Manto e Adaga – 1ª Temporada

Ano: 2018

Distribuição: Freeform

Estreia: 7 de junho

Diretor: Joe Pokaski

Duração: 25-35 min/ep

Elenco: Aubrey Joseph; Olivia Holt

Sinopse: “Esta empolgante nova série é uma adaptação dos amados personagens da Marvel destinados a jovens-adultos. A versão em live-action contará a história de Tandy Bowen e Tyrone Johnson, dois adolescentes criados em lugares muito diferentes, que estranham e carregam o peso de seus recém-adquiridos superpoderes, ao mesmo tempo em que se apaixonam. Tandy pode criar adagas de luz enquanto Tyrone possui a habilidade de fazer com que os outros sejam tomados pela escuridão. Eles rapidamente aprendem que funcionam melhor juntos do que separados – mas seus sentimentos fazem com que o seu já complicado mundo se torne ainda mais desafiador.

 

Pedro Henrique

Marvel ao longo dos anos esta crescendo nesta nova frente de projetos de series, acompanhando os 10 anos do UMC, utilizando diversos estúdios parceiros como a ABC (Agentes da Shield), Netflix (Demolidor, Jessica Jones, Defensores…), Hulu (Fugitivos).

Apesar de Agentes da Shield ser a primeira serie retratando o um universo cinematográfico da Marvel trazendo outros personagens secundários, eu arrisco em dizer que Demolidor (Netflix) abriu uma porta para se utilizar os diversos personagens que classifico como personagens B e C.

Temos o canal Freeform que é uma filial da ABC juntamente com a Disney que trouxe para as telas a dupla Manto e Adaga para a televisão.

Nesta serie, o diretor arrisca invertendo as origem de ambos. No quadrinhos Tyrone é pobre e vive nas favelas de South Boston, enquanto Tandy vive em um bairro rico. Na serie Tyrone é filho de um casal bem sucedido e Tandy mora em uma igreja longe da mãe viciada.

Enquanto nas HQs os dois sofrem como cobaias da MAGGIA para uma nova droga, na serie temos um acidente com os dois ainda crianças que muda a vida de ambos.

No decorrer da historia mostra o peso que Tyrone sofre depois da morte do irmão, onde sente que os pais nunca confiaram nele e Tandy, viciada engana homens para roubar dinheiro.

O legal da serie é a interligação com o um universo Marvel, mostrado pela Corporação Roxxon, responsável pelo acidente que deu os poderes ao Manto e Adaga, e o amadurecimento de ambos na descoberta dos poderes. Para quem for bom de referencia, tem uma pequena amarração com a segunda temporada de Luke Cage, para ser mais exato, com a Misty Knight.

Um ponto fraco que é recorrente em todas as series, indiferente da produtora, é o excesso de episódios. Muitos episódios para pouco enredo que poderia ser revolvido em no máximo seis episódios.

Apesar deste ponto, a historia é boa, personagens bem trabalhados e temos até uma cena pós-créditos que alimenta uma possível segunda temporada.

 

Manto e Adaga - 1ª Temporada - O Ultimato 1

Avaliação: Ótimo!

 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: