A Estréia de um Grande Vilão do Batman

por Lucas Souza

 

A galeria de vilões do Batman é inegavelmente uma das (senão a) melhores dos quadrinhos. Coringa, Duas Caras, Charada, Bane e outros são conhecidos do grande público e facilmente identificáveis.Mas os arqui inimigos do Homem Morcego são muito variados e temos alguns excelentes personagens que acabam ficando em segundo plano por conta dessa quantidade massiva de bons rivais.

Recentemente em seu run na revista “Batman” Tom King trouxe de volta o KGBesta. De maneira ameaçadora o personagem surge em Gotham, tira o Cruzado Encapuzado do sério e eles protagonizam um confronto bem tenso. “As Dez Noites da Besta” é a revista de estréia do vilão que conta com as lendas Jim Starlin e Jim Aparo.Publicada originalmente em 1988 e trazida para o Brasil pela Abril em 1989 e recentemente pela Panini Comics em capa dura.

KGBesta surge pela primeira vez em “As Dez Noites da Besta”

A Besta ou KGBesta são os codinomes de Anatoli Knyazev, um ex agente russo que é treinado na arte do combate e especialista em matar. O visual fetichista do personagem é atualizado com o passar dos anos e vai se tornando cada vez mais ameaçador. “As dez noites da Besta” traz uma história onde vemos um Batman acuado em combate como poucas vezes vimos. A brutalidade dos confrontos chama muita atenção!

A história, infelizmente, não é perfeita e a última parte da minissérie original entrega soluções muito mirabolantes que seriam pouco aceitas hoje em dia – podemos dizer que essa parte em particular envelheceu mal.

Batman trabalha com a CIA, FBI e a polícia de Gotham em “As dez noites da Besta”

“As dez noites da Besta” seria uma história bem esquecível do Homem Morcego se não trouxesse um vilão determinado e obcecado que rivaliza com o próprio Batman – Anatoli Knyazev é o grande acerto da HQ. Jim Starlin não é tão feliz no roteiro que soa simples e megalomaníaco (principalmente em sua última parte). Infelizmente o KGBesta não é o vilão muito utilizado pelos roteirista do Cavaleiro de Gotham que costumam preferir os medalhões da galeria. 

Mesmo com os pontos negativos, “As dez noites da Besta” merece ser lido pelo fãs de HQ pelos confrontos entre os dois personagens. Depois da curta passagem de Knyazev pelo arco de Tom King, é hora de aguardar que um novo roteirista traga o personagem de volta em um arco que resgate a sua grandeza e mostre o quão ameaçador o KGBesta pode ser! 

Se o vilão resolvesse enfrentar qualquer outro herói ele certamente seria um dos grandes rivais mas infelizmente ele resolveu enfrentar o Morcego de Gotham e para rivalizar com ele, a fila é grande e cheia de excelentes arqui inimigos…

 

Fique ligado no Ultimato do Bacon para mais matérias sobre HQ´s! 

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Whatsapp

Instagram 

Facebook

Amazon