Ultimato do Bacon

Jaiminho de volta a Tangamandápio de Pablo Carranza – O Ultimato

Em 29 de Dez de 2022 3 minutos de leitura
Jaiminho de volta a Tangamandápio de Pablo Carranza – O Ultimato (2)

Conheça o spin off não autorizado do Chaves mais engraçado que você lerá em quadrinhos: Jaiminho de volta a Tangamandápio de Pablo Carranza

A segunda edição da revista Mau Gosto Comics, lançada em novembro de 2022, traz a história Jaiminho de volta a Tangamandápio, com edição, diagramação, projeto gráfico, argumento, arte e roteiro de Pablo Carranza, CEO da Mau Gosto Corp. E não, ele não fez tudo sozinho. A assistant regional manager da corporação, Natasha Magalhães, fez a revisão da obra.

O gibi tem 40 páginas em formato “gibi”, 13,5 cm x 19cm, de acordo com a divulgação. Para efeito comparativo, o formatinho tem 13 cm x 21cm. A arte em P&B segue o estilo do clássico moderno Podrão Aniquilação (2021), do mesmo autor. Tem cenas de violência, nojeiras, peitinho e nudez, então veja a classificação indicativa antes de comprar.

Se você não conhece a Mau Gosto Comics, confira a matéria sobre o combo Cocômics No Seu Tempo!, onde analisamos a primeira edição da revistinha.

Jaiminho de volta a Tangamandápio de Pablo Carranza – O Ultimato (3)

Jaiminho precisará entregar a última carta no endereço mais perigoso da cidade

Qual a trama de Jaiminho de volta a Tangamandápio

Como é de se esperar, Jaiminho, carteiro eternizado por Raúl Padilla no seriado Chaves (1973-1980), está de volta a Tangamandapio. O objetivo é dar entrada na tão sonhada aposentadoria e evitar a fadiga de vez.

De início, conhecemos algumas curiosidades do notável personagem. Segundo o líder da repartição, Sr. Gomez, Jaiminho fez nada mais nada menos que 99 entregas em respeitáveis 80 anos de serviço. Mas a lei municipal exige 100 para a conquista do ócio remunerado.

Eis que o sujeito, para ajudar, entrega ao Jaiminho uma carta A.R. – aquelas que precisam da assinatura do destinatário – destinada ao Tripa Seca. Se você é fã do Chapolin Colorado, certamente lembrou do vilão e imagina o que está por vir. O carteiro, seguindo o endereço ao lado de sua tradicional bicicleta, descobre uma mansão digna de Tony Montana.

O segurança, Nenê – com os traços de Ruben Aguirre, ou seria o inverso? –, é ríspido, não aceita a entrega e chega a agredir o protagonista. Jaiminho não se dá por satisfeito e fará de tudo por seu sonho, pulando o muro.

É a partir de então que vemos uma face nunca imaginada do entregador. Ele deixa a fadiga de lado – só evitar a fadiga permitiria isso! – e vira um novo Rambo, enfrentando diversos inimigos do cartel para entregar a carta ao Tripa Seca. Violência e morte estão presentes neste insólito episódio de Chaves spin off não autorizado de Jaiminho.

Na linha do seriado Chapolin (1973-1979), todos os personagens são “interpretados” pelos consagrados atores de Chaves: Florinda Meza, María Antonieta de las Nieves, Édgar Vivar, Ramón Valdez, Carlos Villagrán e o mais famigerado, Roberto Gómez Bolaños.

Jaiminho de volta a Tangamandápio de Pablo Carranza – O Ultimato (4)

Não se engane pela fadiga de Jaiminho, a HQ tem muita ação!

Vale a pena ler?

O enredo de Jaiminho de volta a Tangamandápio respeita as características do carteiro de bigode – o bigode, a fadiga e a bicicleta –, mas o mostra em um momento de loucura na busca de seu maior objetivo: evitar a fadiga, o que soa justificável. Isso acontece com nítidas influências dos episódios de Chapolin com o Tripa Seca e filmes tipo Rambo: Programado para matar (1982), Scarface (1983) e Kill Bill (2003).

Na verdade, parece um episódio do Chapolin onde o super-herói atrapalhado é substituído pela bravura de Jaiminho, enfrentando o maior cartel da cidade. Só por isso, podemos esperar um ótimo resultado. No entanto, a obra é feita por Pablo Carranza, garantindo os traços e o humor padrão Podrão Annihilation.

Não posso falar muito, mas soube que a história foi inspirada em fatos reais e busca responder o mistério de como surgiu a icônica estátua de Jaiminho na cidade de Tangamandápio, litoral de Michoacán, no México. (Não confie na Wikipédia!)

Junte tudo isso e temos uma bela e poética homenagem a um dos personagens mais amados da América Latina, que há muito tempo merecia uma podreira destaque em uma obra de tamanha bizarria, e nunca ser largado como um simples coadjuvante de quinta categoria.

Que venham os fã-clubes.

Um abraço.

Gostou do texto? Leia outros Ultimatos do David Horeglad (HQ Ano 1) para o UB!

PODRÃO ANIQUILAÇÃO – O ULTIMATO

BEBÊS MANÍACOS DA LAGOINHA – O ULTIMATO

SINUCA PARANOIDE: AS TACADAS DO BAMBINO – O ULTIMATO

Ultimato do Bacon

Avaliação: Ótimo!

Compre Jaiminho de volta a Tangamandápio de Pablo Carranza clicando na capa abaixo! .

Jaiminho de volta a Tangamandápio de Pablo Carranza – O Ultimato (1)


Créditos:
Texto: David Horeglad – @hq_ano1
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse 
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

DComposição de Tom Taylor Vale a Pena (3)

DComposição de Tom Taylor Vale a Pena?

7 de Fev de 2023

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade