Ultimato do Bacon

Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini – O Ultimato

Em 5 de Set de 2022 4 minutos de leitura

Em 1948 chegava às bancas italianas a aventura de estréia daquele que se tornaria o maior símbolo do gênero western nos quadrinhos – e finalmente tive o prazer de ler essa HQ!

Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini é uma história simples e bem linear que já dava alguns indícios de que o ranger criado pela dupla era diferente: frases de efeito, planos que fugiam do “tradicional”, índios no papel de amigos honrados e um respeito pela vida humana que não era muito comum em história de “bang-bang”.

Em termos de formato de quadros, a HQ era bem limitada (apesar da arte de A. Galleppini impressionar pelo detalhamento na arte: assim como Will Eisner, ele parecia a frente de seu tempo!) e temos basicamente 3 quadros por sequência: é o formato de tirinha tradicional.

Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini chegou ao Brasil pela primeira vez na revista “Júnior” #28 da editora Globo em 1951. A história já foi republicada diversas vezes e tivemos a oportunidade de ter contato com ela na HQ “Tex Omnibus: O Totem Misterioso e Outras Histórias” da editora Mythos que foi lançada em 2022.

Ótima publicação para quem quer conhecer as primeiras histórias do famoso ranger. Essa edição da Mythos conta com mais de 800 páginas e traz as primeiras histórias do herói em preto e branco (a coleção “ Tex Edição em Cores” de 2009 traz as mesmas histórias em cores).

Dica para o leitor: Não gosta de histórias mais antigas ou muito simplistas e quer conhecer a juventude de Tex mesmo assim? Recomendamos a excelente coleção Tex Willer: As Aventuras de Tex Quando Jovem!

Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini - O Ultimato (4)

Tex enfrenta um perigoso ladrão em sua HQ de estréia: Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini

A trama da HQ Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini

A primeira história de Tex Willer não traz muitos detalhes de seu passado – apesar de deixar claro que ele é um homem justo, honesto e que tem uma conexão maior com os índios do que a maioria dos cowboys tem.

A trama começa mostrando o personagem salvando uma índia que estava sendo perseguida por Coffin (um malfeitor que o protagonista já conhecia) e seu bando. A jovem é acusada de roubo mas mesmo assim Tex permanece do seu lado e após um breve confronto vemos os bandidos fugirem.

A índia Tesah revela a Tex que seu pai foi morto pelo bando e que um totem sagrado foi roubado. O tal totem tem o poder de levar seu dono a um grande tesouro indigena – e é isso que o bando de Coffin deseja.

Distraído pela história de Tesah, nosso protagonista é pego de surpresa e podemos dizer que é a partir desse ponto que a trama surpreende com reviravoltas inusitadas e com Tex traçando um plano que foge bastante do comum.

Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini - O Ultimato (2)

A primeira imagem de Tex na HQ Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini mostra ele vendo uma jovem sendo perseguida por um bando.

A história de estreia de Tex é recheada de ação, mas o interessante é que essa ação conseguiu superar minhas expectativas em diversos momentos. Vemos o protagonista utilizando táticas para assustar Coffin com algumas estratégias de perseguição dentro da cidade.

Vemos ainda o nobre herói tentando evitar perdas de vidas humanas – mesmo que essas vidas sejam de seus antagonistas.

Apesar de ter alguns elementos interessantes – e de ter uma narrativa que consegue prender o leitor em pouco mais de 30 páginas com 9 quadros em cada página – a realidade é que a história obviamente possui elementos datados.

Soluções simples e “sorte” em excesso do protagonista são os pontos que podem incomodar mais os leitores que não atentam ao fato de estarem lendo uma história de 1948 – precisamos levar isso em consideração para poder “embarcar” 100% na narrativa.

Mesmo com o fator “idade”, confesso que me diverti bastante com a leitura – talvez pelo carinho que já possuo pelo personagem. A sensação é de que Tex e o Totem Misterioso estava muito à frente de seu tempo.

Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini - O Ultimato (3)

Capa da edição italiana da HQ Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini

A trama de  Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini durou as 3 primeiras edições da HQ italiana Collana Del Tex e é nítido que ela traz elementos que seriam marcas do personagem.

O linguajar, o humor ao encarar o perigo, o senso de justiça.. Está tudo ali – como uma pedra bruta que seria (e segue sendo) lapidada com o passar do tempo.

Se você é fã de faroeste, a história vai te agradar em cheio – se você é fã de Tex, me arrisco a dizer que a leitura é quase obrigatória no sentido de curiosidade histórica.

Mas se você está começando no gênero e vai ter seu primeiro contato com o personagem, outras histórias e coleções mais novas – como Tex Graphic Novel – podem ser mais adequadas!

Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini é uma HQ histórica que lançou um personagem que mudou para sempre a história dos quadrinhos italianos e se tornou um símbolo do gênero western!

Quer conhecer outras grandes obras da editora de Tex? Confira nossa lista de Séries e HQs da Bonelli que Você Precisa Conhecer!

Ultimato do Bacon

Avaliação: Ótimo!

Compre Tex e o Totem Misterioso clicando na capa abaixo! .

Tex e o Totem Misterioso de G. L. Bonelli e A. Galleppini Comprar


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Capitão América: Sam Wilson vol. 2 por Nick Spencer – O Ultimato

24 de Nov de 2023

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade