Moonshine é mais uma HQ de uma das mais badaladas duplas dos Quadrinhos! Brian Azzarello e Eduardo Risso tem uma sinergia que poucas vezes vimos em HQ´s. Os desenhos e os roteiros se encaixam de uma forma que temos a sensação de que um não consegue existir sem o outro. A premiada série “100 Balas” (confira nossa análise detalhada clicando aqui) mostrou que a dupla sabe muito bem o que entregar quando a série pede um clima mais noir com altas doses de suspense e ação.

A série MoonShine foi lançada em 2016 pela badalada dupla Eduardo Risso e Brian Azzarello na Image Comics e teve 12 edições publicadas pela editora (até meados de 2018). A Mythos finalmente trouxe a obra para o Brasil em 2019 com o encadernado “MoonShine” que reúne as primeiras seis edições da história.

Conheça MoonShine de Eduardo Risso e Brian Azzarello 1

MoonShine é mais um sucesso de Eduardo Risso e Brian Azzarello

A História de Moonshine de Eduardo Risso e Brian Azzarello

A nova série MoonShine se passa em 1929 durante o período conhecido como “Lei Seca” – onde o consumo e venda de bebidas alcoólicas passou a ser ilegal nos EUA. Lou Pirlo é o típico gangster que recebe de seu chefe Joe Masseria a missão de convencer um produtor do interior chamado Hiram Holt a fornecer uísque para eles. Joe diz que o uísque feito por Hiram é o melhor que ele já provou e acredita que o produto vá vender litros ao ser comercializado na cidade. Infelizmente nada pode ser tão simples, certo?

A história segue acompanhando Lou que logo começa a se deparar com Hiram e sua família que vivem em uma minúscula cidade no interior. A recusa do patriarca produtor de uísque em aceitar a proposta que ele levou de seu chefe Joe Masseria somado a alguns acontecimentos estranhos que o personagem estava presenciando lhe diziam que a melhor coisa era deixar a possível operação de lado.

Conheça MoonShine de Eduardo Risso e Brian Azzarello 2

Moonshine mistura uísque, Lei Seca e Gangsters em 1929

Azzarello e Risso conseguem, no meio de toda essa história sobre uísque e gangsters, inserir lobisomens como elemento sobrenatural – o que dá um tom totalmente diferente de qualquer coisa que já vi sobre o assunto. O mais interessante é que a dupla sabe fazer a inserção do sobrenatural e aproveita esse novo fator para tornar a história ainda mais misteriosa – as bebedeiras que fazem com que Lou esqueça os eventos de noites anteriores também contribuem para uma narrativa interessante

No meio de toda essa negociação gangster, Moonshine de Risso e Azzarello ainda consegue mostrar alguns dos preconceitos de cidade pequena da época (vale lembrar que a história se passa durante a “Lei Seca” americana) o que dá uma sensação de realidade a narrativa – observem o tratamento que a pequena Cissy dá a Delia e a forma como a família do campo de Hiram Holt trata o homem da cidade Lou Pirlo. São esses pequenos detalhes que fazem a HQ ser acima da média.

Conheça MoonShine de Eduardo Risso e Brian Azzarello 3

Moonshine de Eduardo Risso e Brian Azzarello traz uma excelente representação de Lobisomens

Com um ritmo interessante e uma estrutura que nos faz não querer largar a HQ em momento algum, MoonShine é mais um grande acerto da dupla Eduardo Risso e Brian Azzarello que mostram que criar séries noir e mistérios (sobrenaturais ou não) são o que fazem de melhor. A sinergia entre os dois segue intacta e a introdução de um elemento fantástico dá um outro ar ao que seria “apenas mais uma boa história de gangster”. Vale a pena garantir o primeiro volume trazido ao Brasil pela Mythos e aguardar que a editora traga (esperamos que em breve!) a continuação da série.

Confira outras obras que podem te interessar nas nossas matérias 100% de Paul Pope, Preacher e Promethea!

Compre Moonshine clicando na imagem abaixo!

Conheça MoonShine de Eduardo Risso e Brian Azzarello 4

 


Créditos:

Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Alexandre Baptista
Matéria originalmente publicada em 19 de Maio de 2019 e republicada em 13 de maio de 2020.