Ultimato do Bacon

Conheça Mangás Seinen Essenciais para Leitores Brasileiros

Em 30 de Mai de 2022 7 minutos de leitura
Mangas Seinen Essenciais_001

Os leitores de mangás sabem que podemos encontrar de “tudo um pouco” nas páginas produzidas pelos grandes mangakas! A nossa lista vai falar dos mangás seinen essenciais para leitores brasileiros. Para começar é importante definirmos o que são mangás seinen: obras para o público masculino adulto com tramas mais maduras e personagens com mais camadas e aprofundamento do que na maioria das histórias.

Vale lembrar que as obras escolhidas para a lista de mangás seinen essenciais para leitores brasileiros são baseadas no gosto da equipe do Ultimato do Bacon e ainda levam em consideração fatores como o sucesso que a obra fez no Brasil e no mundo.

Dica para o leitor: Se você não é muito fã de mangás seinen, confira nossas listas sobre mangás shonen e mangás shoujo!

Vamos lá?

Índice

Monster de Naoki Urasawa

Mangas Seinen Essenciais_001 - Monster

Naoki Urasawa cria um suspense de arrepiar que prende o leitor até o seu final!

Lançado originalmente em 1995, Monster é um mangá de suspense e mistério que deixa o leitor tenso até o seu final! A trama acompanha o promissor neurocirurgião Kenzo Tenma que se vê em apuros ao salvar um jovem garoto contrariando a ordem de seus superiores.

Kenzo só não sabia que ao salvar o garoto ele daria início a uma trama complexa que afetaria a vida de todos que estão ao seu redor no decorrer dos anos. As ações do garoto e a noção de dever e honra que movem o protagonista são os grandes motores dessa complexa e cativante trama!

A Conrad publicou a primeira versão do mangá no Brasil em 2006 (em 18 volumes) e a Panini publicou uma versão de luxo com capa dura em 2019 (em 9 volumes).

Berserk de Kentaro Miura

Guts, o Espadachim Negro, é o protagonista dessa obra de fantasia/horror de Kentaro Miura.

Imagine um mundo que misture elementos da europa medieval com seres fantásticos e muita (mesmo!) violência. Se você conseguiu imaginar, é possível que tenha chegado em algo próximo do universo criado por Kentaro Miura em Berserk!

A HQ acompanha o guerreiro Guts, o Espadachim Negro, que busca vingança contra seu ex-colega e amigo Griffith. Esse mangá se destaca pelo excelente desenvolvimento dos personagens e pelo belo traço de Miura, que cria monstros e situações que são inesquecíveis.

Mas prepare-se: Berserk é um mangá que tem a capacidade de chocar e de mexer com nosso psicológico.

O mangá, que começou a ser publicado em 1990, acabou não tendo final por conta do falecimento de seu criador – Kentaro Miura.

No Brasil a Panini Comics publicou a obra em dois formatos: o primeiro em 2005 que conta com 80 números e o segundo de 2014 é uma republicação em formato tankobon com 40 números publicados.

Quer saber mais sobre a principal fase de Berserk?

Confira nossa matéria sobre A Era de Ouro de Berserk.

Golgo 13 de Takao Saito

O terceiro colocado na lista de mangás seinen essenciais para leitores brasileiros é o mangá mais velho do mundo ainda em publicação!

Sendo publicado desde 1968 e contando com mais de 201 volumes, Golgo 13 de Takao Saito acompanha as histórias de Duke Togo, ou G13.

O protagonista é um perigoso matador de aluguel que enfrenta tramas e perigos dos mais diferentes tipos. Prepare-se para histórias que vão desde assassinar um agente duplo até se envolver em conspirações para sequestrar o papa!

Infelizmente Golgo 13 foi muito pouco publicado no Brasil e apenas a JBC publicou uma minissérie em 3 edições (2010) com algumas excelentes histórias de Duke Togo.

Vinland Saga de Makoto Yukimura

Uma saga nórdica sobre guerra e redenção espera o leitor nas páginas de Vinland Saga de Makoto Yukimura.

O quarto item da nossa lista de mangás seinen essenciais para leitores brasileiros é o marcante Vinland Saga de Makoto Yukimura.

A trama acompanha a história de Thorfinn, um jovem Viking que – como a maioria dos guerreiros de seu povo –  tem sede de sangue. A história, que pode parecer mais um shonen de batalha em um primeiro olhar, revela um desenvolvimento incrivelmente profundo e complexo conforme mostra o jovem protagonista crescendo e buscando entender o sentido da vida e da própria guerra.

Prepare-se para batalhas épicas e debates filosóficos nesse mangá que é magnético!

Lançado originalmente em 2005, o mangá começou a ser publicado no Brasil pela Panini Comics em 2014.

Quer saber mais sobre a obra de Makoto Yukimura?

Confira nossa matéria completa sobre Vinland Saga!

Vagabond de Takehiko Inoue

A epopéia de Miyamoto Musashi também chega na nossa lista de mangás seinen essenciais para leitores brasileiros.

Takehiko Inoue é um dos mangakás mais comentados dos últimos anos por conta de mangás como Slam Dunk e Real. Mas a obra mais comentada do autor, ao menos no Brasil, é a icônica Vagabond.

O mangá conta a história do lendário samurai Musashi e mostra a sua jornada desde o começo de sua relação com o “caminho da espada”.

Apesar de ter grandes cenas de combate e ação, o foco do mangá é o desenvolvimento do protagonista e toda a filosofia que está ao redor da jornada de um samurai. Uma obra magnética que, infelizmente, (ainda) não tem final…

Vagabond de Takehiko Inoue foi publicado na “íntegra” no Brasil pela Panini Comics em 37 volumes que começaram a ser lançados em 2016. Vale dizer que o mangá começou a ser publicado no Japão em 1999.

É fã de obras sobre espadachins?

Confira nossa lista de Melhores Mangás de Samurai!

Akira de Katsuhiro Otomo

A história de Kaneda e de seu mundo futurista não poderia faltar na nossa lista!

Akira, o famoso mangá de Katsuhiro Otomo, começou a ser lançado em 1982 e é um clássico do estilo distopia. A

obra conta a história de Kaneda, um jovem rebelde que faz parte de uma gangue de motoqueiros que logo se envolve em uma perigosa conspiração governamental que tem relação com indivíduos com poderes sobre-humanos. A trama se passa na cidade de Neo-Tóquio após a 3ª Guerra Mundial e apresenta tecnologias diferentes e personagens muito cativantes. Me arrisco a dizer que é a obra mais icônica da nossa lista!

Akira foi publicado no Brasil pela primeira vez, em cores e em leitura ocidental, pela editora Globo em 38 edições (1988 – 1998). A obra também foi lançada, em estilo oriental e preto e branco (como o original), pela JBC na íntegra em 6 volumes (2017-2019).

Boa noite Punpun de Inio Asano

Boa noite Punpun é uma série do mangaká Inio Asano e não poderia faltar na lista de mangás seinen essenciais para leitores brasileiros.

Boa noite Punpun começou a ser publicado originalmente em 2007 com o nome original de Oyasumi Punpun. Escrita e desenhada por Inio Asano, a história acompanha um menino que vive no Japão e mostra o crescimento dele ao lado de alguns amigos…

A história é dividida basicamente em 4 fases: escola primária, escola secundária, colégio e seus 20 anos de idade. O personagem principal tem uma característica curiosa: enxerga a si mesmo e a sua família como passarinhos!

O mangá, originalmente publicado em 2007, chegou ao Brasil em 2018 e foi publicado na íntegra pela JBC.

Lobo Solitário de Kazuo Koike e Goseki Kojima

Lobo Solitário é a série de mangás de 28 volumes criado por Kazuo Koike e pelo ilustrador Goseki Kojima

Lobo Solitário (子連れ狼, Kozure Ōkami) é um dos mangás mais famosos de todos os tempos. Criado por Kazuo Koike e pelo ilustrador Goseki Kojima, a história foi publicada pela primeira vez em 1970 e conta com 28 volumes.

Ela narra a busca por vingança do antigo executor do Shogun, Ittō Ogami, contra o clã Yagyū. O inusitado é que seu filho Daigorō acompanha o pai nesse caminho perigoso que o próprio Ittō define como Meifumado (estrada dos assassinos). Um conto sobre honra e família.

No Brasil o mangá só foi publicado de forma completa pela Panini Comics de 2004 a 2007 em Lobo Solitário #1 – #28. Em 2016 ela republicou a obra em papel offset.

Blade, A Lâmina do Imortal de Hiroaki Samura

A história de um samurai imortal é tema da nona posição da nossa lista de mangás seinen essenciais para leitores brasileiros.

Esqueça o realismo e mergulhe em um universo onde pessoas podem se tornar imortais e caminhar entre nós!

A obra de Hiroaki Samura nos apresenta o samurai Manji, um homem que é procurado por matar 100 pessoas. Esse samurai tem em seu corpo um verme que o deixa imortal.

O que ele mais busca? Morrer em paz, e para isso terá que matar 100 bandidos para pagar seus pecados e ganhar o direito ao descanso eterno. A obra coloca a jovem Rin, que teve seus pais assassinados por um dojo rival, no caminho de Manji e é assim que a jornada começa.

A obra é recheada de reviravoltas e sequências de arrepiar (como Manji preso no calabouço de um castelo e tendo sua imortalidade testada) e prende o leitor.

A série começou a ser publicada em 1993 e totalizou 30 edições. No Brasil, Blade, A Lâmina do Imortal foi publicado pela JBC em uma versão BIG (reunindo 2 edições originais) completa em 15 volumes.

Hellsing de Kouta Hirano

O mangá Hellsing mostra uma realidade dominada por vampiros

Hellsing é um mangá que leva os poderes dos vampiros ao extremo!

O mangá conta a história de uma organização do governo britânico, a Hellsing, que é responsável por eliminar a ameaça dos vampiros e de seus asseclas.

Alucard, o protagonista da trama, é a “arma secreta” da agência nessa luta. Ele é um vampiro muito poderoso que tem sido usado e controlado pela organização para “equilibrar” o combate contra essa força das trevas. O enredo é violento, imprevisível e muito, mas muito, divertido.

Hellsing de Kouta Hirano foi publicado a última vez no Brasil pela JBC em 2016 e possui 10 volumes.

Quer conhecer outras obras sobre o tema? Confira nossa lista de Melhores HQs e Mangás sobre Vampiros!

Gantz de Hiroya Oku

O mangá de Hiroya Oku sobre um jogo violento e imprevisível não poderia ficar de fora da lista!

Kei Kurono e seu amigo Masaru Katou são dois jovens que são atropelados pelo metrô em um dia comum. Fim da linha certo?

Não no mangá de Hiroya Oku! Aqui o atropelamento leva os jovens a uma estranha sala onde um jogo violento, sanguinário e perigoso tem início. Tudo isso comandado por uma misteriosa esfera negra chamada Gantz! 

Gantz começou a ser publicado em 2000 e foi trazido para o Brasil na íntegra pela Panini Comics que publicou os 37 volumes entre 2007 e 2014.

Hokuto no Ken de Buronson e Tetsuo Hara

O mangá publicado entre 1983 e 1988 mistura ação e artes marciais em um cenário pós apocalíptico!

Criado por Buronson e Tetsuo Hara, Hokuto no Ken é um mangá que se passa em um mundo pós apocalíptico que foi destruído por uma guerra nuclear.

O protagonista é o guerreiro chamado Kenshiro, o sucessor de um estilo de arte marcial mortal conhecido como Hokuto Shinken, o que lhe dá a capacidade de matar a maioria dos adversários através do uso dos pontos vitais secretos do corpo humano (prepare-se para muita violência!).

A trama coloca o protagonista em rota de colisão contra aqueles que ameaçam seu clã e cometem injustiças!

O mangá, que começou a ser publicado em 1983, começou a ser publicado no Brasil pela JBC em 2019.

Quer saber mais sobre a história dos mangás no Brasil? Confira nosso bate papo com Cassius Medauar – responsável pela Conrad e por trazer as novas edições de Boa noite Punpun e Akira para o Brasil:

Gostou da nossa lista? Sentiu falta de algum seinen? Comente em nossas redes sociais!


E se você quer ver mais mangás marcantes, confira nossa lista de Melhores Mangás Publicados no Brasil!


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Alexandre Baptista

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB! 


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Amantikir de Lillo Parra e Jefferson Costa (2)

Amantikir de Lillo Parra e Jefferson Costa – O Ultimato

4 de Jul de 2022

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade