Vingadores: Guerra Infinita (Avengers: Infinity War)

Ano: 2018

Distribuidor: Disney / Buena Vista

Estreia: 26 de Abril     

Direção: Joe Russo, Anthony Russo

Roteiro: Christopher Markus, Stephen McFeely

Duração: 156 min

Elenco: Robert Downey Jr., Chris Hemsworth, Mark Ruffalo, Scarlett Johansson, Chris Evans, Tom Holland

Sinopse: Thanos chega à Terra, disposto a reunir as Joias do Infinito. Para enfrentá-lo, os Vingadores precisam unir forças com os Guardiões da Galáxia."

 

Vingadores: Guerra Infinita - O Ultimato 1

 

Diego Brisse

Dez anos se passaram desde o primeiro filme do universo Marvel nos cinemas. Sempre com a promessa de realizar o sonho de reunir os Vingadores no cinema de maneira correta. O sonho foi realizado em 2012, buscando inspiração em suas raízes, presenteando todos os nerds e criando um novo público que veio a se interessar pela nossa tão amada cultura. Como definiu bem a esposa de um amigo, esses heróis sempre nos inspiraram por diversos motivos, e continuam fazendo isso e é lindo ver como cada vez mais pessoas seguem entendendo o real significado disso para nós, entendendo que não é (somente) um lado infantil nosso que se recusa a morrer.

Desde 2012 a Marvel sugere Thanos como o maior vilão do universo Marvel, com easter eggs, cenas pós créditos, participações diretas, enfim, ele é “O” cara! Guerra Infinita finalmente traz o prometido personagem da melhor maneira possível! Arrisco dizer que é a melhor versão do personagem que já vi. A complexidade emocional, a motivação e a loucura do Titã tem um perfeito equilíbrio, que carrega a trama e torna os outros personagens praticamente coadjuvantes em sua busca.

Apesar da dificuldade em manter tantos personagens juntos, com um tempo de tela relativamente curto, o roteiro e a direção fizeram um trabalho memorável. Todos os personagens tem seu devido destaque e são trabalhados de excelente forma. Ou os irmãos Russo são muito competentes ou o trabalho colaborativo do filme foi sem igual. Cada personagem foi aproveitado de maneira coerente com o universo estabelecido, ninguém sobra ou é deixado de lado. Mesmo com algumas side quests, o filme mantém um ritmo frenético sem cansar, e distribui muito bem seu tempo de tela, tudo sempre a favor da história.

Guerra Infinita consegue surpreender, a Marvel aceitou o desafio e venceu soberbamente. Obviamente tem seus poréns, mas são coisas muito particulares. O ideal é assistir sem saber nada, nenhum mísero detalhe, para aproveitar a experiência como se deve. De fato um filme memorável, que merece ser assistido diversas vezes no cinema.

OBS: Só tem uma cena pós créditos! 

 

Vingadores: Guerra Infinita - O Ultimato 2

Avaliação: Excelente!

 

João Pedro

Dez anos atrás a Marvel lançou um plano ambicioso, cujo primeiro fruto foi a reunião dos maiores heróis da terra no primeiro filme dos Vingadores lá em 2012. Anos e anos depois chegamos ao momento da Guerra Infinita, onde finalmente vemos Thanos, a ameaça prometida desde a cena pós-créditos do primeiro filme entra em cena. O filme é tudo aquilo que eu esperava? Não, nem de longe. E é isso que o torna excelente.

É muito difícil falar do filme sem dar spoilers, e falando sobre eles, fica aqui os meus parabéns pra Marvel que aprendeu com erros passados, uma vez que agora a empresa até mesmo faz pequenas alterações no trailer para que certas surpresas sejam realmente mantidas (não tecerei maiores comentários).

Falemos então dos personagens, estes que certamente não estão em falta no filme. É inacreditável pensar que em 2012 acreditamos que haveriam problemas para conciliar 6 heróis na tela. Agora, diretores e roteiristas nos provam que é possível equilibrar uma dezena de heróis na tela, com desenvolvimento de diversos núcleos sem que eles deixem de se conectar em algum momento. E eles estão todos lá: Homem de Ferro, Steve Rogers, Thor, todos eles desempenhando seu papel na luta contra o déspota louco Thanos, a maior ameaça que o UCM já viu. E um tremendo de um vilão.

Muitos fãs mais ferrenhos, defensores de adaptações fidedignas e transposições quadro a quadro das HQs para a tela com certeza não apreciarão o filme em sua totalidade, pelas mudanças realizadas. É tempo de aprendermos que algumas mudanças são sim necessárias desde que executadas de maneira coerente. E o resultado é um filme que ainda que não seja a “Guerra Infinita” transposta exatamente dos quadrinhos, é uma verdadeira obra de arte. Repleta de referências e cenas pensadas para o mais puro fã service, fazendo com que diversas cenas fossem aplaudidas na sala de cinema, encantando tanto fãs de quadrinhos mais antigos quanto entusiastas mais recentes do filme.

Parafraseando um filme da distinta concorrência, podemos dizer que Guerra Infinita não é o filme que esperávamos, mas com certeza é o filme que merecemos.

 

Vingadores: Guerra Infinita - O Ultimato 2

Avaliação: Excelente!

 

Trailer:

 

 

Vingadores: Ultimato (Avengers: Endgame) estreia em 26 de abril. Para conferir os outros 21 filmes do MCU antes disso, basta assistir um por dia! A ordem cronológica, sugerida pelos irmãos Russo (diretores do longa) já está aqui, no nosso GUIA DEFINITIVO MCU – SAGA DO INFINITO!

 

*Postado originalmente em 26 de abril de 2018.

 

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram

Facebook

Amazon


 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: