Ultimato do Bacon

Conheça Rooster Fighter de Syu Sakuratani

Em 11 de Out de 2021 3 minutos de leitura
Conheça Rooster Fighter de Syu Sakuratani

Está preparado para mergulhar em um conto bizarro onde um improvável e super-poderoso galo é o grande salvador do mundo? Se você respondeu sim para essa pergunta, Rooster Fighter de Syu Sakuratani é um mangá que você precisa conhecer! Poucas vezes vi algo tão inusitado e que funciona tão bem (é sério).

O mangá de Syu Sakuratani dá uma outra definição para a palavra inusitado e está inclusive na nossa lista de Mangás Inusitados e Bizarros que Você Precisa Conhecer! Rooster Fighter começou a ser publicado no Brasil pela Panini Comics em 2021 e no Japão o mangá conta com apenas 1 edição publicada.

Um galo pronto para o combate em cima de uma tartaruga? Sim, temos isso em Rooster Fighter de Syu Sakuratani

A trama de Rooster Fighter de Syu Sakuratani

O mundo está em perigo por conta de misteriosos monstros (“Kijuu”) que seguem surgindo por todo o planeta. O improvável herói é um galo que – inexplicavelmente – consegue enfrentar os monstros e parece ter uma rixa pessoal com eles (o motivo vai sendo mostrado no decorrer da HQ). Louco né? 

Kenji, nosso galo herói, seria um personagem “esquecível” se não fosse um galo e se não tivesse uma personalidade tão divertida. Rooster Fighter é um típico mangá de luta onde temos um protagonista quase invencível, o que faz a execução de Syu Sakuratani memorável é o fato de conseguir dar explicação (em determinada medida) para os absurdos que vemos na obra. A aparição dos monstros tem explicação, a força do galo e sua rixa com os monstros também é abordada e vemos no último capítulo da 1ª edição que começa a se formar um núcleo de coadjuvantes. 

Kenji salva um menino da morte no mangá Rooster Fighter de Syu Sakuratani

O galo protagonista do mangá é extremamente divertido e magnético. Vemos o personagem em situações diversas e são esses momentos que nos fazem ter empatia com o protagonista. Vemos o galo tendo relações com uma galinha (em um momento hilário), se alimentando e tendo reações de prazer com a comida (em situações que lembram muito food wars), dizendo que detesta crianças e arrumando confusão com uma tartaruga marinha.  São esses momentos descontraídos que fazem o mangá valer a pena! 

As lutas do mangá são, propositalmente, caricatas e o que vemos é um galo lançando variações de golpes de obras famosas como Dragon Ball. A autora ainda consegue dar algum sentimento às lutas que causam destruição e sofrimento aos que estão perto. O clima até pesa em alguns momentos mas o tom de drama é rapidamente abandonado e nos vemos de volta em situações divertidas e cômicas.

Kenji impressiona com suas técnicas de luta no mangá Rooster Fighter de Syu Sakuratani

Rooster Fighter de Syu Sakuratani é um mangá que funciona muito bem se você encarar ele como uma espécie de sátira ao gênero de mangás de luta. Todas as situações clichês e poses icônicas aparecem e o tom de comédia/drama também ajuda a termos a sensação de que estamos vendo uma obra que poderia ter seu protagonista substituído facilmente por Seiya, Goku ou Yusuke. Apesar da pegada satírica, é importante dizer que Sakuratani é extremamente hábil em criar situações engraçadas e que tem muita relação com o fato de o protagonista ser um galo – um bom exemplo é quando oferecem um frango frito para o herói.

Diversão descompromissada e situações absurdamente bizarras vão arrancar risadas do leitor que mergulhar em Rooster Fighter. Minha opinião? Uma leitura que vale muito a pena!

Compre Rooster Fighter clicando na capa abaixo! 


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: João Maia

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB! 


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade