Ultimato do Bacon

Conan O Bárbaro de Jason Aaron – O Ultimato

Em 23 de Fev de 2022 3 minutos de leitura
Conan O Bárbaro de Jason Aaron - O Ultimato (2)

Em 2019 a Marvel Comics anunciou uma novidade que movimentou o mercado. A criação máxima de Robert E. Howard estava retornando para casa. Restava saber quem seria o responsável pelas séries que marcariam o retorno do cimério. Conan O Bárbaro de Jason Aaron foi uma das séries mais esperadas pelos fãs.

Jason Aaron permaneceu no Conan durante 12 edições, entre 2019 e 2020, e sua história se chama “A Vida e a Morte de Conan” (The Life & Death of Conan no original). A história chegou ao Brasil pelas mãos da Panini Comics em formato mensal nas edições “Conan, O Bárbaro” (2019) #1 – #7.

Dica para o leitor: Conan O Bárbaro de Jason Aaron é uma história leve e permissiva que pode ser uma porta de entrada para novos leitores, apesar de fazer referência a outros eventos da vida do personagem (de forma bem periférica e nada que impacte realmente na trama). Se você é um leitor 100% novo, talvez o Conan de Kurt Busiek seja um material mais indicado!

Não deixe de conhecer também o grande clássico de Conan, a Hora do Dragão de Roy Thomas e Gil Kane!

Conan O Bárbaro de Jason Aaron - O Ultimato (3)

Jason Aaron passeia por diversos momentos da vida do cimério na HQ Conan O Bárbaro 

A trama da HQ Conan O Bárbaro de Jason Aaron

Antes de iniciar o review vale falar um pouco sobre a expectativa que foi criada no momento em que Aaron assumiu a HQ. Esperava que o autor, ainda com muito prestígio por conta de trabalhos anteriores como Escalpo e Thor Carniceiro dos Deuses e Bomba Divina, entregasse um grande épico que realmente marcasse o retorno de Conan a Marvel – trabalhos anteriores deixam claro que o autor tinha capacidade de sobra para conseguir esse feito. Infelizmente Aaron vai por um caminho diferente e até entrega uma boa história mas que acaba ficando muito abaixo do que eu esperava.

 A trama se inicia mostrando Conan duelando em uma arena de Zamora. O personagem é logo abordado por uma bela mulher que elogia muito as habilidades de combate do cimério. A mulher vai com Conan para os aposentos do personagem e se revela como sendo uma bruxa! Ela serve a Razazel e seu objetivo é despertar esse deus/demônio através do sangue do bárbaro. O personagem, obviamente, consegue se desvencilhar e acaba derrotando a vilã. Fim, certo?

Conan O Bárbaro de Jason Aaron - O Ultimato (4)

Conan luta ao lado dos pictos contra demônios serpentes na HQ Conan O Bárbaro de Jason Aaron

Errado. Aaron decide fazer dessa bruxa a grande ameaça de seu arco “A Vida e Morte de Conan”. É revelado que a personagem possui dois filhos e esses dois filhos acompanham, de perto, a vida do Cimério.

Seu objetivo é esperar que o personagem chegue no seu auge para derrotá-lo. É no auge que o sangue de Conan terá mais valor para o macabro Razazel.

A história da bruxa e seus filhos vai para o plano de fundo e a HQ se torna um grande apanhado de contos de Conan que se passam em diversos momentos de sua vida. Vemos o personagem atuando como pirata, rei, saqueador e outras funções.

Os contos são realmente muito bons e Aaron acerta a mão na cadência e ritmo das histórias que acabam mostrando a grande versatilidade do personagem de Robert E. Howard. Vale dizer que as artes deslumbrantes de Mahmud A. Asrar, Gerardo Zaffino e Garry Brown deixam a leitura ainda mais cativante e impressionante!

Conan O Bárbaro de Jason Aaron - O Ultimato (1)

Esad Ribic faz lindas capas para a HQ Conan O Bárbaro de Jason Aaron

Se os contos de Jason Aaron funcionam muito bem e cativam o leitor, o mesmo não pode ser dito do grande arco da bruxa e seus filhos. Em cada uma das edições o autor vai aumentando a expectativa pelo grande confronto que deveria marcar o fim da vida de Conan (segundo a própria história).

Quando o confronto chega, o que vemos é o famoso “mais do mesmo”. Mais um “monstrão” que quer matar o cimério e acaba não tendo sucesso. Aaron tenta criar ainda uma cena entre Conan e seu Deus Crom mas ela acaba não funcionando e sendo bem clichê…

Mesmo com um final frustrante e com um arco “macro” que não convence, Conan O Bárbaro de Jason Aaron se mantém uma boa leitura por conta dos excelentes contos que o autor traz (muito bem ilustrados por Mahmud A. Asrar, Gerardo Zaffino e Garry Brown).

Não são contos inovadores mas são histórias dotadas de um ritmo muito bem construído que conseguem fazer com que o leitor se divirta. Não é o retorno apoteótico que muitos esperavam (eu incluso) mas é uma boa leitura que mostra que o cimério ainda tem muitas boas aventuras para nos mostrar!

Avaliação: Bom!.

Confira o vídeo onde conversamos com o pessoal do canal Haterzasso sobre essa fase do Conan


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Amantikir de Lillo Parra e Jefferson Costa (2)

Amantikir de Lillo Parra e Jefferson Costa – O Ultimato

4 de Jul de 2022

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade