Ultimato do Bacon

Dylan Dog Mater Morbi de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale – O Ultimato

Em 30 de Out de 2023 3 minutos de leitura

O ano era 2009 e uma das histórias mais icônicas do Investigador do Pesadelo estava chegando. Uma ameaça assustadora que mexeu profundamente com o protagonista e entregou uma jornada de medo e terror com cenas marcantes e aquela sensação de claustrofobia que só as histórias mais tensas conseguem entregar. Isso é Dylan Dog Mater Morbi de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale. 

A obra de Roberto Recchioni introduz uma vilã que é a mãe de todas as doenças. A personagem parece querer levar Dylan de qualquer jeito e suas aparições são assustadoras – apesar do visual de femme fatale que ela possui. Os diálogos impressionam pela sagacidade do autor e pelas reflexões que eles propõem. O impacto foi tanto que a história foi debatida até na grande mídia italiana.

Dylan Dog Mater Morbi de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale chegou ao Brasil pela primeira vez em 2017 pelas mãos da editora Lorentz. Ela foi republicada pela Mythos Editora em 2021 em um formato de luxo com capa dura. A história conta com aproximadamente 100 páginas.

Uma assustadora entidade confronta Dylan Dog na HQ Dylan Dog Mater Morbi de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale

Vale dizer que minha experiência com Dylan Dog Mater Morbi foi diferente. Tive o prazer de ler primeiro a sua aclamada continuação – Dylan Dog Mater Dolorosa de Roberto Recchioni e Gigi Cavenago. A trama foi tão magnética e a figura da entidade que confronta Dylan tão fascinante que me senti compelido a buscar o começo dessa jornada. É válido dizer que as duas edições até dialogam entre si mas acabam funcionando muito bem como leituras separadas. 

Em comparação com sua predecessora, Dylan Dog Mater Morbi parece mais autocontida e parece não fazer tanta questão de trazer outros elementos do universo do investigador para dentro da história – ótimo para leitores iniciantes como eu. Mesmo que você não conheça o personagem e seu universo, a trama cumpre a função dela de assustar e entreter!

A Trama da HQ  Dylan Dog Mater Morbi de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale

A proposta de Roberto Recchioni  parece simples em um primeiro olhar: uma doença súbita acomete nosso protagonista que – de maneira quase inexplicável – começa a lutar por sua vida. A doença é tão avassaladora que rapidamente Dylan se vê acamado e é nesse ponto que as coisas tomam um rumo muito sobrenatural.

Dylan Dog Mater Morbi de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale (3)

O protagonista mergulha em um mundo assustador na HQ Dylan Dog Mater Morbi de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale

Após ser acamado, Dylan se vê “perdido” em um mundo assustador que é recheado de pesadelos – e o maior deles é a chamada mãe das doenças: Mater Morbi. Mergulhado nesse mundo, Dylan conhece o jovem Vincent, um menino que passa sua curta vida entrando e saindo de hospitais por conta de uma doença que parece incurável. O garoto de 15 anos se anima ao reconhecer nosso protagonista e tem a esperança de sua intervenção ser capaz de salvá-lo do domínio da entidade.

A trama em si pode parecer simples mas são os diálogos que a transformam em algo realmente marcante. Debates sobre o limite da medicina, o papel das doenças e o sofrimento dos enfermos são construídos de forma inteligente e são realmente capazes de gerar uma reflexão profunda.

Em uma dada passagem Dylan diz para a antagonista que ela é pior do que a Guerra ou a Morte – não vou replicar o diálogo todo aqui para não estragar a surpresa mas vale dizer que é uma passagem que ecoa na cabeça de quem lê. Isso é só para ilustrar a força dos diálogos nessa HQ!

Dica para o leitor: se você é fã da maior editora da Itália, confira nossa matéria Além de Tex: Séries e HQs da Bonelli que Você Precisa Conhecer!

Dylan Dog Mater Morbi de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale (2)

Vincent aparece para o protagonista na HQ Dylan Dog Mater Morbi de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale

A arte de Massimo Carnevale funciona muito bem e ele consegue dar à obra um ar claustrofóbico que nos acompanha do começo ao fim. A ambientação assustadora do hospital também ajuda a dar o tom da narrativa. Mas o grande acerto mesmo é na representação da vilã que tem um visual assustador que mistura elementos de uma femme fatale com uma vestimenta sadomasoquista. Uma escolha ousada que só funciona para gerar medo pela forma como ela se apresenta em cada aparição: sempre ameaçadora, enigmática e meio “misteriosa demais” (mas não de um jeito sexy). 

Dylan Dog Mater Morbi de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale é uma HQ que consegue acertar em todos os elementos de horror que se propõe a utilizar e todos eles contribuem para a narrativa de forma relevante – das paredes do hospital aos diálogos com a entidade e passando pelos elementos gráficos de representação da doença de Dylan: tudo é importante. 

Uma leitura que vai agradar em cheio os fãs de histórias de terror inteligentes!

Fã de histórias de arrepiar? Confira nossa lista de Melhores HQs, Mangás, Filmes e Games de Terror

Avaliação: Excelente!

Compre Dylan Dog Mater Morbi de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale Clicando na Capa Abaixo:

Dylan Dog Mater Morbi de Roberto Recchioni e Massimo Carnevale Comprar


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!

Ultimato do Bacon YouTube

 


 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Imagem de divulga de Eight Billion Souls de Eduardo Lira

Eight Billion Souls de Eduardo Lira – Playlist

27 de Ago de 2020

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade