Ultimato do Bacon

Anna e cinco grandes filmes sobre assassinos

Em 28 de Ago de 2019 4 minutos de leitura

Com a chegada do novo filme de Luc Besson aos cinemas esta semana, elencamos outros cinco grandes filmes sobre o tema

por Alexandre Baptista

 

Anna – O Perigo Tem Nome (Anna, 2019) chega aos cinemas nesta quinta, 29 de agosto. Novo trabalho de Luc Besson, o filme traz a história de Anna Poliatova, jovem russa arregimentada pela KGB como hitgirl, operativo da agência de inteligência especializada em missões de assassinato.

Confira nossa crítica ao filme aqui.

O diretor é experiente nesse tipo de temática e são dele alguns dos maiores filmes do gênero, bem como inspirados em obras deles, algumas das grandes adaptações posteriores.

Para entrar no clima antes da estreia de Anna – O Perigo Tem Nome, fizemos uma pequena lista com nossos cinco filmes favoritos sobre assassinos (em vingança, de aluguel ou apenas "treinados para matar").

Importante mencionar que deixamos de lado o Wickverso de Keanu Reeves, uma vez que o vindouro filme da Bailarina merecerá, certamente, um combate individual contra Anna.

Vamos lá?

 

Mandando Bala (Shoot 'Em Up, 2007)

 

Dirigido por Michael Davis, o roteirista de Double Dragon (1994) [!!!], Mandando Bala é uma obra-prima da falta de foco e da qualidade que alguns atores conseguem imprimir até mesmo em filmes-bomba.

Smith (Clive Owen), um matador viciado em cenouras, salva um recém-nascido de assassinos e a partir daí torna-se alvo de Hertz (Paul Giamatti) e seus capangas.

Smith busca então a ajuda de Donna Quintano (Mônica Bellucci), uma prostituta que pode ajudá-lo a encaminhar o bebê para algum lugar seguro. No entanto, Hertz está logo atrás de ambos.

O longa é um festival de cenas de efeito, como Smith dando uma lição em um motorista que o fecha no trânsito; a cena de tiroteio-durante-a-atividade-sexual entre os capangas de Hertz, Smith e Donna; e claro, a morte de um dos assassinos por uma cenoura, habilmente transformada em arma nas mãos de Smith.

John Wick ficou com inveja. A gente sabe.

 

Adrenalina (Crank, 2006)

 

Escrito e dirigido por Mark Neveldine (Motoqueiro Fantasma – Espírito de Vingança) e Brian Taylor (Feliz!), o longa tem Jason Statham em um dos papeis que sedimentaram seu caminho ao estrelado dos filmes de ação.

Chev Chelios (Statham) é um matador de aluguel que acorda pela manhã com um telefonema informando-o de que ele foi envenenado e tem somente uma hora de vida. A única solução para evitar isso é manter um alto nível de adrenalina em seu corpo, o que coloca o feroz personagem em todo o tipo de situação que mantenha seus batimentos cardíacos acelerados e suas suprarrenais funcionando.

Enquanto isso ele, obviamente, vai ao encalço de quem quer que esteja por trás disso tudo.

Com uma trilha sonora interessante e uma fotografia talvez datada, o longa é uma mistura de Velocidade Máxima (Speed, 1994) com Snatch – Porcos e Diamantes (Snatch, 2000) em alguns sentidos e apresenta cenas clássicas do gênero.

Com a maluquice dosada, ainda não se atreve tanto na direção do exagero de sua continuação (também excelente, mas por outros motivos), Adrenalina 2 – Alta Voltagem (Crank 2: High Voltage, 2009).

 

A Assassina (Point of No Return, 1993)

 

A Assassina é basicamente uma versão americana de Nikita – Criada Para Matar, com algumas adaptações e pequenas mudanças no roteiro.

Dirigido por John Badham, tem Bridget Fonda no papel de Maggie Hayward, criminosa sentenciada à morte que se torna uma assassina treinada pelo governo americano. Seu superior, um espião chamado somente de Bob (Gabriel Byrne) passa a ser seu contato e designar suas missões.

O longa é muito bem executado e chega a creditar Luc Besson por Nikita. É uma versão assumida, limpa e bastante profissional do original. Um verdadeiro remake de respeito.

No elenco, conta ainda com Harvey Keitel e Anne Bancroft, além da trilha sonora ser assinada por Hans Zimmer.

 

O Profissional (Léon: The Professional, 1994)

 

Escrito e dirigido pelo próprio Besson, O Profissional é um dos maiores filmes sobre matadores já feitos.

A trilha sonora é do parceiro de longa data de Besson, Éric Serra e a atuação marcante de Jean Reno no papel principal como Léon lhe rendeu grandes oportunidades em Hollywood depois disso.

Com um elenco incrível – a estreante Natalie Portman, aos 12 anos, como Matilda; Gary Oldman numa atuação impressionante como Norman Stansfield, o agente corrupto do DEA; e Danny Aiello como o chefe mafioso Tony – o longa vai além da ação e das cenas impressionantes. Ele explora a sensibilidade e o sentimentos da dupla principal de maneira profunda e elegante, jogando questionamentos acerca das opções e escolhas de vida que se apresentam nas vidas de cada um.

Um filme incrível e recomendadíssimo, até para quem não é fã do gênero.

 

Nikita – Criada Para Matar (La Femme Nikita, 1990)

 

Nikita (Anne Parillaud) é uma jovem condenada à prisão perpétua após roubar uma farmácia e matar um policial. Na prisão, tem sua morte forjada e a opção de, para poupar a própria vida de fato, tornar-se uma assassina secreta para o governo.

Sob a nova identidade de Josephine, Nikita é agora uma máquina de matar, um valioso e infalível operativo capaz de assumir diversas identidades e executar um alvo com extrema eficiência e perfeição.

Mais um filme escrito e dirigido por Besson, Nikita – Criada Para Matar praticamente inaugurou o gênero, especialmente quando consideramos as personagens femininas do mesmo.

A presença de Parillaud é, certamente, um dos grandes méritos do longa, dada a versatilidade da atriz em assumir diversas personas e deslumbrar os espectador, seja pela elegância ou pelo choque da frieza e violência mostradas em tela.

Com produção ítalo-francesa, o longa conta com Jean Reno no papel que depois serviu a Harvey Keitel no remake americano. A trilha sonora é novamente muito bem composta por Éric Serra.

 

O que achou da nossa lista?

Deixe nos comentários suas sugestões a respeito!

E não deixe de conferir Anna – O Perigo Tem Nome a partir do dia 29 de agosto nos cinemas!

 

Anna – O Perigo Tem Nome

Sinopse: “Por trás da beleza marcante de Anna Poliatova há um segredo que irá expor sua indestrutível força e habilidade para se tornar uma das assassinas mais temidas do mundo. Uma eletrizante e emocionante viagem repleta de energia, reviravoltas surpreendentes e ação de tirar o fôlego. ANNA apresenta Sasha Luss na personagem que dá nome ao filme e traz um elenco com várias estrelas, incluindo a vencedora do Oscar Helen Mirren, Cillian Murphy e Luke Evans.”

 

Trailer

 

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram

Facebook

Amazon


 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Indicando Lançamentos de Hqs Nacionais Na CCXP22

28 de Nov de 2022

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade