Em Spy x Family, novo mangá a ser lançado pela Panini, “Sr e Sra Smith” encontra “Uma Família do Bagulho”.

Se a comparação pareceu um tanto esdruxula, eu explico, tem muito a ver com a trama do mangá escrito por Tatsuya Endo e publicado originalmente na Shonen Jump+ quinzenalmente desde março de 2019.

Bem, a trama com o próprio título sugere lida com espionagem. Ah, a título de curiosidade, o X no título assim como em Hunter X Hunter não quer dizer nada, servindo apena para estilizar o título.

.

Conheça mais da trama de Spy x Family

.

Voltando a trama, num mundo sobre o qual não nos é apresentado muito de começo, há organizações de espionagem e contraespionagem, sendo que elas são pilares importantes para manter a paz no mundo. É buscando um mundo melhor que somos apresentados ao protagonista “Twilight” (Crepúsculo), um dos melhores espiões e mestre dos disfarces.

 

Spy x Family

O mestre dos disfarces em Spy x Family, Twilight

 

Entretanto, ao receber uma nova e importante missão, Twilight acaba se encontrado numa situação complicada: para se infiltrar e se aproximar de um importante alvo, ele precisa construir uma “família”. É aí que de certa forma entrou nossa comparação com “Uma Família do Bagulho”.

Mas então você pode se perguntar: mas onde entra a comparação com “Sr e Sra Smith”? Bem, Twilight precisa de uma esposa e por sorte acaba encontrando uma mulher igualmente disposta a formar uma família improvisada para tirar a suspeitas da organização governamental de cima de si: a perigosa assassina Princesa dos Espinhos.

E para completar seu teatro, o agente acaba de certa forma sendo induzido a adotar uma jovem garota, Anya, que sem seu conhecimento, na verdade é uma fugitiva de uma instalação governamental e que pode ler mentes. Com seus poderes, ela é a única da “família” que tem uma ideia real da ocupação de seus pais.

Além de se preocupar com a missão de infiltrar sua filha para poder se aproximar do alvo, Twilight e sua família ainda terão de enfrentar outros desafios, como os vizinhos, o teste de seleção da escola e muito mais.

.

 Conheça os personagens de Spy x Family

.

Para se disfarçar como pai de família, Twilight adota o nome de Loid Forger, um suposto psiquiatra. Twilight é um órfão de guerra que pretende criar um mundo de paz onde as crianças não sofram como ele. Muito do humor ao redor do personagem está justamente em sua incapacidade de ser um “pai normal” e seu medo de como prosseguir com uma missão com tantas variáveis.

Já a esposa, a Princesa dos Espinhos, Yor Briar é uma eximia combatente corpo a corpo (ela é uma assassina, duh) porém ela tem dificuldades de se ajustar ao mundo “normal” também. Quando ela encontra “Loid” ela está justamente tentando encontrar um parceiro para que possa escapar das suspeitas da Polícia Especial, que caça espiões.

 

Spy x Family

Em Spy x Family, mesmo a melhor assassina do mundo tem problemas em se ajustar na sociedade

 

Já a pequena e adorável Anya não tem muito de seu passado revelado nas primeiras edições, apenas com vislumbres de que ela era um experimento. Seus “pais” não tem ideia de sua capacidade de ler mentes e a menina realmente se apega a eles, tentando usar seus poderes para ajudar na missão do “pai” e se infiltrar na escola.

.

Vale a pena ler Spy x Family?

.

Vamos lá, como sempre vamos comentar o preço, afinal, temos que valorizar nosso suado dinheiro em tempos de pandemia. O mangá custa a bagatela de 22,90 (o volume 1 pelo menos).

As comparações com os filmes de estilo sessão da tarde serviram mais para situar. A história não é tão completamente boba quanto parece. É claro, não é nenhum marco genial, mas diverte muito bem.

Apenas para citar um caso recente, quando falamos aqui sobre Jujutsu Kaisen, citamos que a história ainda que divertida era mais ou menos fraca. Ainda que Spy x Family seja encaixada como um mangá “shonen”, ao contrário da história dos xamãs, ele não tem pretensão de bater de frente com outros tantos títulos por aí.

Eu pelo menos no momento não conheço nenhum outro título em banca com uma história tão cativante e divertida, apenas pela simplicidade. Longe de ser um shonen aos níveis de One Piece e Naruto, a história segue seu curso calmamente, com uma comédia leve, entregando uma comédia na medida certa para estar acima de um filme da sessão da tarde, e fugindo de tentar ser uma obra que tenta ser grandiosa mas acaba se perdendo na própria seriedade.

Para aqueles que estão procurando um pouco de ação, drama e diversão, além daqueles que curtem um bom jogo de espionagem (obviamente nada do nível Kira vs L), Spy x Family pode acabar sendo uma grata surpresa.

.

Ultimato do Bacon

Avaliação: Ótimo!

.
Compre Spy X Family clicando na capa acima! 
 

 


Créditos:
Texto: João Pedro Maia
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


 

 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: