Ultimato do Bacon

Heróis, Vilões e Poker: descubra qual a ligação

Em 21 de Out de 2021 3 minutos de leitura

O poker exerceu um apelo especial para os criadores de super-heróis e vilões de quadrinhos, que se inspiraram no jogo para esboçar personagens que são complexos e estratégicos, mas imprevisíveis e voláteis.

Por exemplo, os mundos da Marvel e da DC Comics muitas vezes se baseiam na vida real ao construir personagens e temas. Frequentemente, essas histórias de fundo também giram em torno de outros temas, sendo então o poker um deles. Nesse sentido, existem então super-heróis e vilões de quadrinhos que têm paralelos ou inspirações no jogo, seja por hobby ou então para ser usado como um mecanismo para promover seu desenvolvimento ou histórias.

Confira alguns exemplos abaixo:

Índice

Homem de Ferro (Marvel)

 viloes e poker

Tony Stark sempre foi retratado nos quadrinhos da Marvel como um excelente jogador de poker. Conhece bem os cassinos, o que lhe deu a oportunidade perfeita para exibir os seus dotes em cada partida. Aliás, até nos filmes, o Homem de Ferro é visto jogando nesses estabelecimentos. No entanto, são as histórias em quadrinhos que mostram suas habilidades para os leitores.

Com seu intelecto superior e capacidade de pensar estrategicamente, fatores essenciais nesse esporte, o Homem de Ferro dá a todos os outros super-heróis (menos um, logo chegamos lá) lições de como saber jogar poker. A mentalidade do mesmo lhe serve bem em salvar o planeta, assim como no mundo das cartas.

Gambit (Marvel)

viloes e poker

Naturalmente, o primeiro super-herói que vem à mente ao mencionar a palavra poker é o Gambit. Ele usa seu próprio baralho de cartas como sua arma principal para reduzir o tamanho dos inimigos. Parte da equipe dos X-Men, Gambit tem muito conhecimento em técnicas de lançamento de cartas, então não é muito rebuscado imaginar que ele seria um adversário formidável nas mesas.

Isso pode ser presumido por sua personalidade, já que ele se comporta da mesma forma que um profissional de poker, sempre alerta e cuidadoso para não revelar muito. Não é de se admirar que esse super-herói seja aquele que as pessoas também votam como o mais provável de ser o melhor jogador de poker do universo dos quadrinhos (desculpe, Homem de Ferro).

O Coisa (Marvel)

herois viloes e poker

Talvez uma faceta menos conhecida do passado do Coisa, especialmente para os fãs que estão mais familiarizados com os filmes, seja sua paixão pelo poker. Nos quadrinhos, está sempre pronto para jogar por uma mão ou duas e é considerado um mestre em esconder emoções de seus oponentes, que não têm como ler seu rosto de pedra.

Na verdade, O Coisa até organiza um torneio de poker para celebrar seu 13º aniversário, desde que se tornou um mutante, em uma das histórias em quadrinhos.

Míssil (Marvel)

herois viloes e poker

Outro membro da equipe X-Men que é influenciado pelo poker. Embora não seja tão intimamente ligado ao jogo quanto O Coisa, os fãs de quadrinhos sabem que Míssil costuma jogar torneios organizados por outros super-heróis e está sempre pronto para um bom blefe.

Na verdade, ele é visto como um excelente jogador, sempre com grandes prêmios associados, apontando claramente para as habilidades para conseguir bons resultados.

Batman (DC Comics)

herois viloes e poker

Assim como o Homem de Ferro, Bruce Wayne não é ninguém que recusa um desafio, especialmente quando alguém questiona seus poderes.

No entanto, o que realmente inclui Batman nesta lista são as batalhas com o seu arquirrival, Coringa. São as interações dele e do vilão que simbolizam como as rodadas de poker funcionam. É sempre sobre “quem supera quem”. E como grande traço característico, devido a esse confronto, Bruce Wayne alcançou expressões insuperáveis, dignas de “poker faces” perfeitas para não mostrar emoções e levar de vencido os seus adversários.

Coringa (DC Comics)

herois viloes e poker

Pense então na palavra “Coringa” e instantaneamente lembraremos do maior inimigo do Batman. Embora seja baseado na figura das cartas, o Coringa é conhecido por “jogar cartas” conforme a natureza de seu personagem.

Mesmo em seu relacionamento com o Batman, é possível ver a mente fria e calculista do vilão testando todas as possibilidades antes de escolher o curso de ação que mais surpreenderá o seu adversário.

Não é de admirar que, apesar de seu comportamento, o Coringa seja o oponente mais cerebral do Batman. Quando chega a hora de um bom blefe na história, ele também faz isso com maestria e consegue exatamente o que deseja.

Em muitas ocasiões, os artistas de quadrinhos têm algo mais profundo para transmitir quando incorporam atividades simples como o poker nas suas histórias. Pode ser sua forma de expressar consciência ou compreensão social. Às vezes, também podem ser representações de questões maiores. Simplificando, mantenha a mente aberta ao ler quadrinhos, isso porque são um gênero muito próprio e especial.


Créditos:
Texto: Redação 
Imagens: Reprodução
Edição: Redação

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB! 


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade