Por Lucas Souza

A década de 90 foi extremamente conturbada para o Amigão da Vizinhança. Muita gente se lembra das sagas envolvendo Venom e Carnificina e da sempre comentada “Saga do Clone”. Mas poucas pessoas se lembram que nesse período Peter Parker também viu seus pais retornarem da morte. E essa história nos mostra que o Homem-Aranha também pode ser levado até o limite – e esse é justamente o tema desse “Baú de HQ´s” que visa resgatar a memória de grandes sagas que não são necessariamente famosas.

A saga do retorno dos pais de Peter Parker começa em “O Homem-Aranha” #152 ( “The Amazing Spider-Man” #364 de 1991 nos EUA) da editora abril  lançado em 1996 e se estende até o número #162 da coleção. É preciso ler ainda “A Teia do Aranha” #76 – #86. O ideal é que você leia as edições de forma intercalada começando por “O Homem-Aranha”.

 

Os pais de Peter Parker retornam em uma história que leva o Aracnídeo ao limite

 

Os falecidos pais de Peter Parker eram agentes da CIA que foram mortos em missão e por isso o personagem foi criado pelos seus tios Ben (irmão do pai de Peter) e May. O que acontece em “The Amazing Spider-Man” #364 é o impensável : os pais do personagem reaparecem depois de todos esses anos e a volta dele abala todos ao redor. May, a tia que o personagem tanto admira, se sente ameaçada por perder seu papel, Peter se mostra ressentido com os pais que o “abandonaram” e Mary Jane fica tentando equilibrar tudo isso com sua carreira e com o fato de o marido ser o Homem-Aranha (observe como a personagem fumava MUITO para aliviar o stress nessa época).

Os pais de Peter, segundo a história, foram feitos prisioneiros após uma missão de infiltração contra o Caveira Vermelha. O desespero do personagem, que tenta validar a história dos pais enquanto se mostra inconformado por eles o terem abandonado para “brincar de James Bond” (palavras do herói), é palpável assim como o desconforto de todos os envolvidos. Nessa época o Caveira Vermelha era dado como morto e o herói teve que buscar entre arquivos de organizações criminosas algo que validasse a história de seus pais. Mesmo sem provas definitivas, fomos vendo pequenos indícios de que Richard e Mary falavam a verdade.

 

Peter é apresentado a seus pais na saga que abalou o Status Quo do herói

 

O interessante é que o retorno dos pais de Peter Parker começa se desenvolvendo em um plano de fundo. Durante o período do retorno deles vemos histórias envolvendo Venom, a prisão do Duende Verde (Harry Osborn), o retorno do Duende Macabro, o Esmaga-Aranha, o confronto com o mafioso Rosa e diversas outras histórias. Mas os efeitos do retorno estão em todas elas. Um Homem-Aranha mais nervoso, negligente com a esposa e descuidado começa a dar as caras enquanto May enfrenta seus próprios problemas para aceitar os pais de Peter que passam a morar em sua casa. Mary Jane, que se vê presa nos dramas do marido, vê sua carreira como atriz ir perdendo força de maneira proporcional a falta de atenção que começa a tomar conta da personagem.

Peter Parker luta muito antes de aceitar a volta dos pais. Imaginando serem impostores ou ressentido por todo o tempo que passou sem eles, o personagem vai pouco a pouco se aproximando de seus pais que começam a participar mais da sua vida – vemos o Homem-Aranha dizendo algumas vezes que não queria morrer sem conhecer os pais de verdade. Parece uma história feliz para o Aracnídeo, certo? Um detalhe captado pela Tia May começa a plantar a ideia de que nem tudo é o que parece.

 

A verdadeira natureza dos “pais” de Peter Parker é revelada

 

May confidencia a Mary Jane que se casou com Ben 6 meses antes da cerimônia oficial porque eles não queriam esperar. Richard e Mary são as únicas testemunhas – e eles não tem qualquer memória sobre o evento. Desconfiando da veracidade da história, May contrata um detetive particular que segue os dois mas não encontra nada. Peter começa a desconfiar que sua tia está doente e, acreditando que seus pais são quem dizem ser, confessa a eles que é o Homem-Aranha. A felicidade do personagem é ímpar nesse momento e vemos toda a tensão desaparecer. E aqui começam os problemas.

No desenrolar dos eventos, descobrimos que os pais de Peter Parker são formas de inteligência de vida sintéticas manipuladas pelo vilão Camaleão para se infiltrar na vida do fotógrafo e descobrir como ele sempre está no mesmo lugar que o teioso. O herói consegue deter seus “pais” antes que eles revelem a identidade do aracnídeo – a vida artificial que simulava sua mãe acaba, inclusive, salvando a vida do herói.

 

Duende Verde (Harry Osborn) é extremamente importante para a saga

 

O Camaleão descobre um Homem-Aranha que ele nunca conheceu. Saem de cena as piadas e gracejos e entra a violência desenfreada em uma perseguição implacável ao vilão – o personagem fica tão perturbado quanto no clássico “A Última Caçada de Kraven”. Camaleão revela que sua motivação para o plano foi a perda do “amigo” Kraven e revela ainda que foi um outro vilão que sugeriu a ele o maquiavélico plano que deixou o herói tão perturbado.

Não me recordo de ter visto nada igual na história do teioso. O herói é atingido em um ponto extremamente sensível e vemos o quanto a ausência dos pais fez falta para o herói – mesmo tendo tios amoroso que o criaram tão bem. Os momentos que se passam logo após a descoberta da farsa são dignos do herói e mostram tão bem o quanto ele pode sofrer. 

 

Venom sequestra os pais de Peter Parker e provoca um confronto com o Homem-Aranha

 

A saga do retorno dos pais de Peter Parker mostra que com o plano certo qualquer vilão pode ser ameaçador e isso mostra, mais uma vez, a necessidade da identidade secreta. A história ainda mostra sua versatilidade ao se desenrolar como plano de fundo – na maior parte do tempo – e mostrar a consequência da presença dos pais de Peter em um formato crescente até que a confiança do herói (e do leitor) é ganha. Uma ótima saga que mostra o quão humano é o Homem-Aranha e porque ele é o personagem favorito de muita gente.

Fique ligado no Ultimato do Bacon para mais “Baú de HQ´s”!

 

 

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon