Um dos mais polêmicos filmes do ano de 2019, Midsommar – O Mal Não Espera a Noite é mais um longa-metragem que conta com roteiro e direção do excelente Ari Aster (Hereditário).

O filme não apresenta efeitos especiais e visuais impactantes, não possui um elenco estelar e teve um roteiro relativamente baixo de 9 milhões de dólares, mas, mesmo assim, é uma obra cujo impacto causou discussões acaloradas em todo o mundo. Acreditem no que escrevo agora: poucos estão preparados para essa trama incomum (ou quase incomum, algo que explicarei mais à frente) e chocante em diversas passagens.

Porém peço que não se confundam. A trama é impactante de uma forma positiva, capaz de fazer o espectador refletir sobre tudo que está na obra. Pensar sobre o que se vê, sobretudo nos cinemas, é algo pouco presente. Midsommar, entretanto, fará com que o público pense – por longos dias – sobre cada uma das cenas e lições embutidas nele.

Apesar de todos os elogios, tenho certeza de que alguns leitores ainda estão em dúvida sobre a qualidade do longa-metragem, principalmente em função das várias críticas que, infelizmente, não conseguiram enxergar a grandiosidade de uma obra que é aterrorizante e incômoda por vontade própria, uma vez que provocar essas sensações era uma das intenções do diretor/roteirista.

Sendo assim, apresento a vocês os fatores que me levaram a concluir que Midsommar é uma obra que precisa ser vista e compreendida.

.

Midsommar O mal não espera a noite – Dicas de Streaming

..

 .

Vários mundos em um só.

 .

Somos muitos em um único mundo. Somos indivíduos guiados por aprendizados passados por nossa família, pela cultura em que vivemos e por outros incontáveis fatores. São muitas as diferenças entre os povos; diferenças que necessitam – acima de tudo – de respeito.

Midsommar é um longa-metragem que busca mostrar exatamente isso, ainda que de uma forma um tanto quanto brutal. No filme, um grupo de jovens vai até outro país para conhecer uma nova cultura, porém é visível que eles buscavam a diversão em detrimento do conhecimento. Em suma, esse grupo quer apenas curtir o bom e velho turismo.

.

Midsommar O Mal Não Espera a Noite Dicas de Streaming

.

A decisão pelo entretenimento se mostrará, ao longo da narrativa, desastrosa. Como dizem os mais idosos: em Roma, haja como os romanos.

O primeiro ponto pertinente da trama está no destaque para as diferenças culturais e comportamentais entre as várias nações e, mais do que isso, a necessidade da compreensão e respeito por elas.

O segundo ponto está no julgamento prematuro que fazemos com base nas aparências. Ainda que o vilarejo seja um local de aparente paz, onde todos são muito educados, bonitos e beiram o estereótipo da perfeição, vale relembrar que nada é realmente o que aparenta. Há camadas escondidas em todas as pessoas. Alguns indivíduos estão acostumados a “representar” conforme a necessidade pedida pelo contexto em que se enquadra. Logo, aparências tendem a enganar os desavisados ou inocentes.  

.

Da brincadeira ao caos.

.

A história começa com o casal Dani (Florence Pugh) e seu namorado Christian (Jack Reynor). O relacionamento deles tem pequenas conturbações por causa do comportamento de Dani, uma mulher cuja preocupação com a irmã e os pais (que vivem com essa irmã) não a deixam relaxar.

Claro que nada está tão ruim a ponto de não poder piorar mais…

A vida de Dani piora brutalmente quando recebe a notícia das mortes dos pais e da irmã, em uma cena que lembra algumas das vítimas do filme Se7en – os Sete Crimes Capitais.

.

Midsommar O Mal Não Espera a Noite Dicas de Streaming

.

Com a intenção de minimizar essa tragédia na vida da namorada, Christian opta por levá-la em uma viagem com seus amigos. Apesar dos protestos os amigos Mark (Will Poulter) e Josh (William Jackson Harper) que a enxergam como uma barreira para que ele continue a viver livremente, ela é incluída na expedição até um vilarejo na Suécia.

E tudo corre relativamente bem até chegarem ao vilarejo, um local de beleza indiscutível, calma aparente e local de pessoas aparentemente acima do bem e do mal. É quase uma idealização do paraíso, onde homens e mulheres se vestem de branco, entoam cantos e estão em total confraternização.

Tudo está bom demais para ser verdade, certo? A resposta a essa pergunta será descoberta por Christian, Dani e os demais amigos.

.

Culturas diferentes.

.

O grupo de amigos composto por Dani, Christian, Mark e Josh parte para a Suécia acompanhado por Pelle (Vilhelm Blomgren), o sueco que estuda nos Estados Unidos em um regime similar ao intercâmbio. Pelle é o responsável pela apresentação do grupo e ficará como um “guia” dentro do vilarejo. Ele também atua como o elo cultural ao explicar algumas nuances do comportamento de seus amigos e familiares, visto que ele nasceu e foi criado lá. Mas alguns detalhes desse lugar são sombrios, diferentes do que aparentam. Como já disse, nossos olhos tendem a enganar o cérebro e os instintos..

.

Atuações.

.

Não há estrelas de Hollywood capazes de atrair um grande público e transformar o filme em sucesso de bilheteria. Entretanto, Ari Aster foi extremamente inteligente ao se valer da simplicidade para entregar aos seus espectadores uma obra convincente.

Comecemos pela escolha do elenco de apoio que é, majoritariamente, sueco. Isabelle Grill (Maja), Vilhelm Blomgren (Pelle), Julia Ragnarsson (Inga), Anna Åström (Karin), Liv Mjönes (Ulla), Gunnel Fred (Siv), Henrik Norlén (Ulf), Anki Larsson (Irma), Lars Väringer (Steve) são alguns dos nomes que se destacam na trama. Eles levam o público a crer que realmente estão em uma instância sueca e diante de um povo cujo contexto cultural é totalmente diferente daquele que os ocidentais consideram como “normal”.

Mesmo desconhecidos, os atores são competentes e entregam um trabalho à altura da obra.

.

Midsommar O Mal Não Espera a Noite Dicas de Streaming

.

Uso da locação e do figurino na narrativa.

.

A escolha de uma localidade simples, distante da balbúrdia da civilização e com pessoas absolutamente diferentes das que estamos acostumados foi brilhante. Essas diferenças destacam o quanto estamos afastados do resto do mundo e, mais ainda, como não nos preocupamos em conhecer outras realidades e costumes.

A direção conduz o espectador de forma que seja possível compreender que a localidade é diferente por escolha própria. A comunidade vive nos tempos modernos, porém refuta qualquer avanço em função da manutenção das tradições. A vestimenta igual para todos serve para que haja o mínimo possível de discriminação entre eles, ainda que uma hierarquia seja visível.

.

Midsommar O Mal Não Espera a Noite Dicas de Streaming

.

O vilarejo onde acontece o festival de Midsommar é quase uma aldeia, construída de forma rústica com madeira, palha e artefatos mais rudimentares. Há uma nítida distribuição de tarefas e responsabilidades, além de deveres inerentes aos vários grupos. A religião, aliás, é um ponto unânime entre os habitantes. Eles estão ligados por meio da fé e são irredutíveis quanto ao poder e influência desta.

.

O Homem de Palha.

.

Midsommar O Mal Não Espera a Noite Dicas de Streaming

.

É bom esclarecer que Midsommar é diretamente inspirado no clássico de 1973, O Homem de Palha (The Wicker Man). O filme conta com um bom elenco e tem como destaque a participação de Christopher Lee (o Saruman na trilogia O Senhor dos Anéis). O longa-metragem é considerado o pai dos filmes cuja temática incluem o paganismo e rituais.

Para não fornecer spoilers, basta dizer que o final da trama é quase idêntico nos dois filmes. Também deixo claro que é pertinente assistir ao longa de 1973, principalmente por sua importância histórica.

.

.

Simbologia.

.

A verdade por trás da trama está explícita (mas não tão perceptível) em todo o filme. Ari Aster e sua equipe criativa espalharam “dicas” sobre o que seria o desenrolar da trama por meio de pinturas rústicas que detalham o que já aconteceu e o provável futuro de Dani e seus amigos. São cenas que remetem aos trabalhos da Idade Média, extremamente coloridos e que enganam o espectador justamente por causa dessa profusão de cores.

Por trás da aparente alegria colorida há uma “profecia” de dor, perda, morte e renascimento.

.

Midsommar O Mal Não Espera a Noite Dicas de Streaming

.

O respeito pela vida.

.

Esse é um contundente e controverso ponto da obra. Há mortes que aparentarão serem injustificadas diante do espectador mais sensível. Em defesa da pertinência dessas cenas violentas, esclareço que o diretor optou por chocar para conscientizar uma parcela das pessoas que creem na vida ainda que esta beire a miséria. O que parece cruel é, na verdade, uma ode à vida íntegra, produtiva e saudável. Verdade seja dita, a maioria das pessoas do mundo chega à velhice com tantos problemas que, literalmente, mal vive e vive mal.

Logo, o que pode aparentar brutalidade é, de certa forma, coerente, mesmo que incomum e violento. O roteiro de Ari Aster brinda à vida em várias ocasiões, mas é vital lembrar que a morte é uma das certezas da vida.

.

Nem tudo que é belo aparenta sê-lo.

.

Rubi é um dos mais importantes homens de Haarga. Ele não é belo. Rubi Radr (Levente Puczkó-Smith) é um dos guardiões das revelações divinas, um homem deformado (bem parecido com o corcunda de 300) e que detém um poder muito maior do que sua aparência frágil e monstruosa pode indicar.

Ele representa a devoção à beira do fanatismo dos aldeões. As tradições e divindades são dignas de respeito e atenção. Compreendê-las é parte da educação de cada membro de Haarga.

Desta forma, assim como Rubi é praticamente idolatrado e obedecido por todos, mesmo tendo sua aparência feia e repugnante, também acatam as “ordens” divinas que podem levar à morte e sofrimento. A beleza não está na aparência, e sim na essência. Ações, palavras e aparências podem chocar o visitante incauto, porém não impactam aqueles que nasceram e cresceram sob a tutela de uma educação rígida, diferente e letal, cujas doutrinas levam seus seguidores à felicidade.

.

Midsommar O Mal Não Espera a Noite Dicas de Streaming

.

Conclusão.

.

Ao contrário de muitas opiniões que vociferam seu repúdio à obra, interpreto Midsommar como um filme a ser compreendido, visto e revisto. Sua crítica social é forte, tal qual seu uso de linguagens impactantes que terão o efeito desejado sobre os espectadores.

Ari Aster não quis fazer um filme comum, cuja violência fosse gratuita. Ele dá justificativas a suas cenas e inclui lições sobre tolerância, intolerância, respeito mútuo e, o mais importante, a busca pelo conhecimento do outro, principalmente das culturas que não conhecemos por simples preguiça.

.

Midsommar O mal não espera a noite (2019) - Dicas de Streaming 1

.

O roteiro é interessantíssimo, algumas cenas são impactantes e desconfortáveis (e isso é bom!), as atuações são maravilhosas e nos transportam para Haarga a ponto de sofrermos com os estrangeiros… e compreendermos os aldeões.

O ponto forte da trama está na tênue linha entre o fanatismo e a obediência à fé. Atos são praticados e trarão dor e medo aos que os presenciarem, o que não significa em afirmar que essas sensações ocorrerão aos que os praticaram. É, resumidamente, um mundo diferente que merece ser respeitado e compreendido, gostemos ou não.

Com uma grande dose de suspense, um terror moderado e cenas inesquecíveis, Midsommar é o filme a ser visto, pensado e guardado na memória por um longo tempo.

.

Midsommar O Mal Não Espera a Noite Dicas de Streaming

.

Midsommar O mal não espera a noite está disponível no Prime Video!

O que achou das dicas de hoje? Confira outras textos e reviews de Franz Lima em seu blog Apogeu do Abismo clicando aqui!

Fique ligado no Ultimato do Bacon para mais Dicas de Streaming!

Quer debater sobre quadrinhos, livros, filmes e muito mais? Venha conhecer nosso grupo no Whatsapp clicando aqui!!!


Créditos:
Texto: Franz Lima (Apogeu do Abismo)
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB! 


Midsommar Midsommar Midsommar Midsommar Midsommar Midsommar Midsommar Midsommar

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: