Ultimato do Bacon

Os 5 mangás que queremos ver no Brasil

Em 11 de Ago de 2021 4 minutos de leitura
quais os 5 mangás que queremos ver no brasil

Entre Panini, JBC e New Pop, diversos títulos estão dando as caras aqui no Brasil, mas será que as editoras não estão “esquecendo” de obras que já deveriam ter saído? Confira nossa lista com os 5 mangás que queremos ver no Brasil!

Índice

Confira aqui os 5 mangás que queremos ver no Brasil

Dragon Quest: As Aventuras de Dai

Lançado em 1989, baseado na popular série de vídeo games “Dragon Quest”, a série das Aventuras de Dai ficou mais conhecida aqui no Brasil pelo nome dado ao anime de “Fly, o Pequeno Guerreiro”. O mangá foi escrito por Riku Sanjo e ilustrado por Koji Inada. As Aventuras de Dai figura entre as séries mais vendidas da Weekly Shonen Jump, com 47 milhões de copias do tankobon vendidas.

Dai (ou Fly) vive numa ilha de monstros, sendo criado pelo feiticeiro Brass depois que o rei demônio Hadlar foi derrotado e eles decidiram viver em paz. Ao ouvir as histórias do Herói, Dai sonha em se tornar um, e seu sonho acaba se tornando um pesadelo quando Hadlar retorna sob os serviços de Vearn.

Acompanhamos então a jornada de Dai para se tornar um herói, depois de ser brevemente treinado por Avan, o herói original. Ao lado de Dai, ele se alia ao mago em treinamento Popp, a curandeira Maam, a princesa Leona e eventualmente outros, para enfrentar Hadlar e as demais forças do rei das trevas Vearn como o Rei das Feras Crocodine e o comandante dos dragões Baran.

O anime, ainda que cancelado com 46 episódios, foi muito popular aqui no Brasil e a serie teve força o suficiente para receber uma segunda chance em 2020, além de spin-offs em manga, e realmente é um mistério como essa serie não foi lançada aqui ainda.

A história completa tem 37 volumes.

Konjiki no Gash!! (Zatch Bell)

Uma das obras mais aguardadas, Konjiki no Gash é escrito e ilustrado por Makoto Raiku. O anime conta com 150 episódios e não possuí todas as batalhas vistas no mangá, já que o Makoto Raiku teve um problema na mão e o mangá passou um tempo parado. Quando veio ao Brasil, foi exibido pelo Cartoon Network e pela Rede Globo.

Na história, a cada mil anos, cem mamodos são enviados do seu mundo para a terra com o objetivo de decidir quem será o  novo rei mamodo. Eles levam consigo um livro que tem uma escrita parecida com a egípcia,  mas que na verdade são    magias que  vão revelando os poderes ocultos de cada mamodo. Quando despertadas, essas  magias podem ser lidas pelo guardião do mamodo e os efeitos  são ativados.

Com  o tempo, os mamodos vão se enfrentando e dependendo da    vontade do guardião,  junto da quantidade de lutas, o mamodo consegue mais magias e com isso se torna mais forte.  Porém, se o livro for queimado o mamodo volta para o seu mundo e  perde a chance de se tornar rei.

A saga completa tem 33 volumes.

Tate No Yuusha no Nariagari (Rising of the Shield Hero)

Lançado originalmente como uma light novel, esse isekai escrito por Aneko Yusagi eventualmente foi adaptado para um mangá, com história de Aiya Kyu. A história acompanha um herói improvável enquanto ele tenta se ajustar a um mundo completamente.

Naofumi Iwatani é transportado para um mundo fantástico onde ele descobre ser um dos quatro heróis profetizados para salvar o mundo das “incursões”. Porém, enquanto os outros recebem armas de ataque, como uma lança, um arco e uma espada, Naofumi recebe o escudo. Além disso, ninguém do reino parece disposto a ajuda-lo.

Sem ajuda e completamente desacreditado, Naofumi eventualmente começa a desvendar os segredos deste mundo diferente, descobrindo diversos segredos sombrios a respeito do sistema que o escolheu, sobre o reino que o convocou e até mesmo sobre as ondas de monstros que atacam de outra dimensão.

Para ajudá-lo, Naofumi eventualmente encontra a ajuda de uma demi-humana chamada Raphhtalia e uma ave nativa do mundo, uma filorial que ele chama de Filo.

O mangá está em publicação desde 2014 e atualmente conta com 18 volumes.

Cavaleiros do Zodíaco Episódio G Assassino

Lançado desde 2014 a 2019, Ep G Assassino, continuação direta de Ep G, também é produzido por Megumo Okada. Após os eventos narrados no Episódio G, o Cavaleiro de Ouro Shura de Capricórnio é enviado a uma nova missão, pelo oraculo de Atena, para assassinar um ser misterioso localizado no Japão. Ao mesmo tempo Aiolia de Leão é ordenado pelo Grande Mestre a assassinar Shura, pois sua missão não partiu de ordens do Santuário. No entanto, tanto o jovem Shura como Aiolia se depararam com um Japão anos à frente do seu tempo, onde os mesmos já tinham perdido suas vidas na Guerra Santa contra Hades.

O mangá aborda conceitos de viagem no tempo, o que pode tornar a obra no começo um pouco confusa, mas com o passar da leitura, a obra fica bastante interessante.

O Episódio G foi publicado por aqui inicialmente pela Conrad, porém a editora New Pop já confirmou que adquiriu os direitos para um relançamento. Ainda não sabemos o formato, porém, fica a incógnita se este novo licenciamento inclui também a possibilidade de publicação de Episódio G Assassin, e eventualmente Réquiem, a terceira parte dessa história da qual falaremos em outra oportunidade.

A série completa possui 16 volumes

Captain Tsubasa (Super Campeões)

Escrita e ilustrada por Yoichi Takahashi, Captain Tsubasa serviria para promover o futebol no Japão, em um período onde o esporte estava em baixa no país, principalmente pelos resultados da seleção japonesa.

A série é caracterizada por movimentos fantasiosos, porém, mais do que isso, ela trata da relação de amizade, de oponentes que podem se tornar grandes aliados no futuro, e da busca de um sonho, coisas muito presentes no esporte.

O foco da história está nas aventuras de Oliver Tsubasa e tudo o que ele passou até se tornar o capitão da seleção japonesa de futebol.

No Brasil, a série Captain Tsubasa J (a segunda série de anime) foi transmitida na extinta Rede Manchete e posteriormente, Road to 2002 (a terceira) foi exibida pela RedeTV! e pelo Cartoon Network e “Captain Tsubasa” (série mais recente) foi exibida pelo Cartoon Network e está disponível agora no Amazon Prime Vídeo.

Volumes: Série principal 37; Captain Tsubasa World Youth tem18; Captain Tsubasa Road to 2002 tem 15; Captain Tsubasa Golden-23 tem 12 e o atual Captain Tsubasa Rising Sun tem 12 (em andamento);

Só nos resta pedir e torcer. Esses foram os 5 mangás que queremos ver no Brasil, e você ? Comente e nos ajude na próxima lista! Vejam também o nosso Costelinha onde debatemos alguns outros títulso que queremos no Brasil! E falando em listas, confiram também os 16 melhores mangás que já foram lançados no Brasil!


Créditos:
Texto: Breno Raphael, João Maia e André “Brasuka” – @brasuka10 e @comunicafic
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse e João Maia

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade