Por Lucas Souza

A Panini Comics publicou recentemente a edição “Os Imortais” da DC Comics. A HQ prometia trazer até nós uma história secreta do Universo da editora onde descobriríamos que uma guerra secreta envolvendo os Imortais da editora. Talvez aí tenhamos tido o primeiro problema de comunicação. Ao começar a ler a história, esperava encontrar personagens famosos da editora como Vandal Savage, Vingador Fantasma e outros. E não é bem isso que acontece….

O encadernado “Os Imortais” da Panini Comics chegou compilando as edições originais americanas “The Immortal Men” #1 – #6. A HQ foi lançada originalmente em 2018.

 

“Os Imortais” da DC chega trazendo uma trama escrita por James Tynion IV

 

Ao começar a ler a edição logo percebemos que James Tynion IV – o excelente autor da primeira fase de  “Detective Comics” pós-Renascimento (saiba mais clicando aqui) – iria trabalhar com personagens 100% originais ou obscuros do Universo DC. Confesso que até esse momento ainda estava bem confiante por ter visto outros grandes trabalhos do autor. Infelizmente a HQ desanda – e rápido.

A trama, extremamente genérica, acompanha o adolescente Caden Park que tem tido sonhos estranhos envolvendo locais secretos para treinamento de pessoas com poderes e um homem misterioso e antigo. Esses sonhos fazem com que o adolescente “apague” em locais públicos e deixam o personagem bem inquieto. Logo descobrimos que ele é peça chave na Guerra entre as cinco casas dos Imortais : Conhecimento, Conquista, Harmonia, Expressão e Ação. Descobrimos também que cinco pessoas que viveram no começo dos tempos ganharam a imortalidade e tem o dom de passar um pouco dessa dádiva a seus discípulos – escolhidos para travar uma guerra secreta entre as casas que tem a intenção de comandar e moldar o futuro da humanidade.

 

Caden Park é auxiliado por Lenha e Recarga em “Os Imortais” da DC Comics

 

Infelizmente a história, que já tem uma premissa no mínimo desnecessária, é extremamente genérica e sua leitura é um verdadeiro desafio. Dizer que uma guerra milenar vem acontecendo no Universo DC entre seres extremamente poderosos que ninguém nunca viu é um pouco “difícil de engolir” – ainda mais quando lembramos que temos atlantes e amazonas vivendo naquele universo. Tudo fica ainda pior quando vemos que a trama é na linha de “adolescente misterioso que ninguém sabe o que faz é o único que pode salvar o mundo”. 

É fácil perceber que James Tynion IV tentou impor um ritmo de ação desenfreada a história, mas nada contribui para que ele consiga entregar um bom trabalho. Os personagens são pouco carismáticos, o conceito de cinco casas (Hogwarts?)  imortais que se enfrentam em segredo é ruim,os visuais são demasiadamente exagerados, as motivações pouco críveis… enfim, uma tragédia do começo ao final.

 

Guerra entre casas imortais é o tema central da HQ “Os Imortais” de James Tynion IV

 

“Os Imortais” possivelmente animou os fãs da DC por parecer que ia abordar personagens queridos e pouco explorados da editora. Infelizmente a série vai por um caminho completamente diferente e gera uma enxurrada de personagens genéricos, esquecíveis e sem carisma em uma trama que fica, a cada página lida, mais difícil de aceitar. Minha recomendação? Passe longe da edição que, ainda bem, não afeta em nada a cronologia e os eventos da Editora das Lendas. Resta acompanhar para ver se algum desses personagens ganha uma série própria onde possa ser desenvolvido de outra forma e se tornar relevante e interessante – apesar da probabilidade parecer ser muito pequena…

Fique ligado no Ultimato do Bacon para mais notícias e reviews sobre HQ´s!

 

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon