Ultimato do Bacon

Os melhores novos personagens de Power Rangers da Boom Studios

Em 19 de Mar de 2024 3 minutos de leitura

Power Rangers da Boom Studios veio não apenas para acrescentar uma nova mídia a já conhecida e amada franquia, mas também para revoluciona-la como um todo, levando a franquia para lugares nunca antes explorados. Isso foi possível não apenas graças ao novo aprofundamento na psique dos heróis e vilões que já conhecemos, mas também com a chegada de novos e intrigantes personagens, que sejam do lado dos mocinhos ou do lado maligno, adicionaram ainda mais camadas de drama e por diversas vezes um tom de cinza na moralidade da série que não víamos no seriado da televisão.

Atenção: o texto a seguir conterá spoilers sobre o desenvolvimento das séries Go Go Power Rangers e Mighty Morphin Power Rangers, então prossiga apenas se não se importar com isso.

Dica para o leitor: que conhecer mais desse novo e empolgante universo? Veja nosso texto sobre as diferentes séries sendo publicadas e também nosso review sobre os primeiros volumes de Go Go e Mighty Morphin.

Índice

Quais são os melhores novos personagens de Power Rangers da Boom Studios

Matthew Cook (primeira aparição: Go Go Power Rangers #1)

Grande amigo dos cinco rangers originais, Matt era o namorado de Kim, sendo inclusive o responsável por apresenta-la ao grupo quando ela se mudou para a Alameda dos Anjos. Caso Zordon tivesse na época um sexto morfador, com certeza o rapaz seria um excelente candidato. Porém, ficando de foram do time de “adolescentes com atitude”, é através de Matt que vemos como a nova vida dos rangers aliena as pessoas mais próximas a eles e como isso pesa nos relacionamentos.

Sendo tão próximo do quinteto, Matt também acaba sendo um alvo para os vilões, o que deixa a vida do pobre rapaz ainda mais de ponta cabeça, fazendo com que ele eventualmente sofra de estresse pós-traumático. O rapaz eventualmente se recupera e acaba sendo escolhido para se tornar o novo Ranger Verde, leal a Grace Sterling.

Grace Sterling (primeira aparição: Mighty Morphin Power Rangers #17)

Como parte do novo cânone expandido da franquia, eventualmente é revelado que Zordon formou uma equipe de rangers nos anos 60, cuja missão era impedir que o Psycho Ranger Verde libertasse Rita Repulsa. Ainda que a missão tenha sido um sucesso, dos cinco jovens escolhidos, apenas Grace e Terona sobreviveram, e Zordon os recompensou extraindo seus poderes e abafando sua existência.

Como resultado, Grace eventualmente fundou a Prometeia, e surge como uma aliada dos rangers, mas ao mesmo tempo com planos secretos, que ainda que sejam para o bem, ela omite de seu antigo mentor de quem ela tem um profundo ressentimento e desconfiança. Ela eventualmente recruta Billy para seu lado, utilizando o grande intelecto do rapaz para recriar o Ranger Verde.

Lorde Drakkon (primeira aparição: Mighty Morphin Power Rangers #9)

Cedendo a moda do multiverso, Lorde Drakkon nada mais é do que uma versão maligna de Tommy Oliver, em uma terra onde ele não apenas nunca se aliou aos rangers, como também matou Rita Repulsa e se tornou o vilão supremo de sua terra. Em conluiou com a Rita da terra “principal”, Drakkon eventualmente iniciando uma conquista multiversal para obter poderes de diversas equipes de rangers para que ele eventualmente possa dominar a matriz de morfagem e recriar o universo a sua imagem.

Desde sua aparição, Drakkon trouxe consigo uma nova marca para os quadrinhos dos rangers, sendo oficialmente o primeiro grande vilão original dos quadrinhos. Mesmo depois dos acontecimentos de “Matriz despedaçada”, o personagem continuou circulado pelas histórias dos rangers, mostrando o quanto ele se tornou popular.

Kimberly Hart/Caçadora de Rangers (Go Go Power Rangers #8)

Se Drakkon venceu em seu universo, isso quer dizer que os rangers tiveram um destino sombrio. Mesmo no ápice de sua maldade, Drakkon não conseguiu se afastar de Kimberly por quem nutria sentimentos e então lhe fez uma lavagem cerebral e a transformou em sua principal tenente e braço direito, responsável por caçar os últimos rangers e esmagar a Resistencia.

Ainda que tenha surgido como um mero peão, a Caçadora de Rangers eventualmente conquistou o coração dos fãs e se tornou peça chave de alguns arcos dos quadrinhos, assim como também recebeu alguns especiais narrando sua jornada de redenção, se tornando uma das melhores personagens que surgiram na nova continuidade dos quadrinhos.

Psycho Ranger Verde (primeira aparição Mighty Morphin Power Rangers #20)

Quando Astronema criou os Psycho Rangers na série de TV, não havia uma contraparte verde entre os heróis. O grupo de vilões que imitavam os Rangers causaram muita dor de cabeça para os mocinhos até serem derrotados. Porém, assim como todo sexto ranger do bem, os poderes do Psycho Ranger Verde são superiores aos de seus “colegas”. Mesmo com uma curta aparição, é o suficiente para que ele deixe sua marca.

A principal diferença entre os quadrinhos e a série de TV é a maturidade e liberdade, o que significa que longe da ameaça relativamente rasa representada pelos demais Psycho Rangers, o vilão esmeralda mostrou a que veio deixando um rastro de destruição e morte pelo seu caminho, incluindo a já mencionada equipe da Grace. Caso ele retorne ao holofote, os rangers com certeza vão suar os collants para conseguir impedir essa força do mal.


Créditos:
Texto: João Pedro Maia – JP
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!

Ultimato do Bacon YouTube

 


 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Como conservar HQs e Revistas – Costelinha 009

21 de Out de 2019

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade