Ultimato do Bacon

Popeye Um Homem Ao Mar – O Ultimato

Em 5 de Jul de 2022 4 minutos de leitura
Popeye 1

Popeye é um personagem clássico dos quadrinhos, criado por Elzie Crisler Segar em 17 de janeiro de 1929. Na tira de jornal Thimble Theatre, em 1933, foi adaptado em uma série de curta-metragens de animação pela Fleischer Studios e posteriormente pelo Famous Studios para Paramount Pictures que durou até 1957.

Popeye, como todos sabemos, é um marinheiro muito carismático que está sempre tentando proteger sua namorada, Olivia Palito das mão do seu eterno inimigo, Brutus. Quando come espinafre, Popeye fica muito mais forte e confiante, podendo vencer qualquer desafio.

Figura entre um dos maiores personagens da cultura pop, fixado no imaginário de todos, entretanto, é um personagem que não teve produções recentes que adaptassem o personagem para um novo público. Então fica a pergunta: o por quê lançar uma história desse personagem que muitas vezes pode nem ter um grande apelo nos dias atuais?

Com esse texto pretendo mostra como a obra de Antoine Ozanam, em conjunto com a arte excelente do brasileiro Marcelo Lelis, resgata o personagem que estava à deriva e engradece a obra original com uma aventura cativante e muito emocionante.

Popeye 2

Eu não sou daqui também, marinheiro… Mas eu venho de longe

Índice

Popeye – Eu sou o que sou, e isso é tudo o que eu sou!!!

Em 2019, após 90 anos de sua primeira aparição, o escritor Antoine Ozanam e o artista Marcelo Lelis lançaram na França POPEYE: UM HOMEM AO MAR

Ozanam faz uma releitura da origem do personagem, trazendo uma pegada bem realista para tudo que é apresentado. Os personagens são apresentados de maneira muito respeitosa e ainda ganham camadas que não tinham sido exploradas em outras mídias assim nós acabamos entendendo um pouco melhor cada um deles. É incrível como em poucos quadros Ozanam consegue passar todo o peso que os personagens carregam.

Popeye é retratado como um homem de vida difícil, alguém que tenta se manter vivo, enfrentando desafios árduos durante todos os dias; ao longo da narrativa o autor aprofunda a sua personalidade em uma desconstrução, nos mostrando que o nosso querido marujo briguento não se resume somente a isso. O homem corajoso que não teme ninguém e quer resolver tudo com seus punhos, na verdade se mostra uma pessoa amável de fácil apego e com um grande coração.

História de pessoas simples, que enfrentam os problemas que nós enfrentamos, uma trama de muitos conflitos, mas que emana respeito pela vida humana e pela amizade, o que é lindo e poético de se ler. As interações entre os personagens é conduzida de tal forma que é muito palpável e natural, o autor alinhado com a brilhante arte de Lelis e nos emociona ao passar de cada página com uma história que nos prende do início ao fim.

Sou forte até o fim, com espinafre pra mim

Popeye 3

Da vida, não espero muito… Sou marinheiro de primeira viagem!

É fulcral pontuar a excepcional escolha de Marcelo Lelis para esse projeto, a trama com um pé no realismo alinhado a arte cartunesca de Lelis é maravilhosa!!!!! obtendo um contraste grande com a obra que faz uma releitura dramática do nosso querido marinheiro.

Ademais, é imperativo ressaltar que Lelis com seu traço mais lúdico, nos encanta se assemelhando com um livro de conto infantil, quando justamente o oposto acontece. Pelo seu desenho percebemos a apatia do personagem e que tem uma vida muito difícil.

Desse modo, a colorização também exerceu um papel fundamental na ambientação, optando por uma paleta de cores suave, bonita com um azul esverdeado, o artista nos deixa encantando com aquele mundo. 

Por fim pode-se dizer que a arte de Lelis deixa a história exuberante carregada com um tom melancólico, uma nostalgia, tendo até uma intertextualidade com uma cena de insustentável leveza do ser, em momentos tão tristes quanto belo. Lelis colocou sua marca pessoal no marinheiro mais conhecido dos quadrinhos.

Eu sou o marinheiro Popeye…mas pode me chamar de Frank

Popeye 4

Quem te ensinou a nadar? Foi o tombo do navio, ou o balanço do mar?

Frank “Rocky” Fiegel foi um veterano da Marinha norte-americana que, após reformado, passou a trabalhar em um bar de uma pequena cidade do Estado de Illinóis. Mesma localidade e bar frequentados pelo pai de Elzie Crisler Segar, ilustrador do desenho.

Ele supostamente tinha uma força descomunal e muitas vezes participava de brigas. Como Popeye, ele fumava cachimbo, era desdentado e gentil com as crianças sempre contando histórias fantasiosas se gabando de proezas físicas que provavelmente não tinha feito, mas que eram muito divertidas. Elzie Crisler Segar foi uma dessas crianças que foram influenciadas pelas narrativas fantasiadas de Frank.

Além de Rocky outras pessoas inspiraram a criação de outros personagens, como Dora Paskel, dona de um armazém em Chester e que era muita alta, magra e usava o cabelo em coque que foi a grande inspiração de Elzie para Olivia Palito.

A cidade de Chester, conhecida como “Lar do Popeye”, se beneficiou muito com o turismo e hoje dedica um parque memorial a Elzie Segar e mais de 15 estátuas a seus personagens.

Rocky, morreu em 1947, perto de completar 80 anos. Em sua lápide foi esculpido o personagem e os dizeres: “Inspiração para o marinheiro Popeye”.

Conclusão

Popeye 5

Ancorei minhas angústias e, como um bom marinheiro, estou pronto para novas tormentas!

Popeye um homem ao mar é o melhor quadrinho que li em 2022 até o momento, e é também uma das melhoras histórias que li na vida.

O texto e a arte casam perfeitamente e te colocam dentro de um curto período na vida do marinheiro mais famoso da cultura pop. Você pode medir a qualidade de uma obra por vários critérios, mas a principal, o que vale, é a capacidade de uma obra te provocar sorrisos e lágrimas. Popeye consegue isso de forma brilhante, linda e tocante.

Definitivamente este é um quadrinho que merece ser lido.

Não deixe de conferir nossa matéria especial com As Melhores HQs para Conhecer Will Eisner clicando aqui!

Avaliação: Excelente!

Compre Popeye Um Homem Ao Mar clicando na capa abaixo! .

Popeye Comprar


Créditos:
Texto: Jorge Paulino – @jorge.p.jr @haterzasso
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

UB Escombros o Status de Knuckle 1 PRINCIPAL

Escombros o Status de Knuckle (2012) – O Ultimato

16 de Ago de 2022

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade