As Muitas Mortes de Batman (The Many Deaths of The Batman) publicado em 1989 com roteiros de John Byrne e artes de Jim Aparo foi relançado aqui pela Panini em um encadernado de capa dura com 256 páginas.

Sinopse: No amado arco de histórias As Muitas Mortes de Batman, uma trama detetivesca das mais clássicas estrelada pelo Morcego é conduzida por John Byrne (roteiro) e Jim Aparo (arte). Na sequência, Batman: Ano 3, de Marv Wolfman (roteiro) e Pat Broderick (arte), aprofunda-se nas origens de Dick Grayson e explora o início de sua parceria com o Cavaleiro das Trevas!

As Muitas Mortes de Batman - O Ultimato 1

Batman é um dos personagens dos quadrinhos que mais possui boas histórias. O fato de o personagem ser urbano faz com que um simples assassinato possa se desenvolver em uma história envolvente – e o que não falta são assassinados em Gotham City (a cidade perfeita para o Morcegão). “As Muitas Mortes de Batman” tem roteiro de John Byrne e arte de Jim Aparo e acabou de ser relançado em 2019 pela Panini Comics (acompanhado de outras boas histórias como “Batman Ano 3”) em encadernado capa dura.

As Muitas Mortes de Batman - O Ultimato 2

Jim Gordon se depara com um mistério diferente em “As Muitas Mortes de Batman” de John Byrne

Qual é a trama de As Muitas Mortes de Batman

A história de As Muitas Mortes de Batman, apesar de clássica, é relativamente simples mas é a simplicidade bem executada que faz com que ela se torne tão interessante. Não é a premissa simples que vale e sim a brilhante execução de Bryne (com os belos desenhos de Aparo) que entrega uma história redondinha sem nenhum furo ou erro de continuidade.

A história começa com Jim Gordon encontrando um corpo vestido de Batman – parecia que o Homem Morcego finalmente tinha encontrado seu fim. A comoção que se toma a partir da descoberta da “morte” do Morcegão é muito bem retratada com diversos personagens da Bat-Família aparecendo aos prantos. O problema é que logo depois disso, a polícia de Gotham encontra mais um corpo vestido de Batman. Depois mais um e a coisa continua em um ritmo assustador – até que o próprio Batman precisa intervir para descobrir o que está acontecendo.

diversos corpos fantasiados são encontrados em as muitas mortes de batman

Um dos muitos Homens Morcegos mortos em “As Muitas Mortes de Batman” de John Byrne e Jim Aparo

A premissa da minissérie de Byrne e Aparo passa longe de ser desinteressante mas não é necessariamente inovadora – ou não faz juz a ótima história que encontramos ao ler o conto. Eu mesmo não tinha muita vontade de ler a HQ pela premissa “batida” da história – posso dizer que estava muito enganado!

“As Muitas Mortes de Batman” é uma HQ fantástica do Morcegão e só não figuraria em um top 10 do personagem porque o Batman é daqueles que possui toneladas de boas histórias. Com um ritmo crescente e interessante, Byrne faz com que sintamos que o clímax da história se aproxima e é impossível parar de ler a HQ até termos certeza de quem é o assassino. A ligação das vítimas com o próprio Batman também impressiona pela obviedade do raciocínio (e digo isso de maneira positiva!).

Uma HQ que os fãs do Morcego de Gotham tem que ter na estante! Confiram também a nossa lista com as melhores histórias da DC Comics!

 

Ultimato do BaconAvaliação: Ótimo

 

Quer debater sobre quadrinhos, livros, filmes e muito mais? Venha conhecer nosso grupo no Whatsapp clicando aqui!!!


Créditos:

Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: João Maia
Matéria publicada originalmente em 02 de março de 2020. Atualizada em 22 de dezembro de 2020.

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: