Ultimato do Bacon

Torpedo 1972 de Enrique Abulí e Eduardo Risso – O Ultimato

Em 31 de Mai de 2023 3 minutos de leitura
Torpedo 1972 de Enrique Abulí e Eduardo Risso (2)

O que um gangster nova iorquino faz depois da aposentadoria? A idade o transforma automaticamente em uma pessoa boa ou a vida de crimes cobra seu preço? A HQ Torpedo 1972 de Enrique Abulí e Eduardo Risso é o nosso reencontro com Luca Torelli – o perigoso criminoso que barbarizava no submundo americano na década de 30.

Os anos não foram muito bons com o personagem que sofre de Parkinson, anda com uma muleta e está totalmente falido. Ao lado de seu fiel capanga Rascal, o personagem mostra que a idade não é desculpa para “andar na linha”.

Torpedo 1972 traz a bela arte de Eduardo Risso (Fulù, MoonShine,100 Balas) que dá um ar “moderno” a HQ em comparação com a série anterior Torpedo 1936 que era desenhada por Jordi Bernet. O leitor que conhecer a série original vai ver várias referências – que vão desde o comportamento errático do protagonista até citações de situações passadas.

O leitor que tiver seu primeiro contato com Luca Torelli nessa série vai ficar curioso para conhecer seu passado mas vai conseguir ter uma boa experiência de leitura.

 Torpedo 1972 de Enrique Abulí e Eduardo Risso foi originalmente lançado em 2017 e chegou ao Brasil em 2020 pelas mãos da editora JBraga.

Torpedo 1972 de Enrique Abulí e Eduardo Risso (3)

Um idoso e quebrado Luca Torelli aparece na HQ Torpedo 1972 de Enrique Abulí e Eduardo Risso

A Trama da HQ Torpedo 1972 de Enrique Abulí e Eduardo Risso

Enrique Abulí e Eduardo Risso nos entregam uma trama onde Luca Torelli, antigamente conhecido como Torpedo, é procurado por um jovem jornalista em busca de fama. Ao lado de sua namorada fotógrafa, ele quer entregar uma matéria que desvende o mistério de quem matou Piero Caputo – um famoso gângster dos anos 30. Os filhos de Caputo apontam o velho e sumido Torpedo como responsável.

O jovem jornalista James é agraciado com a sorte de topar com o bêbado “assistente” de Torpedo em um bar. Rascal promete, por alguns muitos dólares, apresentar seu chefe para James. A trama segue se desenrolando e mostra James e sua namorada passando por situações bizarras por estarem envolvidos nesse submundo de Nova York. Não se iluda: apesar da idade, Luca Torelli segue tão mal e perigoso quanto no passado.

Torpedo 1972 de Enrique Abulí e Eduardo Risso (4)

Luca Torelli interage de forma pouco amigável com o repórter James na HQ Torpedo 1972 de Enrique Abulí e Eduardo Risso

Algumas coisas merecem destaque na HQ Torpedo 1972. A sequência de abertura, que mostra os personagens assistindo a cena inicial do “Poderoso Chefão” (ganhador do Oscar de Melhor Filme de 1972) é muito bem construída e coloca o leitor imediatamente no clima. Como fã do filme, foi uma grata surpresa logo nas primeiras páginas.

Outro ponto de destaque é a personalidade de Torpedo. Enrique Abulí não tem medo de trazer a mesma personalidade deturpada da série original e nos mostra que o vilão não está interessado em redenção, reparação ou finais felizes. Me arrisco a dizer que ele é mais perigoso agora pois seus “cabelos brancos” acabam enganando os desavisados – o repórter James que o diga.

O humor da série segue o mesmo: aquele humor desconfortável que usa muito jogo de palavras e o atrapalhado Rascal como alívio cômico. As situações propostas seguem tendendo bastante para a temática sexual e a violência – como era de se esperar. A acidez dos comentários de Torpedo continua surpreendendo todos ao seu redor!

O ritmo da narrativa é bem construído e as pouco mais de 40 páginas da trama entregam uma história fechada que não deixa pontas soltas. Vale destacar que é interessante acompanhar a jornada de James. O repórter parecia não ser um “cidadão modelo” mas é nítido que ele não esperava se deparar com as surpresas que Torpedo tinha para ele. A auto confiança do personagem vai sendo minada conforme a história se desenvolve e ele percebe que Luca Torelli ainda é capaz de muitas atrocidades.

Luca Torelli e Rascal se metem em um confronto armado na HQ Torpedo 1972 de Enrique Abulí e Eduardo Risso

Se você é um fã de histórias com pegada underground e gangster, a HQ Torpedo 1972 de Enrique Abulí e Eduardo Risso tem tudo para te agradar com sua história envolvente e com a excelente arte de Risso.

Se você já é fã de Torpedo, saiba que essa é uma continuação a altura da série original e o único pecado da publicação é que ela é uma leitura relativamente rápida. Ficamos com aquela vontade de saber mais da velhice de Luca Torelli e Rascal.

Vale muito a pena esse último mergulho no universo de Torpedo!

Avaliação: Excelente!

Compre Torpedo 1972 de Enrique Abulí e Eduardo Risso clicando na capa abaixo! .


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

As melhores obras do mestre do horror – Junji Ito

30 de Dez de 2020

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade