saiba mais sobre Justiça Jovem

Em um período de desenhos mais desconexos, Justiça Jovem se destaca. Ele acompanha a vida de heróis side kicks adolescentes como Robin, Arsenal, Aqualad, Superboy e outros que tem na Liga da Justiça sua grande inspiração e seus grandes mentores. A animação conta com apenas duas temporadas completas – e a terceira deve chegar ao Brasil no próximo semestre pela própria Netflix! Infelizmente, antes de ter sua nova temporada confirmada, o desenho era visto como um desastre comercial, uma vez que foi criado para vender Action Figures e outros itens – o que não aconteceu no ritmo esperado. Daí a demora na produção de novos episódios.

 

Justiça Jovem (Netflix) - Dicas de Streaming 1

Justiça Jovem conta com heróis clássicos e com grande personalidade

 

A história do desenho acompanha os jovens heróis que vão aos poucos se descobrindo e se dividindo entre a grande admiração por seus tutores e sua necessidade de acreditar em si mesmos e fazer o heroísmo de forma diferente. Os roteiros tem grande habilidade em ceder espaço para cada um dos personagens. Não é tarefa fácil dizer qual deles é o principal, uma vez que o protagonismo é dividido e todos tem seus erros e acertos. Vale destacar também que as personalidades são bem definidas e diferenciadas, o que dá ainda mais dinâmica para os diálogos. Depois de alguns episódios é possível saber a posição que cada um vai tomar a cerca de uma questão antes mesmo de eles abrirem a boca!

Um dos grandes medos que nós podemos ter ao ver o desenho é: Como a Liga se encaixa nisso? Afinal, grandes ameaças demandam a linha de frente principal. A série trabalha bem com essa expectativa e é bacana vermos casos em que a equipe jovem é a única esperança (explicações sempre bem contundentes) e casos em que as equipes trabalham em conjunto. Ver a Canário dando lições de humildade para os jovens ao treinar combate também é genial! E prepare-se para ver os personagens evoluindo durante os episódios seja com mudanças de uniforme ou amadurecimento de personalidade.

Justiça Jovem (Netflix) - Dicas de Streaming 2

Evolução nos personagens abre espaço para novos protagonistas em Justiça Jovem

 

Justiça Jovem é uma das melhores séries em animação da atualidade. A personalidade, constante evolução dos personagens e boas histórias tornam a série magnética e altamente maratonável. Recomendamos que você assista as duas temporadas já disponíveis na Netflix para estar pronto quando a terceira temporada estrear aqui no Brasil. E prepara-se para PlotTwists. Em Justiça Jovem, nem sempre as coisas são o que parecem!

Justiça Jovem está disponível na Netflix! 

Confira nossas outras dicas de Streaming:

Dicas de Streaming: Ducktales – Os Caçadores de Aventuras: Woo-oo!

Dicas de Streaming: Rick and Morty

Dicas de Streaming: Inuyashiki: O Último Herói

Dicas de Streaming: Street Fighter II: Victory

Dicas de Streaming: Sherlock

Dicas de Streaming: Lucifer

Dicas de Streaming: Big Mouth

Dicas de Streaming: Jovens Titãs em Ação!

Dicas de Streaming: Pokemón, o Filme – Eu Escolho Você!


Créditos:

Texto: Lucas Souza

Imagens: Reprodução

Edição: Diego Brisse

Texto publicado originalmente em 15 de fevereiro de 2019. Atualizado em 09 de abril de 2020.

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!