Ultimato do Bacon

O Fantasma O Espírito de Nat Turner de Claes Reimerthi e Kari Leppänen – O Ultimato

Em 29 de Jun de 2023 4 minutos de leitura

O 16º Espírito-Que-Anda vive a sua grande aventura nessa história que se passa na Louisiana (EUA) um pouco antes da Guerra Civil. O Fantasma O Espírito de Nat Turner de Claes Reimerthi e Kari Leppänen é uma narrativa longa para os padrões do personagem (150 páginas) e mostra o herói tendo que lidar com uma grande conspiração de escravagistas que não querem que a escravidão acabe. Magia, ação e muitas reviravoltas esperam o leitor nessa HQ!

Lançada originalmente em 2016 na Suécia, na publicação Fantomen, a obra chegou ao Brasil na íntegra na HQ “O Fantasma” #6 – #8 da Mythos Editora (lançada em 2020). A história é totalmente em cores e não pressupõe nenhum conhecimento prévio do leitor sobre o Fantasma e sua dinastia.

Dica para o leitor: se você é fã do Fantasma mas busca um material diferente das histórias clássicas, essa série da Mythos lançada entre 2019 e 2021 é uma ótima pedida! Ela traz diversas histórias novas do herói que foram lançadas na HQ Sueca Fantomen. Todas histórias fechadas, completas e que exalam uma modernidade maior em comparação com o material original dos criadores Lee Falk e Ray Moore.

O Fantasma O Espírito de Nat Turner de Claes Reimerthi e Kari Leppänen (3)

O protagonista lida com ameaças sobrenaturais na HQ O Fantasma O Espírito de Nat Turner de Claes Reimerthi e Kari Leppänen

A Trama da HQ O Fantasma O Espírito de Nat Turner de Claes Reimerthi e Kari Leppänen

O 16º Fantasma vê essa grande trama se iniciar enquanto ele está nos EUA ajudando secretamente a causa abolicionista. Após presenciar uma grande injustiça em um tribunal americano, ele acaba vendo um homem ser agredido e jogado do navio onde estava.

Após pular e salvar a vítima, ele descobre que se tratava de um agente Pinkerton. Muito debilitado, o homem consegue dizer apenas “ache Glória Scott” antes de morrer.

Curioso com os fatos que se desenrolaram, o Fantasma decide ir até o destino final do navio e logo identifica uma mulher, Srta Bee, que está buscando pelo falecido. Ele conta as últimas palavras do homem mas falha em conseguir ganhar a confiança da recém conhecida mulher. Os dois estavam sendo observados de perto e não demora muito para que os malfeitores comecem a dar as caras.

O Espírito-Que-Anda troca socos com um Zumbi em O Fantasma O Espírito de Nat Turner de Claes Reimerthi e Kari Leppänen

A trama de Claes Reimerthi tem muitas reviravoltas. No começo ela é movida pela busca por “Glória Scott” e após o mistério ser sanado ela passa a ser movida pelo grande plano dos malfeitores – que envolve magia e muita violência.

No começo vemos o Espírito-Que-Anda sofrer com a entrada desse elemento na narrativa, mas com a ajuda de Marie Laveau, a Rainha Vodu de New Orleans (um dos personagens reais que dá as caras na trama), ele consegue nivelar o jogo.

A obra segue se desenrolando com muitas referências a eventos reais, ação e várias mudanças de rumo que acabam ocorrendo conforme o protagonista vai desvendando o plano dos conspiradores.

Essa história tem muitos pontos positivos na minha visão. Ela não poupa o leitor de detalhes históricos do momento turbulento que os EUA enfretava, tudo em prol de contexto, e faz questão de esfregar a crueldade da escravidão na nossa cara.

As decisões equivocadas tomadas em tribunais, a dureza do trabalho nos campos de algodão, o tratamento desumano que era dado aos escravos e o apego que alguns tinham a esse sistema. Tudo isso faz a narrativa ficar pesada e densa e mais do que nunca nos pegamos torcendo pelo sucesso do Fantasma!

Além de toda a ambientação, é preciso elogiar a inventividade do plano sugerido pelos conspiradores escravagistas. Apesar deles não terem muita personalidade nem serem muito marcantes enquanto vilões, é importante destacar que o plano é muito pensado.

Por mais que envolva magia, o sucesso dele está totalmente ligado a um sentimento humano muito comum: o desejo de vingança. Não darei spoilers, mas uma história nessa época e com esse contexto merecia mesmo um plot que estivesse ligado a manipulação das emoções dos seres humanos. Excelente jogada dos autores!

O Fantasma O Espírito de Nat Turner de Claes Reimerthi e Kari Leppänen (4)

A última etapa do plano dos conspiradores é revelada na HQ O Fantasma O Espírito de Nat Turner de Claes Reimerthi e Kari Leppänen

A inserção do elemento magia na história é bem explicada e acaba dando um ar diferente a narrativa. Confesso que tendo a “desconfiar” quando inserem esse tipo de recurso nas HQs do Fantasma mas nesse caso funcionou bem e está ligado a um elemento cultural da Louisiana: o Vodu. O recurso acaba servindo para dar mais tensão nos momentos de ação e criar perigos reais para o protagonista.

Mas nem tudo são flores. Senti falta de mais desenvolvimento para os vilões e outros coadjuvantes que cruzam o caminho do Espírito-Que-Anda. A narrativa é tão densa, ágil e tem tanto a dizer que a sensação é que faltou espaço para que outros pudessem brilhar e se desenvolver mais. Isso não tira o mérito da obra (nem de perto) mas fica aquela sensação de que 10-12 páginas a mais teriam feito a diferença.

No mais, tudo funciona: o ritmo, a arte de Kari Leppänen (que divide o crédito pela primeira edição da história com Alex Saviuk), as cenas de ação e a construção da atuação do Fantasma nesse ambiente – que é retratado como um herói humano capaz de falhar e calcular mal seus próximos passos.

A HQ O Fantasma O Espírito de Nat Turner de Claes Reimerthi e Kari Leppänen é uma ótima pedida para os fãs do Espírito-Que-Anda que querem ler algo diferente do herói. Todos os elementos canônicos e consagrados estão presentes e são muito bem utilizados. É muito bom ver uma história recente do herói (de 2016) que é capaz de retratá-lo de forma convincente em um modelo de narrativa mais amigável para novos leitores. Se eu quisesse apresentar o Fantasma para gerações mais novas, certamente usaria essa e outras histórias da publicação sueca Fantomen.

Uma ótima leitura que tem elementos narrativos atuais sem perder aquele “ar clássico” das memoráveis histórias do Fantasma!

Quer conhecer outras histórias do Fantasma? Confira nossos reviews: 

O Fantasma por Jim Aparo (1969-1970) 

Fantasma: Os Piratas Singh (1936)

Fantasma: A Saga Piratas do Céu (1936)

O Fantasma O Tesouro do Fantasma de Lee Falk e Ray Moore (1941)

Ultimato do Bacon

Avaliação: Ótimo!

Compre O Fantasma O Espírito de Nat Turner Clicando na Capa Abaixo:

O Fantasma O Espírito de Nat Turner de Claes Reimerthi e Kari Leppänen 6 Comprar

O Fantasma O Espírito de Nat Turner de Claes Reimerthi e Kari Leppänen 8 Comprar

O Fantasma O Espírito de Nat Turner de Claes Reimerthi e Kari Leppänen x Comprar


Créditos:
Texto: Lucas Souza 
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!

Ultimato do Bacon YouTube

 


 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Imagem de divulga de Eight Billion Souls de Eduardo Lira

Eight Billion Souls de Eduardo Lira – Playlist

27 de Ago de 2020

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade