Um dos encontros mais esperados – e inusitados – dos últimos tempos vai estar disponível na CCXP em box para os interessados. O Maior supergrupo de heróis da DC Comics encontra a turma do bairro do limoeiro criado por Maurício de Sousa.

Faz tempo que o hiper realismo vem aparecendo cada vez mais nas HQ´s. Acentuada pela ascensão dos filmes de heróis , o debate do que é ou não possível e a descaracterização de histórias mais simples e fantasiosas atingiu a todos – A turma da Mônica não foi exceção. A coleção Graphic MSP, que traz personagens famosos da editora com uma ótica mais adulta é um sucesso e trouxe um público que não interagia com a turminha desde a infância de volta para esse universo – mesmo que transformado

Por outro lado a super equipe da DC Comics vem na contramão desse movimento. Atualmente escrita por Scott Snyder em sua HQ mensal, a Liga vem abraçando o absurdo com histórias cada vez mais fantasiosas e grandiosas. Duvida? Leia Noite de Trevas Metal (confira nosso especial sobre AQUI) que antecede a nova fase da Liga.

Mas o que isso tem a ver com o encontro?

Nostalgia é a palavra para os leitores mais velhos. Descobrimento é o sentimento dos leitores mais novos.

Um dos grandes medos ao ver o encontro ser anunciado era termos histórias mais “adultas” que não respeitassem a essência da turminha brasileira e fizesse com que o evento fosse um encontro de nomes famosos e não de conceitos de histórias.

 

O que Esperar de Turma da Mônica e Liga da Justiça 1

 

A expectativa geral é que tenhamos histórias mais na temática da turma (inocentes, engraçadas e – para os mais velhos – nostálgicas) do que histórias com vilões e grandes antagonismos. Como fã e amante das duas editoras, posso colocar minha expectativa como sendo ver a Liga de coadjuvante no ambiente do bairro do limoeiro. Vilões eventuais e a temática super heróica são bem vindas, desde que não se tornem o tema central do encontro (por favor, nada de vilões megalomaníacos e cósmicos!)

As capas das edições já brincam com a nossa expectativa de interação entre os personagens e, confesso, ainda é difícil imaginar o diálogo entre eles. No final, a vontade é termos um encontro descompromissado que renove e reapresente a turma para leitores mais velhos, que como eu, não interagem com aquele universo desde a infância e – quem sabe – o encontro possa ser uma porta de entrada para as crianças conhecerem e vibrarem com os personagens da DC.

Crossover é um termo que remete, imediatamente, a década de 90. Dc x Marvel, Spawn & Batman, Superman e Quarteto Fantástico e tantos outros encontros brincavam com a nossa expectativa ao mesmo tempo que contavam histórias fechadas que apresentavam a essência dos personagens participantes para os leitores. Era benéfico para todos já que servia como porta de entrada para personagens que gostávamos mas que, eventualmente, não tínhamos muito contato. Me parece que o crossover atual parte da mesma premissa e gera um evento de benefício mútuo para editoras e leitores.

Que venham mais encontros inusitados e revigorantes como esse!

 

 

O que Esperar de Turma da Mônica e Liga da Justiça 2

 

 

O que Esperar de Turma da Mônica e Liga da Justiça 3

O que Esperar de Turma da Mônica e Liga da Justiça 4

Para os itens acima, utilize o cupom PIPOCA15 e garanta 15% de desconto a mais

 

Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon