Manto e Adaga foram as estrelas de uma série para o canal Freeform. Mas para os desatentos, entre as séries da Netflix como Demolidor e Justiceiro, pode ter passado despercebido que esses heróis são também da casa das ideias. Ainda que a divulgação tenha ajudado a lançar uma luz sobre este fato, isso pouco fez para muitos que não são conhecedores assíduos do universo Marvel, uma vez que Mato e Adaga não tem a participação expressiva de outras equipes da terra 616. Então venha conosco conhecer um pouco mais sobre esta dupla de vigilantes.

Sua primeira aparição foi na revista Peter Parker, o Espetacular Homem Aranha, no número 64 do volume 1 de 1982. Nesta primeira aparição, os dois eram vigilantes impiedosos, caçando e matando criminosos que encontravam pelas ruas de Nova York. Os dois são uma criação de Bill Mantlo (co-criador de Rocket Raccum).

Conheça Manto e Adaga

Tyrone Jonhson (Manto) era um jovem pobre de uma vizinhança de Boston, que resolveu fugir ao testemunhar o assassinato de seu melhor amigo pela polícia ao serem confundidos com assaltantes. Ao chegar a Nova York, sozinho e desesperado, ele considera assaltar uma jovem, entretanto, quando outra pessoa a assalta primeiro, ele acaba socorrendo a moça.

Esta jovem era Tandy Bowen (Adaga), que assim como Ty havia fugido de casa, ainda que sua família fosse rica, ela se sentia deixada de lado, decidindo buscar um novo começo. Após ser ajudada pelo jovem Tyrone, os dois se tornam amigos e passaram a viver nas ruas de Nova York.

Enquanto vagam pela cidade, eles são abordados pelo Dr. Simon Marshall que trabalhava no desenvolvimento de uma nova droga para a Maggia (a mesma droga anos depois através de um retcon foi associada a origem do Mr Negative). Os experimentos a que eles foram submetidos, ativaram seus poderes (que já foram ligados a poderes mutantes latentes, ainda que esta seja alvo de debate, variando conforme o escritor): Ty foi conectado a dimensão negra, um lugar repleto de trevas através do qual ele pode se teletransportar, enquanto Tandy se tornou uma conduíte de luz viva, sendo capaz de dispará-la na forma de adagas.

Os dois então resolvem se tornar vigilantes, assumindo o nome Manto e Adaga, protegendo jovens ingênuos de pessoas como aquelas que os transformaram. Com o passar do tempo, Adaga se tornou menos violenta, e foi capaz de utilizar sua luz para saciar a sede de sangue de Manto, decorrente de sua ligação com a dimensão negra e ao Predador que lá habita. Pelo caminho eles lutaram lado a lado com diversos heróis, entre os quais o Homem Aranha e os Novos Mutantes. Eles chegaram a fazer parte dos X-Men Sombrios de Osborn, durante a era do Reinado Sombrio, vivendo por um tempo entre os mutantes de Utopia.

O primeiro volume de Manto e Adaga foi composto de 4 edições entre o final de 1983 e o começo de 1984. O volume 2 durou 11 edições de 1985 a 1987, o volume 3 durou 19 edições entre 1988 e 1991. O quarto volume foi composto de apenas uma edição em maio de 2010 lidando com as consequências de seu tempo com os X-Men. Não há previsões de novos títulos da dupla até o momento, mas eles marcaram presença durante a saga Império Secreto da Marvel, além de estarem presentes nas últimas temporadas de Ultimate Homem Aranha.

A série Manto e Adaga do canal Freeform contou com duas temporadas e os personagens fizeram uma participação na série Fugitivos. Conheça mais sobre os Fugitivos clicando aqui.


Créditos:

Texto e Edição: João Maia
Imagens: Reprodução

Matéria publicada originalmente em 08 de setembro de 2017. Atualizada em 11 de maio de 2020.

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: