Ultimato do Bacon

Moby Dick de Bill Sienkiewicz – O Ultimato

Em 10 de Ago de 2022 3 minutos de leitura
Moby Dick de Bill Sienkiewicz - O Ultimato (1)

Uma das histórias mais famosas e poderosas da literatura mundial é adaptada pelos quadrinhos por um grande mestre que possui um estilo característico marcante. Estamos falando da HQ Moby Dick de Bill Sienkiewicz. O quadrinho adapta o denso conto de Herman Melville (que possui 864 páginas) de uma forma única por conta do ritmo narrativo e da arte de Sienkiewicz.

A HQ Moby Dick de Bill Sienkiewicz foi originalmente lançada em 1990 na coleção Classics Illustrated #4. No Brasil a obra foi publicada pela primeira vez pela editora Abril no mesmo ano do lançamento original e recentemente a obra ganhou uma nova versão pela Editora Trem Fantasma em uma edição luxuosa com capa dura.

Dica para o leitor: Se você é fã de Moby Dick, tenho certeza que você já ouviu falar sobre a versão feita pelo francês Christophe Chabouté, certo? Vale a pena e é completamente diferente da versão de Bill Sienkiewicz no que tange à execução!

Queríamos destacar que a obra também tem uma espécie de adaptação Sci-fi feita no Brasil: Gargantua de Daniel Rosini. Uma versão bem diferente onde a tecnologia cria situações que mudam muito a obra original. Vale a leitura!

Moby Dick de Bill Sienkiewicz - O Ultimato (4)

A imponente inimiga do Capitão Ahab aparece na HQ Moby Dick de Bill Sienkiewicz

A trama da HQ Moby Dick de Bill Sienkiewicz

O aclamado autor Bill Sienkiewicz (responsável por obras como “Elektra Assassina”, “Demolidor Amor e Guerra” e “Questão As Mortes de Vic Sage”) recria o denso conto de um homem obcecado em pouco mais de 50 páginas de quadrinhos.

A narrativa segue – de forma bem fiel e resumida – o material original de Herman Melville e posso dizer que não temos nenhuma grande surpresa no quesito de trama.

Capitão Ahab é o protagonista dessa história. Um homem obcecado que vive para caçar a imponente e perigosa cachalote branca que habita os mares. Apesar de ter a missão de comandar um navio baleeiro que deveria se preocupar apenas com a coleta do óleo, fica claro desde o começo que o personagem possui outro objetivo e que está disposto a passar por cima de tudo e de todos para atingi-lo.

O conto se desenrola sob a perspectiva de Ishmael, um dos marinheiros do navio que relata tudo de “diferente” que viu durante a maldita viagem que fez no navio Pequod.

Moby Dick de Bill Sienkiewicz - O Ultimato (2)

Bill Sienkiewicz retrata de forma impressionante os acontecimentos do livro Moby Dick

O grande diferencial da adaptação de Bill Sienkiewicz está na sua arte! Se a narrativa não apresenta nenhuma grande surpresa, o mesmo não pode ser dito das belas páginas que impressionam o leitor a cada avanço na leitura.

A representação do autor do mar e seus perigos é assustadora e é capaz de criar uma ambientação pesada que encaixa perfeitamente bem com a trama.

Por mais que as cenas de confronto entre o Capitão Ahab e sua nêmesis sejam lindas, me arrisco a dizer que as páginas mais belas estão relacionadas a representação que o autor faz da imensidão do mar e da loucura do obcecado comandante do navio.

As poucas mais de 50 páginas desenhadas por Sienkiewicz são suficientes para nos ambientar em todos os aspectos que são necessários para a leitura: ele fala sobre a atividade de caça às baleias, mostra a dura realidade dos marinheiros que trabalhavam nesses navios, retrata o grande caldeirão cultural que era o Pequod e mostra os laços inquebráveis que Ahab tinha com a cachalote branca que arrancou sua perna.

Moby Dick de Bill Sienkiewicz - O Ultimato (3)

A loucura do Capitão Ahab é muito bem retratada na HQ Moby Dick de Bill Sienkiewicz

Moby Dick de Bill Sienkiewicz é o tipo de adaptação que tem o poder de agradar a segmentos diferentes de leitores. Quem já leu o conto original de Herman Melville vai desfrutar da bela arte de Sienkiewicz enquanto redescobre a narrativa da caçada arquitetada pelo Capitão Ahab de forma bem fiel ao material original.

Quem nunca leu esse clássico conto vai descobrir uma HQ magnética que fala sobre destino e sobre sua inevitabilidade – e me arrisco a dizer que esses novos leitores vão descobrir muitos motivos para querer se aventurar no material original!

Moby Dick de Bill Sienkiewicz faz tudo que uma boa adaptação deve fazer e respeita o material que adapta ao mesmo tempo que impõe elementos que tornam aquela experiência de leitura diferenciada.

Quer ler outros excelentes materiais lançados no Brasil pela Editora Trem Fantasma? Confira nossos reviews sobre Sangue e Gelo de Tito Faraci e Pasquale Frisenda, Amantikir de Lillo Parra e Jefferson Costa e Fulù de Carlos Trillo e Eduardo Risso

Ultimato do Bacon

Avaliação: Ótimo!

Compre Moby Dick de Bill Sienkiewicz clicando na capa abaixo! .

Moby Dick de Bill Sienkiewicz Comprar


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

O Livro dos Insetos Humanos de Osamu Tezuka - O Ultimato (2)

O Livro dos Insetos Humanos de Osamu Tezuka – O Ultimato

30 de Set de 2022

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade