Gideon Falls é a prova máxima da versatilidade de Jeff Lemire. O autor, que é responsável por séries de sucesso como Arqueiro Verde, Black Hammer: Era da Destruição e O Soldador Subaquático, mostra de vez porque é um dos mais produtivos e relevantes escritores da atualidade.

É difícil vermos boas séries de terror e Lemire não decepciona, entregando uma HQ que desperta curiosidade e pavor ao mesmo tempo no leitor.

Gideon Falls teve seus volumes lançados no Brasil quase que simultaneamente aos EUA pela Editora Mino – vale lembrar que lá fora o encadernado da HQ só sai após as edições saírem em formato individual. A série começou a ser publicada em 2018 e conta com três encadernados até o momento, todos publicados no Brasil.

Gideon Falls: A HQ de terror de Jeff Lemire 1

A história de Lemire ganha ares ainda mais assustadores no traço de Andrea Sorrentino.

Gideon Falls é o nome da cidade onde toda a trama de Jeff Lemire se passa. A história acompanha dois personagens distintos que – aparentemente – não possuem nenhuma relação direta: um padre e um garoto órfão com obsessão por lixo e por um tal “celeiro negro”.

A trama se desenvolve ao redor desses dois personagens até que, obviamente, a história se cruza. Mas acontece muita coisa até isso acontecer.

Ambos os personagens não estão onde acham que deveriam e muito menos onde gostariam. O padre é mandado para a pequena cidade do interior pelo bispo da igreja contra a sua vontade (o passado do padre e a construção do personagem são um show à parte); a vida do adolescente obsessivo é um eterno “entra e sai” de instituições mentais.

O objeto amaldiçoado, o tal Celeiro Negro, começa a se fazer presente na história aos poucos e só se revela de verdade depois de estarmos MUITO envolvidos com os personagens.

O cuidado que Lemire tem em nos envolver emocionalmente com eles, seja por afeto ou por asco, torna a leitura muito mais atrativa. O grande problema de filmes (e livros) de terror é justamente esse: eu preciso me importar com os personagens antes de vê-los em perigo. E isso o escritor faz com maestria!

Gideon Falls: A HQ de terror de Jeff Lemire 2

O órfão atormentado pelo Celeiro Negro é um dos protagonistas de Gideon Falls da Image.

Gideon Falls é um terror inteligente que me lembra muito a série Dark (2017 – atual) da Netflix: é bem pensada e desafiadora sem ser arrogante e impossível de acompanhar. Não é aquele tipo de obra que fingimos que entendemos para não passar vergonha.

Lemire ainda é hábil em mudar os rumos da história ao mesmo tempo em que nos fornece informações “com conta-gotas” – e tudo isso sem enrolar e perder o ritmo de desenvolvimento.

Os coadjuvantes, como a Dra. Xu e a Xerife Miller, são muito bem pensadas e ninguém está na história por acaso. Cada detalhe e cada balão ajudam o leitor a entender o mistério do Celeiro Negro.

O mais interessante nas escolhas de Jeff Lemire para a série é que mesmo tendo um artista do calibre de Andrea Sorrentino (que na minha visão se encaixa muito mais no terror do que em uma HQ de super-heróis) ele opta por não apelar para a violência gratuita e gráfica como aspecto principal.

Óbvio que Sorrentino tem seus momentos de brilhar (o design do “ser sorridente do escuro” é bem impressionante e assustador) mas o terror em Gideon Falls é muito mais psicológico e baseado em suspense do que sanguinolento.

Gideon Falls: A HQ de terror de Jeff Lemire 3

Um dos assustadores desenhos de Sorrentino em Gideon Falls da Image Comics.

Gideon Falls é terror inteligente em sua mais pura forma: o susto e o choque ainda estão ali, mas a construção dos personagens e da narrativa é o que impulsiona o medo na HQ de Jeff Lemire e Andrea Sorrentino.

Encontrar boas obras de terror, seja no cinema ou nos livros, é um desafio gigante. É muito bom quando nos deparamos com uma série bem desenvolvida e que nos envolve de verdade! Se alguém te falar que tem dúvidas do talento de Lemire, adicione Gideon Falls à lista de obras que provam que ele é um dos grandes roteiristas da atualidade!

Fãs de terror, uma dica: não percam Gideon Falls.

 


Créditos:

Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Alexandre Baptista

Fique ligado no Ultimato do Bacon para mais conteúdos sobre Quadrinhos, Livros, TV, Streaming, Cinema, Música e muito mais!