Por Lucas Souza

Chegou às bancas brasileiras a edição #3 da revista “Superman” da Panini Comics. A edição compila o final da minissérie em seis partes “Man of Steel” de Brian Michael Bendis em seu primeiro trabalho na DC Comics. A edição ainda pavimenta o começo da jornada do autor no comando do personagem.

Ao final de “Man of Steel” de Bendis já podemos ver algumas mudanças que o autor preparou para o Homem de Aço – e elas são significativas! Abaixo listamos as principais delas e acreditamos que elas vão ser centrais na trama que se desenrolará nas mensais do personagem. CUIDADO, SPOILERS ABAIXO

 

1- A Cueca está de volta!

 

Superman #3 da Panini traz Mudanças para o Homem de Aço 1

Alegrando ou não os fãs, Bendis promove a volta da icônica cueca do Superman!

 

Ao ler a minissérie que dá início a fase de Bendis comandando o Superman, muitas pessoas podem ter estranhado a volta da icônica “cueca por cima da calça” que vinha aposentada desde a iniciativa dos “Novos 52”. Para promover o retorno do visual, Bendis faz com que o personagem dê o traje para sua esposa Lois Lane (o traje se adapta ao corpo do usuário) que vai partir em uma viagem intergaláctica.

 

2- Superman Isolado de sua Família

 

Superman #3 da Panini traz Mudanças para o Homem de Aço 2

Lois Lane e Jon Kent embarcam em uma viagem com Jor-El!

 

O pai Kryptoniano do Superman (você sabia que ele estava vivo, certo?) aparece na casa do personagem para levar seu neto para um passeio pela galáxia. A ideia é dar uma nova perspectiva ao garoto que se sente deslocado desde os eventos de “SuperFilhos do Amanhã” onde ele sabe de problemas que ele poderia causar em um futuro alternativo – na mesma HQ ele ainda é recusado pelos “Jovens Titãs”. Vendo a vontade do garoto de ver as coisas de uma forma diferente, Lois Lane decide acompanhar seu filho pela “diferente” viagem de família. O recurso serve para isolar o Homem de Aço de sua família – e ele fica 100% isolado após ter o comunicador quebrado em confronto com o vilão Rogol Zaar!

 

3- O fim de Kandor

 

Superman #3 da Panini traz Mudanças para o Homem de Aço 3

Superman e Supergirl homenageiam os mortos de Kandor em HQ de Brian Michael Bendis

 

Trazer a cidade engarrafada de Kandor de volta a vida sempre foi um dos grandes sonhos do Homem de Aço. Já vimos esse sonho virar pesadelo na saga “Novo Krypton” (saiba mais clicando aqui) mas o fato é que no universo pós Novos 52 os Kryptonianos de Kandor continuavam engarrafados. O novo vilão de Bendis, Rogol Zaar, dá um fim definitivo a cidade (se é que algo é definitivo nos quadrinhos) destruindo todos os seus moradores. Um duro golpe para o Homem de Aço e sua prima.

 

4- Krypton realmente explodiu?

 

Superman #3 da Panini traz Mudanças para o Homem de Aço 4

Seria o novo vilão de Bendis o responsável pela destruição de Krypton?

 

O Renascimento tem mexido bastante com a mitologia do Superman. Após a revelação de que Jor-El estava vivo (fato esse ainda não explicado), ficamos sabendo na minissérie de Bendis que Krypton pode ter sido destruído por Rogol Zaar – que nutre um ódio descomunal pela raça que habitava o planeta. Enquanto esse mistério permanece no ar, ainda não sabemos se essa história é verdade e o que motiva o vilão a detestar tanto assim os Kryptonianos.

 

5- A partida da Supergirl

 

Superman #3 da Panini traz Mudanças para o Homem de Aço 5

Supergirl confronta o misterioso Rogol Zaar em nova HQ de Bendis

 

Após a queda de Kandor pelas mãos do misterioso Rogol Zaar na minissérie “Man of Steel” de Bendis, Supergirl aprisiona o vilão na Zona Fantasma e decide sair da Terra para procurar pistas que possam revelar quem é o novo personagem e suas motivações – mais uma partida na SuperFamília que deixa o Homem de Aço ainda mais isolado!

 

6- Incêndios são um trabalho para o Homem de Aço?

 

Superman #3 da Panini traz Mudanças para o Homem de Aço 6

Incêndios recorrentes em Metrópolis são um gancho que Bendis irá explorar em sua série do Superman

 

Durante as seis edições que compõem a minissérie “Man of Steel” (lançadas no Brasil em “Superman” #1 – #3 de 2019 da Panini) Bendis dá destaque a alguns incêndios recorrentes que acontecem na cidade. A nova chefe dos bombeiros Moore parece interessada em resolver o caso que, até agora, é um mistério. A trama se intensifica no final da edição quando um garotinho conta para Moore que viu o Superman causar os incêndios. Será possível?

Bendis terminou sua primeira minissérie trazendo mudanças relevantes e deixando pistas do que planeja abordar em seu run do Homem de Aço. Resta acompanhar de perto como o autor vai desenvolver suas tramas com Superman, Supergirl e a viagem espacial de Jon. Até agora parece que podemos ficar animados e esperançosos para ler uma boa fase do personagem!

 

Fique ligado no Ultimado do Bacon para mais reviews e matérias sobre HQ´s!

 

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon


 

 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: