El Diablo é uma mini série de Brian Azzarello, ilustrada por Danijel Zezelj, publicada pelo selo Vertigo em 4 edições em 2001. No Brasil, El Diablo foi publicado uma única vez pela editora Opera Graphica em 2003 em um formato bem inferior ao original, com tamanho menor (que rendeu alguns cortes em diversos quadros) e em preto e branco, ignorando a colorização de Kevin Sommers.

O personagem El Diablo foi criado originalmente nos anos 70 por Gray Morrow (Supergirl, Batman, Capitão América) e Robert Kanigher (Sargento Rock, Mulher Maravilha, Canário Negro) como um coadjuvante de Jonah Hex (confira aqui nossas matérias sobre Jonah Hex!). Sua primeira aparição foi em All Star Western 2, que foi publicada no Brasil em Jonah Hex Showcase 1 da editora Opera Graphica e na mensal Tomahawk da editora Ebal. 

El Diablo de Brian Azzarello e Danijel Zezelj

Apesar de ser o personagem no título, El Diablo não é bem o protagonista da história. Na mini série de Brian Azzarello, El Diablo é o personagem que move a trama, mas de forma obscura, pois o mesmo praticamente fica oculto por toda a mini série. Aqui o protagonista é Moses Stone, Xerife da cidade Bollas Raton. Um grupo de forasteiros chega à cidade e logo é atacado de forma quase sobrenatural pela figura de El Diablo.

O xerife Moses Stone ao tentar interferir é atacado e marcado por El Diablo. Após pressão dos homens da cidade e alguns eventos, Moses Stone é desafiado de maneira quase formal a perseguir El Diablo pelo novo México. Logo vemos que o ataque de El Diablo à Moses Stone pode não ter sido algo ao acaso, mas premeditado, totalmente intencional para levar Moses Stone à reviver seu passado obscuro como caçador de recompensas. 

 

El Diablo

.

A trama de Brian Azzarello em El Diablo é bem precisa, o estilo faroeste é bem construído. A narrativa que acompanha Moses Stone é muito interessante e mantém o interesse do leitor até o fim. Em alguns momentos a história parece confusa, se desviando sutilmente do eixo narrativo principal mesmo sem tirar o foco do protagonista.

Alguns momentos parecem gratuitos, mas isso faz parte do estilo de Brian Azzarello para costurar a história. A partir de determinado ponto, as intenções de Moses Stone na caçada à El Diablo ficam muito explícitas, resultando em uma reviravolta no mínimo interessante da trama, que surpreende bem e faz as peças da trama se encaixarem precisamente.

O maior ponto fraco de El Diablo é a publicação da editora Opera Graphica. A edição é em um formato menor e o pior, em preto e branco. Muitos quadros parecem ligeiramente cortados, o que me incomodou demais e me tirou diversas vezes da imersão da leitura.

 

El Diablo

 

A falta das cores afeta muito a experiência, os momentos com mais ação e violência passam despercebidos e de forma incomoda por causa da ausência das cores. El Diablo é uma edição que merecia uma republicação no padrão Hellblazer no Brasil, pois a história merece ser lida com a devida qualidade.

 

El Diablo

 

El Diablo é uma Hq de faroeste muito bem roteirizada por Brian Azzarello, merece destaque e deveria ser republicada com qualidade. A história de Moses Stone é cheia de reviravoltas, a mini série encerra de forma surpreendente, que pode soar meio forçada para alguns, deixando bem claro o papel de EL Diablo nesse universo. Uma leitura que recomendo, apesar de ser uma material relativamente difícil de encontrar e uma publicação sem a qualidade que a história merece.

Fique ligado no Ultimato do Bacon e clique aqui para conferir nossas outras matérias sobre hqs de faroeste e aqui dos selos DC Black Label e Vertigo!

 

 


Créditos:
Texto: Diego Brisse
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!