Ultimato do Bacon

Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece – O Ultimato

Em 20 de Dez de 2021 3 minutos de leitura
Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece - O Ultimato (1)

Prepare-se para adentrar no coração do racismo americano na HQ Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece Na obra, que se passa no começo dos anos 30, acompanhamos a jornada do jornalista negro Zane Pinchback que se utiliza de sua pele mais clara para se infiltrar em situações de racismo (como linxamentos e afins) e reportá-las no jornal onde trabalha com a devida exposição dos racistas envolvidos

Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece foi originalmente publicado pela Vertigo em 2018 mas só chegou ao Brasil em 2021 em uma bela edição da Editora Veneta contendo 144 páginas em preto e branco.

Curiosidade para o leitor:  A ideia de escrever sobre um negro que se infiltra no meio de brancos racistas surgiu de Mat Johnson por conta de brincadeiras que ele fazia quando criança – por ter a pele mais clara, ele muitas vezes era percebido como branco pelos colegas e por outras pessoas. O autor diz ainda que também se inspirou na história de Walter Francis White, um ativista chefe da National Association for the Advancement of Colored People (NAACP) que se passava por branco para investigar linchamentos e outros crimes relacionados ao racismo.

Aproveite e conheça também nossa lista de grandes super-heróis negros dos quadrinhos!

Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece - O Ultimato (2)

O repórter Zane Pinchback se infiltra em situações racistas na HQ Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece

A trama da HQ Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece

O pior lado do ser humano é exposto na HQ de Mat Johnson e Warren Pleece – prepare-se para passagens fortes! 

A HQ começa mostrando como o repórter de Nova York, Zane Pinchback, operava. Ele se utilizava de seu carisma e de sua pele clara para se infiltrar no meio de linchamentos e afins. Os racistas, sem desconfiar de nada, normalmente o acolhiam.

E era aí que ele recolhia dados para suas matérias, que faziam questão de expor essas pessoas e as situações nas quais elas estavam envolvidas. A parte ruim e frustrante de toda a situação é que quase nunca o repórter conseguia salvar ou ajudar imediatamente as vítimas da violência…

Conhecido apenas como Incognegro, o repórter estava cansado da vida que levava e do anonimato exigido pela situação – é óbvio que ele não podia se expor nunca, já que a preservação de sua identidade é o que garantia sua segurança.

Pronto para largar a atividade, Zane recebe do seu editor alguns documentos que o colocam em uma última missão: retornar ao Sul para salvar seu irmão que estava preso e prestes a enfrentar um amargo fim na mão dos “cidadãos de bem” de uma pequena cidade.

Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece - O Ultimato (3)

 Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece é uma HQ cheia de reviravoltas!

Na sua última “missão” como Incognegro, Zane Pinchback recebe a companhia (contra sua vontade) de seu melhor amigo Carl. O personagem funciona muito bem como um contraponto de toda seriedade de Zane e vemos Carl tirando sarro e se aproveitando da “burrice” dos racistas do sul.

O personagem também é mais “cabeça quente” e vemos ele estourar algumas vezes em face de falas e colocações racistas. A parceria dos dois funciona muito bem e o fato de eles encararem a situação de forma diametralmente oposta gera situações interessantes no decorrer da trama.

No meio de toda essa situação, o autor Mat Johnson arruma espaço para criar um vilão que pode ser encarado como a personificação de todas as características ruins que os racistas carregam: Huey é um membro da diretoria da Klan e se orgulha de seus atos.

O personagem funciona como o grande antagonista de Zane e suas ações extremas representam bem o que a comunidade afro-americana enfrentava nos EUA na década de 30.

Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece - O Ultimato (4)

A HQ  Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece possui muitas frases e passagens poderosas

“Eu sou Incognegro. Não uso máscara como o Zorro ou uma capa como o Sombra, mas também me disfarço. Minha camuflagem vem dos meus genes, resultado de uma tradição sulista sobre a qual ninguém gosta de falar. Escravidão. Estupro. Hipocrisia.

Os negros americanos são miscigenados. Sou só um exemplo extremo disso. Um lembrete que anda. Já que a América branca se recusa a encarar seu passado, ela também não consegue me ver.”

Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece é uma leitura poderosa que possui um sem número de frases e passagens marcantes como a que vemos acima. A HQ tem um ritmo veloz e nos deixa querendo saber mais sobre a jornada do jornalista Zane Pinchback.

A arte de Warren Pleece encaixa muito bem com a proposta da HQ que, apesar da temática, ainda é uma leitura leve e acessível – talvez um ótimo ponto de partida para muitos leitores que nunca leram nada sobre o tema. O tom e o tema, inclusive, me lembraram muito do filme “Infiltrado na Klan” (2018) de Spike Lee – execuções diferentes mas com o mesmo tipo de tom e “pegada”.

Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece é uma leitura necessária que entretém e tem o poder de nos deixar reflexivos e pensativos.

Avaliação: Excelente!

Compre Incognegro clicando na capa abaixo! .

Incognegro de Mat Johnson e Warren Pleece Comprar


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade