A Muralha da Fonte é um dos maiores mistérios do Universo DC e surgiu durante a aclamada saga do Quarto Mundo de Jack Kirby. O lendário autor, conhecido principalmente por seus trabalhos na Marvel Comics, criou conceitos e personagens amplamente conhecidos e trabalhados na Editora das Lendas como Nova Gênese, Apokolips, Etrigan e outros. Porém a história da Muralha da Fonte e sua natureza nunca haviam sido totalmente explicados – até agora.

Na revista Justice League #22 de 2019 (publicada pela Panini Comics em Liga da Justiça #13 em 2020) o autor James Tynion IV avança um pouco mais na história do objeto que era considerado, até então, a fronteira final do Universo DC. Vale lembrar que Scott Snyder abre um buraco na Muralha da Fonte na saga Liga da Justiça: Sem Justiça (2018) – publicada no Brasil em Liga da Justiça #22 – #23 de 2019. Esse é o grande tema central da run do autor e é onde essa história se encaixa!

 

Conheça a história da Muralha da Fonte da DC Comics! 1
O Forjador de Mundos e o Monitor conversam na HQ que mostra a criação da Muralha da Fonte da DC Comics

 

A história mostra a criação da Muralha da Fonte através de um flashback. Perpétua, a criadora do multiverso, começa a relembrar o momento no qual criou seus três filhos: Alpheus (o Forjador de Mundos), Mar Novu (o Monitor), e Mobius (O Antimonitor). Vale lembrar que o Forjador de Mundos é um dos arquitetos do Multiverso das Sombras – o tema central da saga Noites de Trevas Metal (conheça a saga clicando aqui).

Perpétua entendia que cada um dos seus filhos teria um papel a desempenhar no Multiverso e que eles trariam equilíbrio ao mesmo. É uma pergunta de Mar Novu que desencadeia o problema: “Compreendo meu propósito, mas já não realizou o seu ao nos criar?”

Mar Novu estava certo e Perpétua começa a se preparar para enfrentar um poder superior e sobreviver a ele, criando uma raça de guerreiros virtualmente invencíveis. O Monitor observa que nos Multiversos vizinhos não existe nenhuma figura igual ou tão poderosa quanto sua mãe – o que sugere que de fato o objetivo da personagem foi cumprido com a criação do Multiverso e que ela deveria desaparecer. A ânsia de viver de Perpétua é o grande ponto de partida da Muralha da Fonte.

 

Conheça a história da Muralha da Fonte da DC Comics! 2
Perpétua é a grande ameaça mantida afastada pela Muralha da Fonte na DC Comics

 

Ciente dos planos de Perpétua, o Monitor recorre a seus irmãos para deter sua mãe e seu recém formado exército. O personagem começa a enviar sinais sintonizados à frequência de todos os multiversos, tentando encontrar os misteriosos “Juízes da Fonte” – os responsáveis pelo julgamento cósmico e únicos seres com poder suficiente para subjugar a vilã. Vale ressaltar que a sobrevivência dela colocava em risco todo o Multiverso.

Enquanto os três irmãos apelam para uma força superior, Perpétua e seu exército descobrem o plano e invadem o local onde eles estavam reunidos. Durante a luta o sinal é recebido pelos “Juízes da Fonte” que aparecem em forma de ave para punir a personagem, obrigando-a a ver o Multiverso crescer sem interferir. A prisão? Uma muralha que aprisiona e contém todo poder da entidade cósmica que criou o Multiverso. A ave ainda comenta que no fim de tudo ela irá enfrentar o julgamento da Fonte…

 

Conheça a história da Muralha da Fonte da DC Comics! 3
Antimonitor, Monitor e Forjador de Mundos cercados pelo exército de Perpétua na história de origem da Muralha da Fonte da DC Comics

 

A história ainda mostra que a criação da Muralha da Fonte, a prisão de Perpétua, faz com que o Antimonitor perca sua função – que deveria ser impedir que seres de outros Multiversos invadissem esses domínios, protegendo as fronteiras da criação. As juras de vingança que ele faz para seu irmão Mar Novu, o Monitor, parecem dar sentido a saga Crise nas Infinitas Terras (Crisis on Infinite Earths, 1986) adicionando uma motivação extra para os atos do personagem.

James Tynion IV e Scott Snyder são extremamente bem-sucedidos em fazer algo que nunca havia sido feito de verdade no Universo DC: explicar o que temos depois da Muralha da Fonte e como a mesma surgiu! Mais um ponto para os autores que viraram a parte cósmica da DC de cabeça para baixo e têm explorado a mesma da forma que ela merece! Mesmo para aqueles que não estão acompanhando a fase de Snyder a leitura é válida, já que ela mexe com as fundações da DC Comics!

 

 

 


Créditos:

Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Alexandre Baptista
 

 

Fique ligado no Ultimato do Bacon para mais conteúdos sobre Quadrinhos, Livros, TV, Streaming, Cinema, Música e muito mais!