Em 2012 o Universo de Saga de Brian K. Vaughan ganhou vida contando com a bela arte de Fiona Staples . Para se ter noção do sucesso da nova série, Brian K. Vaughan chegou a ganhar o Eisner de melhor escritor em 2013 e 2014 por conta do seu trabalho com a HQ. Sofrendo fortes influências de Star Wars e histórias espaciais em geral, Saga consegue contar uma história envolvendo com conceitos familiares e, ao mesmo tempo, novos.

Nos EUA, Saga de Brian K. Vaughan e Fiona Staples já conta com mais de 10 encadernados. Aqui no Brasil, a Devir publica os encadernados desde 2014 e, atualmente, já temos 9 publicados (contando a história até a edição 54 da série original).

Porque Você Deve Ler Saga de Brian K. Vaughan? 1
Alana e Marko são os grande protagonistas da história espacial Saga de Brian K Vaughan e Fiona Staples

A História de Saga de Brian K. Vaughan e Fiona Staples

Saga conta a história de Alana e Marko, dois extraterrestres que estão em lados opostos de uma guerra contínua entre seus povos. O problema é que os dois soldados acabam se apaixonando e decidindo fugir – e é aí que seus povos decidem caçar os dois. A história é, basicamente, narrada pela filha deles: Hazel. Esse fato inusitado é uma das primeiras grandes diferenças da narrativa de Brian K. Vaughan.

Em Saga de Brian K Vaughan temos de tudo: naves vivas, fantasmas, ET´s com cabeça de TV e muito mais. Fora os fantásticos conceitos que a história traz, a narrativa é um dos grandes destaques. Sempre evoluindo e em movimento, ela deixa evidente a mudança de personalidade e a passagem de tempo – e elas são extremamente críveis. É possível sentir a tensão em diversas decisões e no tom cinza da história. Os grandes vilões, o preconceito e a guerra, fazem vítimas dos dois lados e a história deixa claro, o tempo todo, que as coisas nem sempre são o que parecem.

Porque Você Deve Ler Saga de Brian K. Vaughan? 2
Caçador e matador de aluguel “O Querer” e sua gata da mentira Fionna em Saga de Brian K Vaughan e Fiona Staples

Além dos personagens principais, temos os interessantíssimos coadjuvantes de Saga. O caçador de recompensas “O Querer” e sua gata da mentira são responsáveis por excelente cenas e mostram desde a primeira aparição que existem escrúpulos até na pior das atividades (ao menos no mundo de Brian K. Vaughan). Além deles, vale destacar a fantasma Izabel, companheira constante de Hazel, e o Príncipe Robô. Cada um desses personagens tem uma história, e dilemas, tão interessante quanto a dos protagonistas Alana e Marko – o que  torna o inevitável confronto entre eles ainda mais interessante para o leitor.

Porque Você Deve Ler Saga de Brian K. Vaughan? 3

A Espada de Marko em Saga Saga de Brian K Vaughan e Fiona Staples te lembra algo?

Se o roteiro de Brian K. Vaughan é essencial para Saga, podemos dizer que ele estaria incompleto sem a arte de Fiona Staples. O desenho claro e simples da artista dá vida ao roteiro e torna tudo ainda mais interessante. Dos visuais as cores, tudo é extremamente sinérgico – difícil imaginar a história de Marko, Alana e sua filha Hazel com algum elemento diferente.

Posso dizer, sem medo, que o universo de Saga de Brian K Vaughan é um dos melhores que já vi em uma HQ. A simplicidade de um roteiro bem escrito e amarrado vai de encontro a desenhos e cores perfeitos para a epopéia espacial que os criadores se propõem a contar. A miscelânea de conceitos utilizados pelo autor, de forma cirúrgica, dão ainda mais vida a essa bela história. Em um mercado razoavelmente saturado como o de Quadrinhos, onde temos reciclagens de conceitos e histórias acontecendo a todo o momento (e nem sempre boas!), Saga é um sopro de novidade e ânimo!

Uma das melhores histórias sendo lançadas no momento. Star Wars que se cuide….

Quer conhecer mais HQ´s que são surpreendentes? Confira nossa categoria Baú de HQ´s!


Créditos:

Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Alexandre Baptista
Texto publicado originalmente em 11 de abril de 2019. Atualizado em 10 de abril de 2020.

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!