Saiba mais sobre a HQ dos Novos 52 que reformulou o personagem, abandonando o nome de Capitão Marvel e assumindo desde então somente o nome de Shazam!

por Alexandre Baptista

Shazam! Com Uma Palavra Mágica... 1

 

Shazam! estreia nesta quinta (leia nossa crítica aqui), 04 de abril nos cinemas e, depois da resenha sobre a origem de Jerry Ordway para o personagem nos anos 90, vamos falar hoje da origem mais recente, publicada em Shazam! Com Uma Palavra Mágica… (With One Magic Word Shazam!, 2012) pela Panini em 2015 numa edição capa dura.

Escrita pelo produtor executivo do longa, Geoff Johns e desenhada por Gary Frank, ela altera elementos importantes das outras versões de origem do personagem e mantém outros, talvez mais “intocáveis” e é a grande base do roteiro realizado para o filme. Portanto, se você não quer spoilers do filme, leia essa matéria depois de conferir o longa.

A história se passa na Filadélfia (em vez da Fawcett City dos anos 90), posicionando o herói em uma cidade real com que os leitores possam se relacionar melhor. A homenagem à editora original do personagem fica a cargo do Colégio Fawcett, local onde Billy e seus irmãos adotivos estudam.

Nessa versão de 2012, Billy Batson é um jovem órfão de 15 anos que “pula” de lar em lar adotivo sem nunca se adequar a nenhum: pedante, independente e desconfiado de outras pessoas, Billy é um verdadeiro arruaceiro. Mas em seu interior ele esconde alguém que se preocupa com as outras pessoas e que se tornou distante somente por “apanhar demais da vida”.

Em um novo lar, Billy conhece seus irmãos adotivos: Darla, Mary, Eugene, Pedro e Freddy Freeman, que insiste em não deixar Billy em paz, numa tentativa de convencer o garoto de que finalmente encontrou um lar. Um  detalhe: nessa origem, Mary não é irmã consanguínea de Billy como nas versões anteriores.

Billy se comporta da pior maneira possível, tentando afastar as pessoas e, quando Eugene é confrontado pelos irmãos Byers, típicos bullies cheios da grana, os irmãos adotivos se unem para defende-lo e Freeman acaba sendo o alvo dos Byers. Billy sem pensar contra-ataca, defendendo os irmãos (ainda sem aceita-los como tal) até que a situação escalona com a chegada do pai dos Byers e do Sr. Vasquez, pai adotivo de Batson.

Após idas e vindas entre as ameaças do poderoso Byers, a rebeldia de Billy e sua família adotiva, uma tentativa frustrada de vingança de Billy e Freddy força o primeiro a fugir pelo metrô, onde acaba indo parar na caverna do Mago Shazam.

Paralelamente a tudo isso temos o arco do Dr. Thaddeus Silvana, que conduz uma pesquisa extensa acerca de relatos de diversas pessoas e supostos encontros com o Mago Shazam. Suas pesquisas levam à mítica tumba de Adão Negro, onde Silvana é atingido por uma descarga elétrica e passa a enxergar a magia e sendo apto a ler a inscrição da entrada da tumba. A inscrição revela o feitiço que abre a tumba, a palavra mágica Shazam!

Ao abrir a tumba, Silvana se vê de frente com Adão Negro que em pouco tempo se convence de que o mundo segue sendo escravizado pelos “faraós” e decide libertar os 7 pecados capitais, visando destruir o mundo para reconstruí-lo de maneira perfeita depois.

Silvana torna-se um hospedeiro para a magia dos pecados e praticamente um lacaio de Adão Negro.

Enquanto isso, o Mago Shazam, pressentindo que Adão Negro foi libertado, testa Billy e vê que ela não é puro de coração. O garoto joga a real ao mago, chamando-o de ingênuo por acreditar que, em um mundo como o nosso, exista alguém puro. Porém a magia de Shazam também revela que Billy possui o bem dentro de si. Sem opção o Mago decide transferir seus poderes a Billy que deve dizer o nome do mago: Shazam! Mas Billy deve acreditar e ter bons pensamentos ao dizer a palavra; do contrário, a magia não funciona. Mais um detalhe: nesta origem não é mencionada a origem dos poderes, que advém da sabedoria de Salomão; a força de Hércules; o vigor de Atlas; o poder de Zeus; a coragem de Aquiles e a velocidade de Mercúrio.

A partir daí, a HQ revela uma série de aventuras de Billy ao lado de Freddy, descobrindo seus poderes, até o inevitável confronto contra Adão Negro. Durante o confronto, Billy descobre a origem de Adão Negro; confronta os sete pecados; revela seu segredo à seus irmãos adotivos e acaba dando poderes a eles, formando assim a Família Shazam.

Evito detalhes da história uma vez que, sendo a base do filme, muitos deles podem estragar a surpresa de quem ainda não leu a HQ ou viu o filme.

O arco é divertido, bem mais atual que sua versão anterior, dá pouco destaque para os pais de Billy, somente citando seus nomes e dizendo que estão mortos e traz Sr. Malhado como um tigre de zoológico que é um elo afetivo do garoto com seu passado.

Em alguns pontos no entanto, o roteiro perde um pouco do ritmo, acelerando partes que poderiam ser melhor desenvolvidas e se demorando em lugares que poderia ser mais direta.

Felizmente, todos os equívocos da HQ parecem ter sido consertados no roteiro do filme, que altera pontualmente essas coisas – desenvolve o que precisa, corta o excesso, dá mais destaque para Silvana e deixa Adão Negro para possíveis continuações.

Vale mencionar que foi a partir desta edição que a DC Comics passou a chamar o personagem de Shazam, abandonando seu nome original, Capitão Marvel, desde então. Mais detalhes sobre o assunto podem ser conferidos em nossa matéria especial em parceria com o Terra 52.

Ainda assim, uma HQ que merece ser conferida, especialmente com toda a evidência que o personagem está tendo no atual momento.

 

Shazam! Com Uma Palavra Mágica... 2

Avaliação: Ótimo

 

 

 

Compre a HQ clicando na imagem abaixo:

 

Shazam! Com Uma Palavra Mágica... 3

 

Sugestão de Leitura adicional:

Shazam! Com Uma Palavra Mágica... 4

 


 

Sobre o filme:

Shazam!

Sinopse: Todos temos um super-herói dentro de nós; só é preciso um pouco de magia para que ele ganhe vida. No caso de Billy Batson (Angel), basta gritar uma palavra – SHAZAM! – para que o jovem malandro de 14 anos se transforme no super-herói adulto Shazam (Levi), cortesia de um antigo mago. Um menino em sua essência – dentro de um corpo sarado, como o de um deus – Shazam se esbalda nesta versão adulta dele mesmo fazendo aquilo que qualquer adolescente faria com superpoderes: divertir-se com eles! Ele é capaz de voar? Tem visão de raio-X? Consegue soltar raios pelas mãos? Pode perder a prova de estudos sociais? Shazam começa a testar os limites de suas habilidades com a despreocupação típica de uma criança. Contudo, ele precisará dominar estes poderes rapidamente para lutar contra as forças do mal controladas pelo Dr. Thaddeus Silvana (Strong).

 
 
 
Shazam! Com Uma Palavra Mágica... 5
 

Trailer 2

Se liga no novo vídeo de SHAZAM!O verdadeiro Capitão Marvel tá chegando!=DSobretweet

Posted by Sobrecapa on Monday, March 4, 2019

 

Teaser

 

Featurette

 

 


 

Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon


 

 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!