Ultimato do Bacon

Conheça The Few and Cursed: Nação Sombria de Felipe Cagno

Em 25 de Jan de 2022 3 minutos de leitura
The Few and Cursed Nação Sombria 5

Depois de nos apresentar o universo alternativo da Ruiva em The Few and The Cursed: Os Corvos de Mana’Olana (conheça aqui), Felipe Cagno retorna em Nação Sombria para expandir ainda mais esse mundo apocalíptico.

Ao invés do futuro distópico, aqui somos apresentados a uma nova versão do faroeste, uma ainda mais perigosa do que aquelas que estamos acostumados. Em 1840, um fenômeno desapareceu com 90% de toda a agua do planeta, iniciando uma era sombria para a raça humana.

Além disso, a falta de agua e os perigos causados pelo colapso da humanidade (além de sempre podermos contar com a moralidade do pessoal saindo pela janela), não são os únicos perigos enfrentados pelos sobreviventes desse mundo apocalíptico. Como conhecemos na série dos Corvos, existem as perigosas maldições a solta para atormentar ainda mais o cenário desolador.

The Few and Cursed Nação Sombria 4

Ao contrário da nossa destemida caçadora de maldições, Nação Sombria nos leva a um cenário completamente diferente deste novo mundo ao nos apresentar a carteira LaVerne. Sim, você leu certo, nossa protagonista é uma carteira.

LaVerne viaja pelas paisagens devastadas, enfrentando os perigos (tanto sobrenaturais quanto não) para poder entregar cartas que levam um pouco de esperança e boas novas ao povo sofredor, ainda que nem sempre suas missões sejam um sucesso.

Qual é a trama de Nação Sombria de Felipe Cagno?

Entre suas entregas rotineiras, LaVerne acaba recebendo a missão de carregar um misterioso pacote supostamente amaldiçoado. É assim que seu caminho se cruza com o de Alistair Fairweather, um famoso caçador de maldições. Por não conseguir impedir que sua presa contratasse o serviço postal, ainda que contra sua vontade, Alistair se recusa a tomar o pacote e então se prontifica a acompanhar LaVerne na jornada mais perigosa de sua vida.

Aos poucos na jornada da dupla improvável, Alistair vai apresentando o mundo para LaVerne e também para o leitor. Ainda que seja uma viajante, nossa protagonista tem pouca experiência com a perigosa Federação do Texas e sua sangrenta guerra com a Nação Comanche, e como isso gerou o misterioso pacote e porque ele está tão interessado em seu destinatário, e como tudo isso se relaciona com as perigosas maldições.

A caminho do Texas, LaVerne e Alistair descobrem que a travessia que eles pensavam ser perigosíssima na verdade se tornou praticamente impossível. A contragosto do caçador, eles são acompanhados pela medica Harriet Blackwell e pelo ferreiro Marreta. A doutora, referida como Doc é natural do Texas e está tentando voltar para casa, porém, a violência dos combates afetou as fronteiras.

Esse improvável grupo de aliados segue então viagem por uma rota que os deixe ligeiramente mais protegidos dos conflitos humanos, mas diretamente em rota de colisão com o sobrenatural.

Vale a pena ler Nação Sombria?

O roteiro de Cagno não deixam nada a desejar a minissérie da Ruiva e ao Crônicas, trazendo novos personagens e desafios para seu incrível universo de The Few and The Cursed. Se por um lado a busca da Ruiva nos deixava empolgados com cada passo em sua caçada pelos Corvos, aqui também esperamos ansiosos por cada novo passo da viagem, imaginando quais perigos vamos encontrar.

Em termos de personagens, LaVerne é sem dúvidas o grande destaque desse arco. É impressionante como uma personagem muda consiga transmitir tanto com apenas gestos e olhares. Obviamente, muito além do roteiro, essa habilidade é muito graças a arte de Rui Silveira, que constrói brilhantemente essa faceta da personagem, assim como cria cenários incríveis e monstros pavorosos com as cores de Téo Gonzáles.

The Few and Cursed Nação Sombria 1

Um ponto negativo desta breve aventura é o fechamento que deixa a desejar de algumas maneiras, ainda que encerre de maneira interessante alguns pontos da HQ. Com outros anúncios desse universo sendo feito a todo momento, como o arco Ambição Sem Volta e uma nova série focada na Ruiva, resta saber se voltaremos a esses personagens para poder acompanhar os próximos desdobramentos de suas histórias.

Não deixo de conferir nossa matéria especial com As Melhores HQs Brasileiras clicando aqui! Conheça também a Editora Ultimato do Bacon clicando aqui!


Créditos:
Texto: João Pedro Maia
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB! 


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade