Ultimato do Bacon

Vale a pena ler Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips?

Em 25 de Jan de 2024 5 minutos de leitura
Vale a pena ler Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips (5)

Se você é fã de boas histórias policiais que são cheias de reviravoltas e tem aquele clima noir clássico é possível que a série Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips já tenha te chamado a atenção em algum momento. O número relativamente alto de edições é – para alguns – uma espécie de problema para começar a ler a epopéia de Brubaker. Será que vale a pena embarcar em 7 edições (mais o especial “Verão Cruel”)? E se a história não for pra mim?

É justamente isso que iremos debater: Vale a pena ler Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips?

Dica para o leitor: Independente do seu veredicto final, é importante saber que todas as edições já foram publicadas no Brasil pela editora Mino e podem ser encontradas com relativa facilidade.

A história de Riley Richards no 6º volume da série Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips é uma das mais marcantes!

Índice

Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips – O Estilo da Dupla

Se você está em dúvida se a epopéia da dupla Brubaker/Phillips é para você é legal dizer que existem outras HQs deles que são MUITO parecidas com o que você encontra em Criminal. Para mim elas foram uma espécie de “porta de entrada” e me ajudaram e decidir se valia a pena dar uma chance para a HQ.

A leitura de Pulp (one-shot) e Matar ou Morrer (4 edições finas) são ótimas pedidas. As duas tem aquele clima noir característico do trabalho dos autores e mostram como eles desenvolvem suas narrativas – sempre com muitos detalhes nos cenários e nas construções das personalidades dos protagonistas e coadjuvantes.

Suas histórias tendem a ter um ritmo mais cadenciado que vai crescendo com o desenrolar dos fatos. Não são leituras recheadas de ação (apesar de terem ótimas sequências) e tendem a ter seu diferencial mais pautado nas viradas de roteiro surpresas inesperadas. É difícil saber para onde a dupla está levando uma trama antes do seu fim.

E uma boa notícia para os mais “temerosos” como eu: cada edição traz uma trama fechada e independente e assim como na clássica Sin City de Frank Miller, a conexão entre as tramas é bem secundária: um personagem que retorna como coadjuvante, um local (como um bar) que é recorrente… Cada encadernado entrega uma experiência completa e única!

Aliás, dá para comparar Sin City de Miller com Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips?

Vale a pena ler Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips (5)

Leo é o protagonista do primeiro encadernado da série Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips

Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips x Sin City de Frank Miller

É inegável que Miller criou uma das maiores séries de HQs policiais de todos os tempos em Sin City e é impossível não perceber algumas similaridades entre as duas obras: ambas trazem protagonistas fortes e “espertos” na maioria de suas histórias, ambas possuem edições que entregam experiências completas e se conectam através de personagens que voltam e de lugares que se repetem e ambas tem um clima noir inconfundível. E as similaridades param por aí.

A obra de Miller parece acenar mais para as histórias de “exército de um homem só” com protagonistas que parecem ser imortais e capazes de resolver qualquer coisa “no soco” – mesmo que isso não necessariamente aconteça. As tramas de Ed Brubaker e Sean Phillips acenam mais para o mistério e para as investigações e seus protagonistas parecem mais críveis e “mortais” – mesmo que eventualmente se mostrem exímios matadores.

Na obra de Miller é possível ver nas entrelinhas alguma espécie de “moral” e “honra” e é como se seus personagens fossem todos anti-heróis que só não são mais inspiradores e legais por conta das circunstâncias “ferradas” nas quais vivem.

Os protagonistas de Criminal soam mais desprezíveis nesse sentido e moral é algo que passa longe deles e temos desde protagonistas que querem matar seus cônjuges por motivos fúteis até irmãos que se envolvem com cunhadas enquanto matam pessoas que não necessariamente “merecem morrer” (dentro da lógica de uma história noir).

A aparente similaridade entre as obras esconde muitas diferenças que você só vai pegar lendo. E mesmo sendo um baita fã de histórias recheadas de ação, se eu tiver que escolher (espero não ter pois as duas estão na estante!), fico com Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips pela potência de inovar em cada um dos volumes – da premissa a execução!

Vale a pena ler Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips (4)

Tracy Lawless é um dos personagens favoritos dos fãs de Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips

As Melhores Edições da Série de Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillip

Já dizia o filósofo: gosto é igual c# e minha ideia não é te convencer a ler as mesmas edições que eu e nem gostar das mesmas edições. A ideia é te dar um ponto de partida alternativo – caso você ainda esteja na dúvida e queira “inovar” ao não começar pela edição que tem o número 1 estampado na lombada.

Dito isso, queria destacar as duas edições que mais me agradaram: “Criminal O Último dos Inocentes” e “Criminal Lawless” – edição 02 e 06 respectivamente. 

Em “Criminal O Último dos Inocentes” acompanhamos a história de Riley Richards – um jovem do interior que vem de família humilde e se casa com a garota mais bela de sua escola ainda na juventude. A jovem, que vem de família rica, parece ter sido feita para NÃO estar perto de Richards e a diferença entre os dois cresce com o passar dos anos e transforma o casamento em uma espécie de castigo para “nosso herói”.

Lembrando de sua vida na pequena Brookview, o personagem decide mudar seu rumo de uma vez por todas e ter a vida que sempre sonhou. O problema é que os escrúpulos estão em falta e é uma pena para todos que cruzam o caminho de  Riley Richards.

Vale a pena ler Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips (3)

Tracy Lawless conhece a gangue de seu falecido irmão em HQ da série Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips

Já “Criminal Lawless” traz uma história noir mais tradicional e Tracy Lawless retorna do exército para sua cidade natal para descobrir quem matou seu irmão mais novo Rick. Infelizmente para Tracy, seu irmão se afundou na vida do crime e vai ser difícil descobrir quem deu fim a ele e os motivos para o crime. Uma jornada de ação espera pelo leitor e o protagonista pode não gostar do que o espera no fim da linha…

Duas tramas sensacionais (não me entenda mal, as outras são ótimas também!) que prendem o leitor do começo ao fim e pedem inclusive uma atenta releitura para captação de todos os detalhes! Essas duas histórias contrastam bem e mostram a versatilidade da série de Ed Brubaker e Sean Phillips.

Obs. Não recomendei aqui porque ela deve ser a última a ser lida – é a única história na qual o conhecimento prévio dos personagens faz diferença. Estou falando do excelente spin-off “Verão Cruel” que mostra – em pouco mais de 250 páginas – um verão que mudou a vida de muitos dos personagens que passamos a conhecer na série regular (em especial os jovens Tracy e Rick Lawless). SENSACIONAL!

Vale a pena ler Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips (2)

Cenas de ação e violência te esperam nas HQs da série Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips

Afinal, vale a pena ler Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips?

Confesso que demorei para embarcar na série Criminal porque a premissa e tudo que vi me fizeram crer que a série era meio genérica – e embarcar em uma série de 07 edições genéricas não é lá algo que me chame a atenção positivamente. Fico MUITO feliz em dizer que estava completamente errado.

A série de Ed Brubaker e Sean Phillips conta histórias potentes que dão os holofotes para falsificadores, lutadores, irmãos em busca de vingança, maridos buscando recomeços e muito mais. Tudo isso em um mundo brutal e cruel onde seu pior inimigo pode estar do seu lado. Honestamente? Uma das melhores leituras que fiz do gênero – ao lado das ótimas edições de Parker de Richard Stark e Darwyn Cooke.

Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips merece os prêmios que ganhou (incluindo Eisner para Melhor Nova Série) e é uma leitura que te prende do começo ao final. Se você é fã do gênero policial e de histórias noir garanto que você não vai se arrepender!

Compre Criminal de Ed Brubaker e Sean Phillips Clicando na Capa Abaixo:


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!

Ultimato do Bacon YouTube

 


 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

montagem com os maiores vilões dos vingadores

Os 10 Maiores Inimigos e Vilões dos Vingadores

16 de Dez de 2020

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade