Ultimato do Bacon

O Edifício de Will Eisner – O Ultimato

Em 23 de Mai de 2022 3 minutos de leitura
O Edifício de Will Eisner (0)

O que acontece quando a cidade e os prédios são os grandes observadores da história dos seres humanos? O Edifício de Will Eisner é uma história diferente das que estamos habituados a ver do autor que adora retratar o cotidiano. Aqui vemos a história de 4 protagonistas que estão ligados a um edifício que foi demolido. A trama, com ares fantasmagóricos, se destaca pelo formato da narrativa e pelo seu belo final!

O Edifício de Will Eisner é uma graphic novel que foi publicada em 1987 (The Building no original) nos EUA. A obra chegou ao Brasil pela primeira vez em 1989 em “Graphic Novel” #8 da Editora Abril. Em 2009 ela foi republicada na coletânea “Nova York – A Vida na Cidade Grande” da Cia. das Letras. 

Se você é fã de Will Eisner e quer conhecer outras obras do autor que falam sobre o cotidiano, confira nossas matérias sobre Um Contrato com Deus, O Sonhador,O Nome do Jogo, Assunto de Família e Pequenos Milagres.

O Edifício de Will Eisner (4)

Quatro fantamas estão conectados pela demolição de um prédio na HQ O Edifício de Will Eisner

A trama da HQ O Edifício de Will Eisner

O que acontece quando uma parte grande e relevante da cidade morre? Para onde vão as memórias, sonhos e lembranças de um edifício velho quando ele é demolido? É possível que objetos e coisas absorvam um pouco do calor e espírito humano quando ficam muito tempo em contato com as pessoas? 

A história de Will Eisner aborda o cotidiano sob uma ótica diferente e o lendário autor nos apresenta a vida de quatro pessoas que estavam muito ligadas ao edifício que foi demolido.

Monroe Mensh era um morador do edifício que sabia viver a vida sem se meter no assunto dos outros. O personagem, um excelente vendedor, tem sua percepção de vida transformada quando um garoto morre na sua frente. Sentindo culpa pelo ocorrido, Monroe parece querer compensar sua “falha” de qualquer forma.

O Edifício de Will Eisner (2)

Monroe Mensh se culpa pela morte de uma criança na HQ O Edifício de Will Eisner

O segundo fantasma é de Guilda Green. A jovem viveu um grande amor e o ponto de encontro com seu amado era justamente na frente do edifício. A história com seu amado, um poeta sonhador, é feita de altos e baixos e os dois nunca chegaram a oficializar a união. A tristeza que as escolhas de vida de Guilda geraram nela e no seu amado parecem reverberar até na sua morte.

Antonio Tonatti é o nosso terceiro fantasma e sua vida é marcada pela frustração que ele tem de não ter conseguido seguir a profissão de músico que tanto almejava.

Os caminhos que ele percorre fazem com que sua música seja sempre tocada para os transeuntes na frente do tal edifício. O efeito que ela tem nas pessoas é incrível!

P.J. Hammond é o nosso último fantasma. O personagem é aficionado pelo antigo prédio e ele foi a paixão da sua vida e também sua ruína. A história dele nos mostra como o podemos ficar emocionalmente ligados a lugares e elementos que fazem parte da nossa história.

O Edifício de Will Eisner (3)

Guilda Green se encontra com sua paixão na HQ O Edifício de Will Eisner

Eisner faz questão de nos contar a história de vida de cada um dos fantasmas e como essas jornadas se relacionam ao tal edifício. É interessante percebermos que em muitos casos as histórias se cruzam e – de uma forma ou de outra – os fantasmas tem alguma conexão.

Além da narrativa e da ideia diferente, a HQ se destaca pelo seu belo final. O que os fantasmas estão fazendo ali é brilhantemente abordado nas últimas páginas da obra, que são capazes de nos deixar bem emotivos. Me arrisco a dizer que essa é uma das mais brilhantes histórias do autor que nos traz uma execução que é simplesmente impecável!

O Edifício de Will Eisner (1)

Guilda Green tem problemas com seu amado na graphic novel O Edifício de Will Eisner

O Edifício de Will Eisner nos traz 4 histórias de personagens completamente diferentes que têm suas vidas interligadas por um antigo prédio que foi demolido. A habilidade narrativa que Eisner mostra na história aliada ao seu incrível final, fazem com que essa obra seja uma de minhas favoritas.

Por mais que a HQ se inicie com um plano de fundo fantasmagórico, posso dizer que essa é uma das tramas mais otimistas que li do autor e ele nos mostra que – de alguma forma – nossos erros podem ser corrigidos. Uma mensagem poderosa que é passada por personagens incrivelmente reais.

Quer ler obras que mostram outras facetas de Will Eisner? Confira nossos reviews sobre  Sundiata o Leão do Mali, O Último Dia no Vietnã e Um Sinal do Espaço.

Avaliação: Impecável!

Compre O Edifício de Will Eisner clicando na capa abaixo! .

O Edifício de Will Eisner Comprar


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Conheça o Asa Noturna de Tom Taylor 1

Conheça o Asa Noturna de Tom Taylor

1 de Jul de 2022

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade