X-Factor A morte do Homem Múltiplo é mais uma saga dos mutantes da Marvel nos movimentados Anos 90. A equipe era composta por Alex Summers, Polaris, Madrox, Fortão e Lupina e eles contavam com a eventual ajuda de Forge que, nesse período, trabalhava para o governo.

X-Factor A morte do Homem Múltiplo foi lançado nos EUA em 1994 nas HQ´s “X-Factor” #96 – #101 e seu nome original é “A Nova Humanidade”. No Brasil o arco foi lançado na íntegra pela editora Abril em “X-Factor Especial” #2 de 1996.

.

X-Factor A morte do Homem Múltiplo

A equipe enfrenta a poderosa Guarida em X-Factor A morte do Homem Múltiplo

.

A trama de X-Factor A morte do Homem Múltiplo

.
A trágica história de J.M. Dematteis tem todos os elementos que permeiam as HQ´s dos mutantes na década de 90. Na trama de X-Factor A morte do Homem Múltiplo vemos a equipe enfrentando uma nova e poderosa mutante, a Guarida, que acredita que uma nova humanidade vai surgir. O problema é que a personagem, que começa suas aparições com ar de messias, esconde que essa “nova humanidade” só vai aparecer depois que diversas tragédias ocorrerem. E para deixar tudo ainda mais “confuso”, a nova personagem tem a habilidade de curar pessoas, o que faz com que alguns membros do X-Factor fiquem confusos e em dúvida da natureza de Guarida..

Apesar da trama messiânica e interessante, o que chama a atenção no trabalho de J.M. Dematteis é o estado de Jamie Madrox – o Homem Múltiplo. Desde as primeiras páginas da HQ, fica claro que ele não está bem e está enfrentando problemas. A prova disso é que suas duplicatas começam a ter personalidades completamente diferentes e até brigam entre si – e em dado momento chegam a ameaçar Polaris. Os problemas de Madrox, que ficam em segundo plano até a fatídica edição “X-Factor” #100, são o grande chamariz da saga. 

.

X-Factor A morte do Homem Múltiplo

Lupina é ajudada por Guarida e se volta contra a equipe em X-Factor A morte do Homem Múltiplo

.

X-Factor A morte do Homem Múltiplo é o perfeito representante das tramas dos anos 90: muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, design exagerado, vilões com planos megalomaníacos, páginas com tantos elementos que fica difícil entender o que está acontecendo e etc.. O que não quer dizer que a saga é ruim! Quem é saudosista dessa fase, como eu, vai se divertir com a HQ que dá muito destaque para os conflitos internos do grupo e só deixa o problema de Madrox ganhar verdadeiramente os holofotes nas últimas páginas – se a capa não tivesse dado o super spoiler que ela dá, teria sido uma morte bem inesperada.

.

X-Factor A morte do Homem Múltiplo

.

A trama que saiu no Brasil em  “X-Factor Especial” #2 merece uma chance dos leitores fãs dos Mutantes da Marvel (se você não é fã, não compre! A trama não deve te agradar) que ainda não conhecem esse momento negro do X-Factor comandado por Alex Summers – que na minha opinião é mais interessante e icônico que a primeira formação – que reunia os 5 X-Men originais. Uma boa!

Se você quer conhecer outras HQ´s interessantes, confira nossas colunas Baú de HQ´s e HQ´s Brasileiras!

.

X-Factor A morte do Homem Múltiplo - O Ultimato 1

Avaliação: Bom

 


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!