Ultimato do Bacon

Yellow Cab de Chabouté – O Ultimato

Em 30 de Mar de 2022 3 minutos de leitura
Yellow Cab - O Ultimato Capa

Você já teve ter ouvido falar do tal “bloqueio criativo” que alguns criadores passam. Sejam eles quadrinistas, publicitários, escritores, músicos…, qualquer tipo de pessoa que trabalha com “criatividade” está suscetível a esse momento em que as coisas não fluem criativamente.

Quando esse impasse acontece é necessário mudar algo. Sair do seu modus operandi, quebrar paradigmas e buscar a solução do problema. E foi exatamente isso que Benoît Cohen, um francês residente em NY, fez em Yellow Cab de Chabouté.

Ele se sente cansado. Há 20 anos escreve roteiros de filmes e séries, e precisa de um respiro. Precisa reencontrar seu entusiasmo em escrever e voltar a ter tesão no que foi seu ganha pão por anos. Durante um bate papo sincero com sua esposa, surge a ideia de ser motorista de taxi!

Afinal, NY é a cidade dos taxistas e, tendo contato com dezenas de pessoas diferentes por dia, ele certamente teria material o suficiente para novas criações. Uma imersão completa em um personagem que viria surgir… ao melhor estilo Taxi Driver.

Yellow Cab - O Ultimato (3)

O exato momento em que Benoit conta à esposa sua audaciosa ideia.

E então, Benoît começa a correr atrás de tudo o que é necessário para ter sua licença de motorista. Mal sabia ele o terreno ardiloso e cruel em que estava entrando. O protagonista se depara com uma burocracia quase intransponível. O que parecia simples (segundo as informações que buscou na internet), se transformou em enormes filas, muito dinheiro despendido, pessoas nem um pouco interessadas em ajudar, processos administrativos surreais e meses de espera para conseguir a tal licença.

Nesse processo, Benoît se depara com uma realidade bem triste: a maioria esmagadora de motoristas de taxi são imigrantes que, tendo uma condição financeira bem pior que a dele, precisam passar por esse mesmo processo.

Boa parte do álbum se dedica a essa odisseia em conseguir a licença. É angustiante acompanhar os problemas surgindo páginas pós página, e nada do francês conseguir a permissão de dirigir. Talvez você sinta que essa parte é longa e arrastada, mas tenho certeza de que Chabouté desenhou/escreveu propositalmente dessa forma, para demonstrar o quão penoso e exaustivo é esse processo.

Finalmente em posse de sua licença, Benoît, já calejado e por dentro das malícias da profissão, começa a dirigir e encarar todo tipo de problema que um taxista de NY precisa enfrentar: um trânsito caótico, multas, taxas de aluguel de carro, pessoas de todo tipo, racismo rasteiro e um lucro baixíssimo.

Yellow Cab - O Ultimato (2)

A licença chega, e enfim Benoit pode dirigir como taxista pelas ruas de NY.

Uma das partes mais legais é ver como o motorista reagirá com cada passageiro. Tem os mal-educados, os simpáticos, os que vivem na correria e por aí vai… e lógico que ele aprende a lidar com cada um deles e aproveita para adubar seu terreno criativo.

Esse quadrinho é mais um daqueles que nos faz refletir como tratamos aqueles que nos prestam serviços cotidianos. Seja um motorista de taxi, um caixa de supermercado, o porteiro do condomínio… Um dos pontos fortes é buscar essa empatia e se perguntar: E se fosse eu?

A arte de Chabouté é sempre deslumbrante. O preto e branco dele é simplesmente lindo. O domínio dele em cenas carregadas de sombra provam que ele é um dos grandes expoentes do quadrinho europeu da atualidade. As expressões que ele consegue desenhar são incríveis e carregadas de emoção. É facilmente perceptível o sentimento de cada personagem em um simples quadro que ele desenha. Os prédios, perspectivas, automóveis… tudo é muito bem desenhado.

Yellow Cab - O Ultimato (1)

Repare nos detalhes que Chabouté coloca na arquitetura. Tudo muito lindo!

Lançado aqui no Brasil pela editora Pipoca e Nanquim, Yellow Cab possui 172 páginas impressas em papel offset de alta gramatura, capa dura com reserva de verniz no título e lombada arredondada. Vale lembrar que o quadrinho feito por Chabouté é uma adaptação do livro homônimo, do próprio Cohen.

Não é o melhor quadrinho do Chabouté, mas só por ser dele, já merece lugar na minha prateleira.

Não deixe de conferir também nossa review de Henri Désiré Landru de Chabouté.

Avaliação: Bom!

Compre Yellow Cab de Chabouté clicando na capa abaixo! .

Yellow Cab - O Ultimato (1)

Assista a essa resenha no Review Express:


Créditos:
Texto: Kim Martins
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

UB Escombros o Status de Knuckle 1 PRINCIPAL

Escombros o Status de Knuckle (2012) – O Ultimato

16 de Ago de 2022

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade