post original por Luiz Claudio Garcia da Costa

página GUIAS E ORDENS DE LEITURA

[ATUALIZADO em 22 de julho de 2019]

 

Eles nos fizeram rir, chorar, nos questionar sobre a existência, crermos no inimaginável ou simplesmente nos divertir. Alguns desses diretores dominam as bilheterias de todo o mundo desde os anos 70. Destacamos aqui os dez com as maiores bilheterias atualmente.

Dois diretores que estão fora desse top 10 tem sérias condições de entrarem no ranking devido aos filmes que lançarão este ano: J.J. Abrams, atualmente com 3,579 Bilhões de dólares acumulados, dirige Star Wars: Episódio IX – A Ascenção Skywalker (Star Wars: Episode IX – The Rise of Skywalker) no final do ano; e Jon Favreau, atualmente com 2,686 Bilhões em bilheteria, dirige O Rei Leão (The Lion King) em julho.

Vamos à lista?

 

1 – Steven Spielberg (US$ 10,237 bilhões)

 

 

1 – Jurassic Park: Parque dos Dinossauros (Jurasic Park, 1993) – US$ 1,029 bilhão

2 – E.T.: O Extraterrestre (E.T. the Extra-Terrestrial, 1982) – US$ 792,91 Milhões

3 – Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal (Indiana Jones and the Kigdom of the Crystal Skull, 2008) – US$ 786,63 Milhões

4 – Jurassic Park: O Mundo Perdido (The Lost World: Jurassic Park, 1997) – US$ 618,63 Milhões

5 – Guerra dos Mundos (War of the Worlds, 2006) – US$ 591,74 Milhões

 

Em primeiro lugar, como não poderia deixar de ser, um dos reinventores do cinema nos anos 70 e que iniciou a era dos blockbusters. Em 1975, seu estrondoso sucesso Tubarão (Jaws) se tornou a maior bilheteria da história do cinema até ser desbancado em 1977 pelo então chamado Guerra nas Estrelas, hoje conhecido como Star Wars: Episódio IV – Uma Nova Esperança (Star Wars: Episode IV – A New Hope), do seu amigo George Lucas, outro diretor que reinventou o cinema da época.

Spielberg ainda veria dois filmes seus estarem no topo das maiores bilheterias de todos os tempos com E.T.: O Extraterrestre (E.T. the Extra-Terrestrial, 1982) e Jurassic Park: Parque dos Dinossauros (Jurasic Park, 1993).

Outros de seus grandes sucessos são O Resgate de Soldado Ryan (Saving Private Ryan, 1998) e A Lista de Schindler (Schindler's List, 1993), pelos quais Steven levou o Oscar de melhor diretor. Além de Contatos Imediatos do Terceiro Grau (Close Encounters of the Third Kind, 1977), a trilogia de Indiana Jones, A Cor Púrpura (The Color Purple, 1985), Império do Sol (Empire of the Sun, 1987), Hook – A Volta do Capitão Gancho (Hook, 1991), A.I. – Inteligência Artificial (A.I. Artificial Intelligence, 2001),  Minority Report – A Nova Lei (Minority Report, 2002), Prenda-me Se For Capaz (Catch Me if You Can, 2002) e O Terminal (The Terminal, 2004).

 

2 – Anthony Russo – US$ 6,837 Bilhões*

3 – Joe Russo – US$ 6,837 Bilhões*

 

Anthony (esq.) e Joe Russo.

 

1 – Vingadores: Ultimato (Avengers: Endgame, 2019) – US$ 2,790 Bilhões*

2 – Vingadores: Guerra Infinita (Avengers: Infinity War, 2018) – US$ 2,048 Bilhões

3 – Capitão América: Guerra Civil (Captain America: Civil War, 2016) – US$ 1,153 Bilhão

4 – Capitão América 2: O Soldado Invernal (Captain America: The Winter Soldier, 2014) – US$ 714,26 Milhões

5 – Dois é Bom, Três é Demais (You, Me and Dupree, 2006) – US$ 130,43 Milhões

 

Em segundo lugar estão os irmãos Russo, responsáveis pelo segundo longa do Capitão América, o aclamado pela crítica e pelo público Capitão América 2: O Soldado Invernal. Este sucesso os levaram a dirigir o terceiro longa do personagem e o terceiro e quarto Vingadores, que encerram a Saga do Infinito dentro do Universo Cinematográfico Marvel.

Com Vingadores: Ultimato eles conseguiram se tornar os primeiros diretores com três filmes que ultrapassaram a barreira do 1 bilhão de dólares, além de se igualarem a James Cameron por terem dirigido dois filmes que superaram os 2 bilhões de dólares.

 

4 – Peter Jackson – US$ 6,539 Bilhões

 

 

1 – O Senhor Dos Anéis: O Retorno do Rei (The Lord of the Rings: The Return of the King, 2003) – US$ 1,119 Bilhão

2 – O Hobbit: Uma Jornada Inesperada (The Hobbit: An Unexpected Journey, 2012) – US$ 1,021 Bilhão

3 – O Hobbit: A Desolação de Smaug (The Hobbit: The Desolation of Smaug, 2013) – US$ 958,36 Milhões

4 – O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos (The Hobbit: The Battle of the Five Armies, 2014) – US$ 956,01 Milhões

5 – O Senhor Dos Anéis: As Duas Torres (The Lord of the Rings: The Two Towers, 2002) – US$ 926,04 Milhões

 

O antigo segundo lugar teve duas colocações perdidas para os dois diretores de Vingadores: Ultimato. Peter jackson chegou à colocação basicamente graças a suas duas trilogias épicas de fantasia: O Senhor dos Anéis e O Hobbit, baseadas na obra litetária de J.R.R. Tolkien.

Juntos os seis filmes somaram 17 Oscars de um total de 37 indicações, sendo as 17 premiações e 30 das indicações pela trilogia O Senhor dos Anéis e 7 indicações pela trilogia Hobbit.

O mais premiado dos filmes foi O Senhor Dos Anéis: O Retorno do Rei que venceu as 11 categorias em que foi indicado, empatando com Ben-Hur (1959) e Titanic (1997) como o maiores vencedores da história do Oscar.

 

5 – Michael Bay – US$ 6,451 Bilhões

 

[U.S. Air Force photo/Tech. Sgt. Larry A. Simmons]

 

1 – Transformers: O Lado Oculto da Lua (Transformers: Dark of the Moon, 2011) – US$ 1,123 Bilhão

2 – Transformers: A Era da Extinção (Transformers: Age of Extinction, 2014) – US$ 1,104 Bilhão

3 – Transformers: A Vingança dos Derrotados (Transformers: Revenge of the Fallen, 2009) – US$ 836,30 Milhões

4 – Transformers (2007) – US$ 709,70 Milhões

5 – Transformers: O Último Cavaleiro (Transformers: The Last Knight, 2017) – US$ 605,42 Milhões

 

Em quinto, temos o diretor responsável pela maior parte dos filmes da franquia dos Transformers. Filmes com muita ação, cortes de câmera, edição rápida e explosões.

Além desta franquia destacam-se em sua filmografia longas como Armagedom (Armageddon, 1998), A Rocha (The Rock, 1996), Pearl Harbor (2001) e Os Bad Boys (Bad Boys, 1995).

 

6 – James Cameron – US$ 6,141 Bilhões

1 – Avatar (2009) – US$ 2,790 Bilhões

2 – Titanic (1997) – US$ 2,187 Bilhões

3 – O Exterminador do Futuro 2 – O Julgamento Final (Terminator 2: Judgment Day, 1991) – US$ 520,88 Milhões

4 – True Lies (1994) – US$ 378,88 Milhões
 
5 – Aliens, O Resgate (Aliens, 1986) – US$ 131,06 Milhões

 

Em sexto lugar, pelo menos até Avatar 2 sair, está James Cameron. O visionário diretor é responsável por dois dos maiores sucessos da história do cinema: Avatar e Titanic. Ambos perderam seus postos de maiores bilheterias da história para Vingadores: Ultimato; ambos ficaram exatamente 10 anos na posição e marcaram época, tanto pelo empenho do diretor em realizá-los quanto pela sua inovação técnica.

Muito antes disso o diretor já se destacava nesse quesito com Aliens, O Resgate, O Segredo do Abismo (The Abyss, 1989) e O Exterminador do Futuro 2 que venceram o  Oscar na categoria Melhores Efeitos Visuais, fato repetido por Titanic e Avatar.

 

7 – David Yates – US$ 6,001 Bilhões

 

1 – Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 (Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 2, 2011) – US$ 1,341 Bilhão

2 – Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 (Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 1, 2010) – US$ 960,43 Milhões

3 – Harry Potter e a Ordem da Fênix (Harry Potter and the Order of the Phoenix, 2007) – US$ 940,01 Milhões

4 – Harry Potter e o Enigma do Príncipe (Harry Potter and the Half-Blood Prince, 2009) – US$ 934,54 Milhões

5 – Animais Fantásticos e Onde Habitam (Fantastic Beasts and Where to Find Them, 2016) – US$ 814,03 Milhões

 

Em sétimo lugar, o diretor que assumiu a franquia Harry Potter a partir do quarto filme. Pelo sucesso obtido ao dirigir os quatro filmes seguintes, foi o escolhido para dar início a uma nova franquia baseada nos livros de J.K. Rowling: Animais Fantásticos e Onde Habitam, que inaugurou a grande franquia de "Mundo Mágico" (Wizarding World), composta por todos os filmes baseados nas obras de Rowling.

A nova série de filmes, prevista para se encerrar com 5 títulos,  já conta com dois realizados, todos previstos para serem dirigidos por Yates – o que pode jogar o diretor algumas posições pra cima neste ranking.

 

8 – Christopher Nolan – US$ 4,755 Bilhões

 

1 – Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (The Dark Knight Rises, 2012) – US$ 1,084 Bilhão

2 – Batman: O Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight, 2008) – US$ 1,004 Bilhão

3 – A Origem (Inception, 2010) – US$ 828,32 Milhões

4 – Interestelar (Interstellar, 2014) – US$ 677,46 Milhões

5 – Dunkirk (2017) – US$ 526,94 Milhões

 

Em oitavo lugar, outro visionário diretor, Christopher Nolan. Seus filmes instigantes com roteiros afiados e grandes reviravoltas são aclamados pela crítica.

Em destaque, Batman: O Cavaleiro das Trevas, que muito fãs de quadrinhos consideram o melhor já feito no gênero e responsável por algumas mudanças nas regras do Oscar ao ser esnobado na categoria de Melhor Filme. O longa concorreu em oito categorias mas não a principal.

 

9 – Tim Burton – US$ 4,332 Bilhões*

 

1 – Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland, 2010) – US$ 1,025 Bilhão

2 – A Fantástica Fábrica de Chocolates (Charlie and the Chocolate Factory, 2005) – US$ 474,96 Milhões

3 – Batman (1989) – US$ 411,34 Milhões

4 – Planeta dos Macacos (Planet of the Apes, 2001) – US$ 362,21 Milhões

5 – Dumbo (2019) – US$ 352,20 Milhões*

 

Em nono lugar, o diretor de filmes sombrios, excêntricos e góticos, Tim Burton. Essas características já estavam presentes desde o começo de sua carreira com Os Fantasmas se Divertem (Beetlejuice, 1988), Edward Mãos de Tesoura (Edward Scissorhands, 1990), Batman (1989) e Batman: O Retorno (Batman Returns, 1992).

Apesar dessa sua característica autoral, marca registrada do  diretor até mesmo em filmes direcionados ao público infantil, isso não o impediu de trabalhar com a Disney e ainda alcançar grandes bilheterias em filmes como Alice no País das Maravilhas ou, mais recentemente, Dumbo

Estão entre seus trabalhos Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas (Big Fish, 2003), Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet (Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street, 2007) e O Lar das Crianças Peculiares (Miss Peregrine's Home for Peculiar Children, 2016).

 

10 – Robert Zemeckis – US$ 4,256 Bilhões

 

1 – Forrest Gump: O Contador de Histórias (Forrest Gump, 1994) – US$ 677,94 Milhões

2 – Náufrago (Cast Away, 2000) – US$ 429,63 Milhões

3 – De Volta para o Futuro (Back to the Future, 1985) – US$ 381,10 Milhões

4 – De Volta para o Futuro 2 (Back to the Future Part II, 1989) – US$ 331,95 Milhões

5 – Uma Cilada para Roger Rabbit (Who Framed Roger Rabbit, 1988) – US$ 329,80 Milhões

 

Em décimo lugar, o diretor responsável por uma das mais queridas trilogias do cinema: De Volta Para o Futuro.

Além dela destacam-se em sua filmografia os longas Contato (Contact, 1997), Uma Cilada para Roger Rabbit, Náufrago e Forrest Gump, que rendeu a Zemeckis o Oscar de Melhor Diretor, avalizando seu sólido trabalho no cinema.

 

E aí, o que achou da lista? Deixe suas opinões nos comentários!

E fique ligado no Ultimato do Bacon para mais matérias sobre cinema!

 

 

*Filmes ainda em arrecadação, número não-finais. Dados via Box Office Mojo.


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon