por Lucas Souza

 

A Panini Comics lançou esse mês a edição #2 da nova revista “Vingadores”. A publicação nacional, até agora, já trouxe as edições “Free Comic Book Day 2018 (Avengers/Captain America)” #1 e “Avengers” #1 – #3. Além dos roteiros de Aaron, a revista conta também com os desenhos de Ed McGuinness.

A trama tem a intenção de continuar se aprofundando nos eventos relatados em “Marvel: Legado” onde fomos apresentados aos Vingadores de 1.000.000 a.C. e a trama envolvendo a morte de um celestial nessa época. Jason Aaron e Ed McGuiness deixam claro que o mote principal, ao menos desse primeiro arco, são as consequências das ações dos Vingadores do passado que desencadeiam a vinda da Expedição Final.

A edição começa com um excelente diálogo entre Odin e o Pantera Negra onde somos apresentados a todas as possíveis consequências e perigos que irão fazer com que os Vingadores se unam mais uma vez.

 

O que já vimos dos Vingadores de Jason Aaron? 1


Capa da edição #1 dos Vingadores de Jason Aaron e Ed McGuinness

 

As três primeiras edições da nova fase dos Vingadores de Jason Aaron ainda trazem espaço para um hilário mas simbólico encontro entre Steve Rogers, Tony Stark e Thor que debatem a necessidade de reagrupar a equipe dos Heróis Mais Poderosos da Terra. Obviamente, e isso é muito representativo na história do grupo, os heróis tem seu encontro interrompido por uma nova (e gigantesca) ameaça.

O roteirista usa essas primeiras edições para deixar claro a sua ideia para a primeira formação da nova equipe que pretende trabalhar com Dr. Estranho, Motoqueiro Fantasma (Robbie Reyes), Mulher-Hulk, Capitã Marvel e Pantera Negra além dos três pilares já citados.

As edições que chegaram no Brasil até o momento, mostram que o autor terminou de colocar todas as peças no tabuleiro e já revelou a participação de um outro (e emblemático) vilão dos Vingadores: Loki. Por enquanto, suas intenções ainda não estão claras, mas muita coisa fantástica acontece neste começo por conta dele. Uma Mulher-Hulk bem animalesca e parecida com seu primo Bruce Banner, rouba a cena em “Vingadores” #2 da Panini – principalmente por sua interação com o Motoqueiro Fantasma. E sejamos francos: é sempre divertido ver um Hulk esmagando =)

 

 

O que já vimos dos Vingadores de Jason Aaron? 2

 

Celestiais são os inimigos dos Vingadores no primeiro arco de Jason Aaron

 

Até o momento, os Vingadores se encontram em apuros por conta de uma equipe que (mais uma vez) está sendo montada durante a ameaça; e por conta da magnitude do desafio (lidar com Celestiais não parece ser muito fácil).

O que torna esse novo começo um pouco diferente e interessante até aqui, é a presença de personagens como o Motoqueiro Fantasma (que se sente ainda bem deslocado) e Loki (que apesar de recorrente, chama a atenção por ainda não ter deixado claras as suas maquinações). Confesso que não me animei muito com a ideia de Vingadores de 1.000.000 A.C, mas as primeiras edições de Aaron sabem brincar com a ideia e com o mistério envolto nesses eventos.

Ainda que possamos considerar esse começo interessante, acredito que as próximas edições vão ser determinantes para saber se teremos uma nova fase digna e memorável como foram as de Hickman, Bendis e Pérez ou se teremos apenas mais um ciclo da equipe.

Só nos resta esperar e torcer!

 

Fique Ligado no Ultimato do Bacon para mais matérias e notícias sobre HQ´s!

 

 

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon


 

 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: