Pantera Negra (Black Panther)
Ano: 2018 Distribuição: Disney / Buena Vista
Estreia: 15 de Fevereiro

Direção: Ryan Coogler

Roteiro: Ryan Coogler, Joe Robert Cole

Duração: 135 min Elenco: Chadwick Boseman, Michael B. Jordan, Lupita Nyong'o, Danaia Gurira, Letita Wright, Andy Serkis e Martin Freeman

Sinopse: “Pantera Negra acompanha T'Challa que, após os acontecimentos de Capitão América: Guerra Civil, decide voltar para casa – a isolada e tecnológicamente avançada nação africana de Wakanda – e assumir sua função como Rei. Porém, quando um antigo inimigo reaparece, sua coragem é testada quando ele é levado para um conflito que coloca o destino de Wakanda e do mundo em risco."

 

Diego Brisse

Há dez anos a Marvel iniciava seu universo cinematográfico apostando alto em um personagem B com picos no C e até no D. Hoje o público já tem maturidade o suficiente para entender o gênero super herói, e o coração aberto aos personagens não tão conhecidos. 

Pantera Negra vem em um bom momento, faz suas criticas sociais de maneira direta sem ser tão exagerada e valoriza as origens do personagem. Talvez seja o filme de origem mais fiel à HQ, exceto as adaptações necessárias para o vilão. E a origem é contada em dois minutos! De maneira direta e sem muitas explicações, valorizando o amadurecimento do público, o costume com o gênero super herói. 

A ambientação do filme é perfeita, mostra que mesmo um país com supremacia tecnológica, pode se manter fiel à sua cultura, suas raízes. Isso é muito bem representado pelo figurino, pelo comportamento dos personagens, pelos locais, e até mesmo na estratégia para demonstrar que ali eles falam um outro idioma, mas por questões óbvias é inviável manter um elenco de um filme blockbuster falando outro idioma senão o inglês o tempo inteiro. É como uma licença poética. 

Chadwick Boseman está perfeito em seu papel, mas tem sua interpretação quase ofuscada pelo inspirado Michael B. Jordan, que mais uma vez mostra todo seu talento, encarnando talvez um dos melhores vilões do UCM, com motivações plausíveis e que causam impacto, levando um mínimo de reflexão ao herói e sua maneira de pensar. 

Embora o filme acerte em cheio em muitos pontos, não deixa de cometer seus erros, que acompanham a fórmula Marvel nos últimos anos. A oportunidade de manter o filme isolado, sem ameaças mundiais, foi desperdiçada. Algumas reviravoltas são muito forçadas e totalmente desnecessárias, a partir de certo ponto o filme se torna tão óbvio que chega a ser chato. As cenas de ação acabam não surpreendendo tanto, já que boa parte estava nos trailers, estragando a surpresa. E as duas cenas pós créditos são totalmente dispensáveis! Uma estratégia que antes servia para complementar, hoje vem para irritar! 

Mesmo cometendo os erros já característicos do Universo Marvel, Pantera Negra consegue se sobressair com seus acertos, tratando temas delicados com sutileza e representando a comunidade sem fomentar ainda mais a polarização, trazendo a discussão de maneira equilibrada e coerente. Um filme que funciona de forma isolada sem precisar se explicar tanto, mas mantendo a referência ao UCM.

 

 

Avaliação: Ótimo

 

 

Trailer:

 

Vingadores: Ultimato (Avengers: Endgame) estreia em 26 de abril. Para conferir os outros 21 filmes do MCU antes disso, basta assistir um por dia! A ordem cronológica, sugerida pelos irmãos Russo (diretores do longa) já está aqui, no nosso GUIA DEFINITIVO MCU – SAGA DO INFINITO!

 

*Postado originalmente em 15 de fevereiro de 2018.

 

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram

Facebook

Amazon