Ultimato do Bacon

Flash A Morte de Iris West de Cary Bates – O Ultimato

Em 18 de Ago de 2023 4 minutos de leitura
Flash A Morte de Iris West de Cary Bates (1)

Uma das histórias mais trágicas da Era de Prata da DC Comics finalmente chegou ao Brasil em um merecido tratamento de luxo. Flash A Morte de Iris West de Cary Bates coloca Barry Allen tendo que investigar o assassinato de sua esposa. Nada de duplicatas ou ressuscitações nessa trama: Íris de fato morreu e o Flash tem que lidar com o luto e com o desejo de vingança que se apossa dele.

Flash A Morte de Iris West de Cary Bates conta com talentosos desenhistas comandando a arte e vale destacar nomes como Irv Novick e Don Heck. A obra chegou ao Brasil em 2023 em um encadernado capa dura da Panini Comics com 280 páginas. O bacana é que a publicação aborda algumas histórias antes do evento, o que ajuda o leitor a ter um contexto do momento no qual a trama do Velocista Escarlate se passa.

Dica para o leitor: Essa é uma excelente história da Era de Prata do Flash – sem sombra de dúvidas uma das mais marcantes. Contudo, se você não é fã desse período das HQs e busca outras publicações do herói, recomendamos que visite nossa lista de Melhores HQs do Flash

Flash A Morte de Iris West de Cary Bates (5)

O Velocista Escarlate lida com diversos tipos de ameaça na HQ Flash A Morte de Iris West de Cary Bates

A Trama da HQ Flash A Morte de Iris West de Cary Bates

Iris West e Barry Allen são um dos casais mais famosos da HQ e nessa obra vemos Barry tendo que lidar com a perda de sua amada. A morte é cercada de mistérios e nosso herói sofre com uma verdadeira montanha-russa de emoções: medo, raiva, sede de vingança, desespero e muito mais.

O encadernado começa nos mostrando o movimentado dia a dia do casal. Barry está sempre “correndo” de um lado para o outro e parece não estar dando conta de conciliar seus papéis de herói, cientista forense e marido. A dura realidade é que ele está deixando a desejar nas três frentes.

Iris está buscando uma reaproximação com seu amado, mas é perceptível que a falta de organização e previsibilidade na agenda de Barry está sendo um empecilho para a vida a dois – e é inegável que estamos vendo uma crise conjugal.

Barry encontra Iris desmaiada em uma festa a fantasia na HQ Flash A Morte de Iris West de Cary Bates

A vida de Barry Allen fica ainda mais complicada quando dois acontecimentos importantes começam a se desenrolar. O primeiro está relacionado a uma grande quantidade de cocaína que o herói acha em seu laboratório – ela está escondida e parece que foi retirada da sala de provas. Esse problema se desenvolve e acaba colocando o departamento de polícia em alerta e todos que trabalham no local passam a ser suspeitos de alguma forma.

O segundo acontecimento também tem relação com o trabalho de cientista do protagonista e mostra ele acompanhando uma espécie de tratamento de cura de criminosos. No melhor estilo “Laranja Mecânica” (filme famoso de 1971, você viu né?) vemos Clive Yorkin, um bandido e assassino da pior espécie, ser submetido a uma máquina que promete fazer com que ele tenha asco de atos ilícitos e seja incapaz de cometê-los.

A ideia, inicialmente supervisionada por um desconfiado Barry Allen, obviamente apresenta problemas e Clive logo se torna mais uma questão que o Flash precisa lidar.

Acha pouco? No meio dessa loucura toda ainda vemos Barry tendo que enfrentar uma jovem misteriosa e super poderosa que é capaz de atrair o Flash com sua mente. A perigosa “vilã” logo revela uma obsessão pelo velocista. Nada fácil a vida do nosso Velocista Escarlate e as coisas não estão prestes a melhorar.

Flash A Morte de Iris West de Cary Bates (2)

Barry é informado sobre a morte de sua esposa por um amigo policial na HQ Flash A Morte de Iris West de Cary Bates

Apesar dessa avalanche de acontecimentos, Barry e Iris seguiam tentando se reaproximar e parecia que um final feliz estava a caminho. Infelizmente Íris encontra seu triste fim em uma festa a fantasia que ela vai com Barry. O compromisso social do trabalho de Allen exigia que todos usassem uma roupa de super-herói ou super-vilão. É nesse ambiente que Barry é drogado e Íris é morta.

A partir desse acontecimento a história passa por dois grandes momentos. O primeiro está relacionado ao luto: vemos Barry pensar em desistir de tudo e ficar descontrolado. O enlutado Flash até luta com a Liga da Justiça tentando exigir que seus amigos o ajudem a ressuscitar sua esposa.. Essas passagens são de partir o coração e mesmo sendo uma história da Era de Prata (onde tudo tende a ser mais simples e otimista) é impossível não se emocionar.

O segundo momento após a morte de Íris mostra o Flash buscando desvendar o asassinato de sua esposa. Muita ação e boas reviravoltas esperam pelo leitor nessa etapa e é interessante perceber como o autor planta pistas falsas para despistar os leitores mais propensos a tentar adivinhar o que aconteceu.

Particularmente não sou tão fã do último ato da história que acaba se tornando um pouco “psicodélico” e “viajado” demais para o meu gosto. A identidade do assassino, sua motivação, o grande confronto.. é tudo muito bem executado só esse último pedaço do último ato que – na minha visão – destoa.

Barry Allen persegue um de seus vilões mais perigosos na HQ Flash A Morte de Iris West de Cary Bates

Flash A Morte de Iris West de Cary Bates é uma história marcante pois lida com algo incomum naquela época: o sofrimento de um herói por conta da perda de sua amada. Essa não é uma morte planejada desde o começo – como a do Tio Ben ou dos pais do Superman e do Batman.

Estamos falando da morte de uma personagem com a qual os leitores tinham um relacionamento de longa data (criada em 1956). Nesse sentido a história consegue chocar. Outro ponto que tira a narrativa do lugar comum é o fato de vermos o Flash lidando com seu luto de forma muito humana: o personagem sofre, chora, se desespera, se revolta e erra como qualquer um de nós. 

Além da proposta e da ótima arte, a HQ ainda se destaca por conseguir imprimir um bom ritmo narrativo que acelera nos momentos de confrontos e sabe dar espaço para os momentos mais emocionais e reflexivos. O único ponto negativo fica por conta do final do último ato que acaba destoando do resto da trama e se torna “cósmico demais” – nada que atrapalhe a experiência ou diminua o prazer dessa leitura é só mais um caso de “será que precisava disso aí?”.

Flash A Morte de Iris West de Cary Bates é uma excelente história e não é à toa que é constantemente citada como uma das grandes histórias do Velocista Escarlate!

Quer conhecer grandes obras da Editora das Lendas? Confira nossa lista de Melhores HQs da DC Comics!

Ultimato do Bacon

Avaliação: Ótimo!

Compre Flash A Morte de Iris West Clicando na Capa Abaixo:

Flash A Morte de Iris West de Cary Bates Comprar


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!

Ultimato do Bacon YouTube

 


 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Novos Mutantes

Novos Mutantes (2020) – O Ultimato

24 de Out de 2020

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade