Com a chegada do novo filme de Luc Besson aos cinemas esta semana, elencamos outros cinco grandes filmes sobre o tema

por Alexandre Baptista

 

Anna – O Perigo Tem Nome (Anna, 2019) chega aos cinemas nesta quinta, 29 de agosto. Novo trabalho de Luc Besson, o filme traz a história de Anna Poliatova, jovem russa arregimentada pela KGB como hitgirl, operativo da agência de inteligência especializada em missões de assassinato.

Confira nossa crítica ao filme aqui.

O diretor é experiente nesse tipo de temática e são dele alguns dos maiores filmes do gênero, bem como inspirados em obras deles, algumas das grandes adaptações posteriores.

Para entrar no clima antes da estreia de Anna – O Perigo Tem Nome, fizemos uma pequena lista com nossos cinco filmes favoritos sobre assassinos (em vingança, de aluguel ou apenas "treinados para matar").

Importante mencionar que deixamos de lado o Wickverso de Keanu Reeves, uma vez que o vindouro filme da Bailarina merecerá, certamente, um combate individual contra Anna.

Vamos lá?

 

Mandando Bala (Shoot 'Em Up, 2007)

 

Dirigido por Michael Davis, o roteirista de Double Dragon (1994) [!!!], Mandando Bala é uma obra-prima da falta de foco e da qualidade que alguns atores conseguem imprimir até mesmo em filmes-bomba.

Smith (Clive Owen), um matador viciado em cenouras, salva um recém-nascido de assassinos e a partir daí torna-se alvo de Hertz (Paul Giamatti) e seus capangas.

Smith busca então a ajuda de Donna Quintano (Mônica Bellucci), uma prostituta que pode ajudá-lo a encaminhar o bebê para algum lugar seguro. No entanto, Hertz está logo atrás de ambos.

O longa é um festival de cenas de efeito, como Smith dando uma lição em um motorista que o fecha no trânsito; a cena de tiroteio-durante-a-atividade-sexual entre os capangas de Hertz, Smith e Donna; e claro, a morte de um dos assassinos por uma cenoura, habilmente transformada em arma nas mãos de Smith.

John Wick ficou com inveja. A gente sabe.

 

Adrenalina (Crank, 2006)

 

Escrito e dirigido por Mark Neveldine (Motoqueiro Fantasma – Espírito de Vingança) e Brian Taylor (Feliz!), o longa tem Jason Statham em um dos papeis que sedimentaram seu caminho ao estrelado dos filmes de ação.

Chev Chelios (Statham) é um matador de aluguel que acorda pela manhã com um telefonema informando-o de que ele foi envenenado e tem somente uma hora de vida. A única solução para evitar isso é manter um alto nível de adrenalina em seu corpo, o que coloca o feroz personagem em todo o tipo de situação que mantenha seus batimentos cardíacos acelerados e suas suprarrenais funcionando.

Enquanto isso ele, obviamente, vai ao encalço de quem quer que esteja por trás disso tudo.

Com uma trilha sonora interessante e uma fotografia talvez datada, o longa é uma mistura de Velocidade Máxima (Speed, 1994) com Snatch – Porcos e Diamantes (Snatch, 2000) em alguns sentidos e apresenta cenas clássicas do gênero.

Com a maluquice dosada, ainda não se atreve tanto na direção do exagero de sua continuação (também excelente, mas por outros motivos), Adrenalina 2 – Alta Voltagem (Crank 2: High Voltage, 2009).

 

A Assassina (Point of No Return, 1993)

 

A Assassina é basicamente uma versão americana de Nikita – Criada Para Matar, com algumas adaptações e pequenas mudanças no roteiro.

Dirigido por John Badham, tem Bridget Fonda no papel de Maggie Hayward, criminosa sentenciada à morte que se torna uma assassina treinada pelo governo americano. Seu superior, um espião chamado somente de Bob (Gabriel Byrne) passa a ser seu contato e designar suas missões.

O longa é muito bem executado e chega a creditar Luc Besson por Nikita. É uma versão assumida, limpa e bastante profissional do original. Um verdadeiro remake de respeito.

No elenco, conta ainda com Harvey Keitel e Anne Bancroft, além da trilha sonora ser assinada por Hans Zimmer.

 

O Profissional (Léon: The Professional, 1994)

 

Escrito e dirigido pelo próprio Besson, O Profissional é um dos maiores filmes sobre matadores já feitos.

A trilha sonora é do parceiro de longa data de Besson, Éric Serra e a atuação marcante de Jean Reno no papel principal como Léon lhe rendeu grandes oportunidades em Hollywood depois disso.

Com um elenco incrível – a estreante Natalie Portman, aos 12 anos, como Matilda; Gary Oldman numa atuação impressionante como Norman Stansfield, o agente corrupto do DEA; e Danny Aiello como o chefe mafioso Tony – o longa vai além da ação e das cenas impressionantes. Ele explora a sensibilidade e o sentimentos da dupla principal de maneira profunda e elegante, jogando questionamentos acerca das opções e escolhas de vida que se apresentam nas vidas de cada um.

Um filme incrível e recomendadíssimo, até para quem não é fã do gênero.

 

Nikita – Criada Para Matar (La Femme Nikita, 1990)

 

Nikita (Anne Parillaud) é uma jovem condenada à prisão perpétua após roubar uma farmácia e matar um policial. Na prisão, tem sua morte forjada e a opção de, para poupar a própria vida de fato, tornar-se uma assassina secreta para o governo.

Sob a nova identidade de Josephine, Nikita é agora uma máquina de matar, um valioso e infalível operativo capaz de assumir diversas identidades e executar um alvo com extrema eficiência e perfeição.

Mais um filme escrito e dirigido por Besson, Nikita – Criada Para Matar praticamente inaugurou o gênero, especialmente quando consideramos as personagens femininas do mesmo.

A presença de Parillaud é, certamente, um dos grandes méritos do longa, dada a versatilidade da atriz em assumir diversas personas e deslumbrar os espectador, seja pela elegância ou pelo choque da frieza e violência mostradas em tela.

Com produção ítalo-francesa, o longa conta com Jean Reno no papel que depois serviu a Harvey Keitel no remake americano. A trilha sonora é novamente muito bem composta por Éric Serra.

 

O que achou da nossa lista?

Deixe nos comentários suas sugestões a respeito!

E não deixe de conferir Anna – O Perigo Tem Nome a partir do dia 29 de agosto nos cinemas!

 

Anna – O Perigo Tem Nome

Sinopse: “Por trás da beleza marcante de Anna Poliatova há um segredo que irá expor sua indestrutível força e habilidade para se tornar uma das assassinas mais temidas do mundo. Uma eletrizante e emocionante viagem repleta de energia, reviravoltas surpreendentes e ação de tirar o fôlego. ANNA apresenta Sasha Luss na personagem que dá nome ao filme e traz um elenco com várias estrelas, incluindo a vencedora do Oscar Helen Mirren, Cillian Murphy e Luke Evans.”

 

Trailer

 

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram

Facebook

Amazon