Operação Fronteira (Triple Frontier)
Ano: 2019 Distribuição: Netflix
Estreia: 13 de Março

Direção: J.C. Chandor

Roteiro: J.C. Chandor; Mark Boal

Duração: 125 Minutos  

Elenco: Ben Affleck; Pedro Pascal; Oscar Isaac; Charlie Hunnam; Garret Hedlund; Adria Arjona 

Sinopse: “Tom Davis (Ben Affleck), Santiago Garcia (Oscar Isaac), Francisco Morales (Pedro Pascal), William Miller (Charlie Hunnam) e Ben Miller (Garrett Hedlund) são cinco ex-soldados das Forças Especiais dos Estados Unidos que decidem se reunir para executar um plano arriscado: roubar um poderoso senhor do crime na fronteria que separa o Brasil da Argentina e do Paraguai. No entanto, quando o esquema dá errado, os antigos companheiros de batalha se verão forçados a embarcar em uma épica luta por suas vidas.

 

Operação Fronteira - O Ultimato 1

 

 

Lucas Souza

O mais novo filme da Netflix, Operação Fronteira (Triple Frontier), chegou ao serviço de streamming com um elenco estelar: Ben Afleck, Charlie Hunnam, Garret Hedlund, Pedro Pascal, Oscar Isaac entre outros. O filme de J. C. Chandor conta a história de um grupo de militares que decide invadir o esconderijo de um grande traficante da América do Sul para roubar o dinheiro que ele guardava.

Um bom filme de ação, no melhor estilo “somos os melhores no que fazemos”, faz falta. E Operação Fronteira é justamente isso. Um bom filme de ação, com uma história fechadinha e com boas atuações. A dinâmica entre os personagens principais Redfly (Ben Affleck), Ironhead (Charlie Hunnam), Pope (Oscar Isaac), Ben Miller (Garrett Hedlund) e Catfish (Pedro Pascal) funciona muito bem e é extremamente fluída – o que raramente acontece em filmes de ação desse gênero. As cenas de ação e os cenários também são um espetáculo à parte e, super bem filmadas, conseguem dar a urgência e passar a violência do que está acontecendo em tela de forma segura.

 

Operação Fronteira - O Ultimato 2

Elenco estelar dá vida a um roteiro interessante em Operação Fronteira (Triple Frontier)

 

Em filmes de ação do gênero “somos os melhores no que fazemos” dificilmente temos espaço para grandes diferenciações entre os personagens – normalmente a diferença está no tipo de arma (ou especialidade) que cada um dos personagens usa. Operação Fronteira vai por outro caminho e humaniza seus personagens de forma que conseguimos entender o que está se passando na mente deles. Infelizmente, alguns tiveram mais desenvolvimento do que outros – um grupo de 5 pessoas em um filme relativamente curto (125min.) não deu margem para grandes aprofundamentos em todos os personagens. Nesse quesito, foi Redfly (Ben Afleck) que saiu ganhando. Seu personagem é disparado o mais interessante e sofre grandes alterações de comportamento no decorrer do filme, mas como fomos apresentados a sua vida e a sua situação fica fácil e interessante entender o que está acontecendo.

A disfuncional equipe reunida por Santiago “Pope” Garcia (Oscar Isaac) mostra conflitos desde a sua formação, com integrantes com moral mais maleável e integrantes de moral mais rígido – fique atento a esse ponto, isso muda MUITO depois da operação começar. Essas diferenças ideológicas ficam ainda mais evidentes quando a ação de campo começa e as decisões precisam ser tomadas de forma rápida e precisa. Os momentos de ação são bem crus e gráficos, o que torna tudo ainda mais real e interessante.

 

Operação Fronteira - O Ultimato 3

Santiago Pope Garcia (Oscar Isaac) tem uma operação que ocorre bem diferente da que planejou

 

Outro grande acerto do filme da Netflix é a trilha sonora. Ao invés de ser utilizada durante a ação, tornando tudo um pouco plástico e com cara de videoclipe, ela usa as músicas para dar o tom antes da ação começar e deixa o próprio som dos tiros, explosões e confrontos se sobressairem para dar uma sensação de realidade ainda maior. Aliás, que seleção de música! Temos “For Whom The Bell Tolls” do Metallica, “Masters of War” do Bob Dylan, “Walk” do Pantera e outros grande sucessos! Prato cheio para os fãs de Rock.

No fim das contas, apesar da execução brilhante, o filme Operação Fronteira da Netflix comete apenas um erro: ele é muito óbvio. Por mais que tenhamos acontecimentos que fogem do que esperávamos, ele continua seguindo uma linha muito clara em termos de narrativa que deixa, ao espectador mais atento, claro para onde sua história está seguindo. Isso não quer dizer que as cenas não continuam carregadas de emoção e deixem de nos impressionar. Elas só perdem um pouco do fator surpresa. Com um desenvolvimento muito acima da média para filmes de ação, podemos considerar Operação Fronteira um grande acerto da Netflix – desde o estrelado elenco ao roteiro simples e direto.

 

Operação Fronteira - O Ultimato 4

Avaliação: Ótimo!

 

 

Trailer:

 
 
 

Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram

Facebook

Amazon