Ultimato do Bacon

Sociedade da Justiça : A Era de Ouro – O Ultimato

Em 14 de Fev de 2019 3 minutos de leitura
Sociedade da Justiça: A Era de Ouro
Ano: 2018 Editora: Panini
Páginas: 200

Autor: James Robinson

Arte: Paul Smith

   

Sinopse: “Na Era de Ouro dos anos 1940, homens e mulheres extraordinários com habilidades excepcionais surgiram para defender a nação, suas máscaras e uniformes como um farol de esperança para um país ameaçado. Flash, Lanterna Verde, Gavião Negro, Starman, Átomo, Liberty Belle e muitos outros esses super-heróis atenderam ao chamado às armas dos Estados Unidos, formando a Sociedade da Justiça da América. Entretanto, a guerra terminou e a necessidade de heróis chegou ao fim com ela. Com sua importância desvanecendo, esses campeões tentaram retornar às suas vidas, apenas para serem encarados com suspeita e medo, até mesmo por seu próprio governo. Um novo herói chamado Dínamo capturou a atenção do público, apoiado por políticos buscando impor os ideais fascistas de um governo da época do macarthismo. Porém, quando se tornam claras que as intenções e origens de Dínamo são mais sombrias do que qualquer um jamais sonhou, apenas os homens mascarados da Era de Ouro podem detê-lo. Eles estão prontos para dar tudo o que têm para derrotar este mal, e ao fazerem isso, irão dar início a uma novíssima era.”

 

[tabby title=”Lucas Souza”]

Uma das ausências mais sentidas pelo fãs de quadrinhos nos últimos anos, desde os Novos 52 da DC comics, é a Sociedade da Justiça. A super equipe era uma grande inspiração para os outros heróis – como a Liga da Justiça – antes do reboot promovido pela editora. Nomes como Alan Scott, Jay Garrick, Gavião Negro, Doutor Meia-Noite, Johnny Trovoada, Homem-Hora, Senhor Incrível e tantos outros eram presença garantida no título. A fase mais aclamada da equipe saiu das mãos de Geoff Johns no início dos anos 2000 (a panini publicou quase tudo dessa fase na sua 1ª revista de nome Liga da Justiça).

Essa ausência das HQ´s faz com que o relançamento de Sociedade da Justiça : A Era de Ouro, seja ainda mais especial. A Panini lançou o encadernado em capa dura contendo as 4 edições da minissérie original escrita por James Robinson em 1993.  E o material é sensacional.

 

A Era de Ouro reúne personagens “esquecidos” e ausentes das HQ´s nos últimos anos

 

A Era de Ouro parte de uma premissa relativamente simples: A 2ª Guerra Mundial acabou. Com o mundo mudando, os supers começam a perder seu espaço e importância na sociedade e o receio de uma ameaça russa deixa os políticos e a própria América completamente paranóicos. É nesse cenário de desconfiança que começamos a acompanhar a SJA. Robinson vai nos fazendo descobrir aos poucos o que aconteceu com cada um deles e como eles resolveram tocar a vida no pós-guerra.

O que chama muita atenção é como a história brinca com nossa expectativa. O tom vai de algo similar a um suspense policial a ação desenfreada e ficção científica em poucas páginas! E acredite: funciona bem demais! O autor passa a sensação de que queria que nós nos conectássemos com os heróis mais obscuros da DC e por isso foge do caminho óbvio de tornar Gavião Negro ou Sentinela o personagem mais recorrente.

As duas primeiras edições das quatro que compõem a minissérie são arrastadas e, por vezes, pecam no ritmo. Temos a sensação de que ele está construindo um mistério hiper complexo e criando expectativas que não vai poder cumprir. A ideia de abordar o tema de “medo” e paranoia com supers é arriscada – Temos Watchmen que é a obra definitiva sobre o tema. Mas tudo muda nas duas últimas edições.

O plot twist empregado pelo autor é um dos mais inesperados que já vi. A ideia é simplesmente sensacional e leva a história para uma direção completamente diferente. Até esse ponto, a fama da história parece completamente descabida. Após o acontecimento, é completamente justificada. E lembra as expectativas criadas que comentamos acima? Todas elas são perfeitamente atendidas e os painéis da última edição feitos por Paul Smith são simplesmente deslumbrantes. Sua arte encaixa perfeitamente com a proposta da história.

A guinada na história e a criatividade de James Robinson fazem de Sociedade da Justiça: A Era de Ouro uma grande história que merece ser lida pelos fãs de HQ´s e por aqueles que sentem saudades de boas aventuras com a equipe. Vá preparado para desconfiar de todos e deixe o clima de paranóia bater forte!

 

Avaliação: Ótimo!

[tabbyending]

 

 

Compre a edição com desconto clicando na imagem abaixo:

 

 

 

Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Whatsapp

Instagram

Facebook

Amazon

 

 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade