Ultimato do Bacon

O Pacto da Letargia de Miguelanxo Prado – O Ultimato

Em 18 de Dez de 2023 4 minutos de leitura

Conheça a história de um tríscele céltico que pode gerar uma guerra entre anjos e demônios em: O Pacto da Letargia de Miguelanxo Prado

O Pacto da Letargia é um quadrinho de realismo mágico do premiado quadrinista espanhol Miguelanxo Prado, autor de Traço de Giz (2021) e Tangências (2021), trazidos ao Brasil por Pipoca & Nanquim e Conrad, respectivamente.

A mesma editora trouxe O Pacto da Letargia, originalmente de 2020, publicado no Brasil em junho de 2022, com 104 páginas coloridas, capa dura.

Qual a trama de O Pacto da Letargia de Miguelanxo Prado

No universo criado por Miguelanxo, os magos, seres mágicos, viviam em harmonia na Terra até a chegada dos seres humanos. A boa convivência durou eras, mas com o avançar da humanidade, o equilíbrio original foi destruído e o mundo da magia ficou em perigo. Com isso, os magos se dividiram em duas castas. A dos Demônios, mais nobre, e a dos Puros, que reunia as outras famílias.

Para evitar a própria extinção e preservar a vida na Terra – humana e mágica –, os magos criaram o Pacto da Letargia: todos hibernariam até que o planeta voltasse a ter a condição adequada para a reconstrução do equilíbrio original. Ou seja, quando os humanos reencontrassem a harmonia com Gaia.

Desde então, os registros de todos os pontos secretos com os locais de sono dos magos foram guardados em um tríscele, que ficaria sob os cuidados de um guardião até o momento de usá-lo.

Algo acontece e dois magos acordam antes do tempo determinado pelo Pacto da Letargia

A história da HQ começa, de fato, quando dois magos, Griam e Xamain, um puro e um demônio, acordam fora do tempo. Não é, porém, uma obra de alta fantasia do tipo O Senhor dos Anéis (1954-1955), e o protagonista é o pesquisador acadêmico Artur Rego, que encontra um antigo caderno de anotações na biblioteca com o título “Da sobrevivência da ordem mágica”.

Ao perguntar ao seu orientador, Figueira Chao, sobre o autor do trabalho, Ancares Diaz, descobre que ele foi um professor desacreditado justamente por conta de seu envolvimento com temas mágicos. Isso não impede Artur de querer desbravar essa possível realidade, iniciando com uma visita a Diaz, já idoso e combalido.

Ao mesmo tempo, uma verdadeira disputa pela busca do tríscele se dá em três frentes. A de Faustino Traba, milionário fanático por temas obscurantistas, a de Xamain, que para trazer a paz de volta à Terra quer acordar os outros demônios e aniquilar a humanidade, e a de Griam e Áurea, com o objetivo de assegurar o pacto em seus termos originais.

Vale a pena ler?

Embora a capa do quadrinho, com a grande figura de Xamain – verde e com chifres – possa nos indicar o contrário, não estamos no subgênero da alta fantasia nem da aventura à la Indiana Jones (1981-2023) – mesmo que Artur se equipare ao personagem em determinado momento –. É importante para alinharmos as expectativas com a leitura.

Artur, um pesquisador, é o protagonista que se interessa por desbravar o mundo mágico

O Pacto da Letargia está mais para uma intriga arqueológica ou coisa do tipo. Com os dois pés na realidade, não fosse o contexto dos magos.

As investigações são semelhantes a pesquisas acadêmicas ou jornalísticas: pergunta para uma fonte, descobre outra, liga para uma terceira, pesquisa em arquivos, etc… Há um combate muito pontual com poderes, para não dizer que não exista nada nesse sentido. Griam e Xamain disfarçam suas aparências originais de forma mágica. Há ainda o surgimento de runas na floresta da cidade e a descoberta de uma mestiça – descendente de magos e humanos –. E ficamos nisso.

Do ponto de vista cultural, é curioso como Prado traz elementos de sua terra, o norte da Espanha – onde se passa a trama –, região dos galeses de raízes célticas. O próprio tríscele é um símbolo dessa cultura.

No entanto, o olhar do autor está para os problemas da atualidade. O mais evidente é a crítica, nas entrelinhas, a falta de sustentabilidade da vida humana. Estamos entre campos como os do ambientalismo e do ecologismo.

Nesse sentido, Xamain rouba a cena e nos lembra o lugar de vilão que Magneto ocupa nos X-Men, procurando resolver de maneira desastrosa e genocida um vício real. A falha está na forma e não no objetivo. Assim, Griam estaria equivalente ao professor Xavier.

O tríscele é a peça central da história. Se encontrada, pode desencadear uma guerra

A ganância também é colocada no espelho. Presente no individualismo de Faustino Traba, no contrabando arqueológico do professor Figueira Chao e em toda a rede de corrupção que os dois estão envolvidos na cidade.

Como pontos fracos do gibi, podemos citar a dificuldade em acompanhar a trama de primeira pela quantidade considerável de personagens, além de a aparente falta de protagonismo do dito protagonista, Artur.

Na divulgação original, O Pacto da Letargia foi apresentado como o primeiro de uma trilogia. A história tem arestas para isso, o que possivelmente atenuaria os problemas supraditos. O universo mágico poderia ganhar espaço em relação ao mundo das bibliotecas e antiquários; Artur e Lua, a mestiça, podem ter que assumir mais responsabilidades nos eventos; e respostas sobre como se desenrolou a vida entre os magos e os humanos podem surgir.

Nada disso tira a possibilidade da obra como leitura única. E cabe, por fim, o destaque ao que mais chama a atenção na HQ: a arte incrível e cheia de sutilezas de Prado. Desde os traços leves e finos, as faces características e estranhas, até as cores, aparentemente em aquarela, cheias de dégradé e efeitos orgânicos.

Os balões, substituídos por quadrados com transparência e um traço, ajudam a caracterizar a parte estética de O Pacto da Letargia. Funciona impecavelmente

Gostou do texto? Leia outras matérias do David Horeglad (HQ Ano 1) para o UB!

O SISTEMA (2023) – O ULTIMATO

A CHEGADA (2006) – O ULTIMATO

TOMB RAIDER: SAGA DA MÁSCARA DA MEDUSA (1999) – BAÚ DE HQs

Avaliação: Bom!

Compre O Pacto da Letargia de Miguelanxo Prado Clicando na Capa Abaixo:


Créditos:
Texto: David Horeglad – @hq_ano1
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!

Ultimato do Bacon YouTube

 


 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

You – 1ª Temporada – O Ultimato

28 de Jan de 2019

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade