Ultimato do Bacon

Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata – O Ultimato

Em 25 de Mai de 2022 4 minutos de leitura
Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata - O Ultimato (1)

Se você é fã da temática samurai e gosta de ver essa temática sendo tratada com realismo, Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata é para você. Aqui temos, além dos combates marcantes, uma pegada filosófica muito forte – principalmente nos dois principais personagens da trama: Hisa e Matataro. Prepare-se porque essa obra aborda o mundo dos samurais de uma forma completamente diferente da habitual!

Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata foi originalmente publicado entre 1993 e 1996. A obra chegou ao Brasil em 2022 em uma bela edição da editora Pipoca e Nanquim – que já lançou outros excelentes mangás de Hirata.

Dica para o leitor: O mangá, durante algumas passagens, aborda temas sexuais de forma explícita. Além disso, temos questões filosóficas que acabam sendo o grande atrativo da trama – que tem ação no seu plano de fundo. Vale o alerta por conta de leitores mais jovens.

Quer conhecer outras grandes obras sobre espadachins? Confira nossa lista de Melhores Mangás de Samurai!

Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata - O Ultimato (2)

Matataro toca em uma cidade devastada pela guerra no mangá Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata

A trama do mangá Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata

Hiroshi Hirata cria um mangá cativante que trata da história de uma mãe, que possui uma força descomunal, que precisa criar seus filhos em um período marcado por instabilidade e guerras civis. Hisa, nossa protagonista, é uma mulher forte que está sempre disposta a agir conforme suas convicções.

Seu casamento com Yasuhide, homem destinado a ser general e soberano da província de Izu, deixa claro que sua vida seria movimentada por conta de um atentado que aconteceu no decorrer da cerimônia.

A personagem é uma das protagonistas mais cativantes que já vi em um mangá. Dotada de força incrível (a cena onde ela dá à luz ao primeiro filho sozinha é surreal!), Hisa também tem frases e ações tão poderosas que causam efeito imediato em seu marido e em nós leitores.

A conversa dos dois no quarto durante a lua de mel deixa claro que ela é uma protagonista complexa que respeita as tradições mas que sabe muito bem o que quer e o que entende como sendo certo.

Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata - O Ultimato (3)

Apesar do foco ser na filosofia, Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata possui muitas sequências de ação

Hisa e seu marido Yasuhide veem o tempo passar e têm seis filhos. Apesar de todos terem personalidade e espaço para se desenvolverem na obra, é inegável que o primogênito Matataro é o grande protagonista ao lado de sua mãe.

Assim como ela, ele tem um entendimento diferente da vida e seu amor pela arte, aliado ao seu asco pelo combate, faz com que ele entre em rota de colisão frequentemente com seu pai Yasuhide e com seus deveres como primogênito.

O interessante é que o mangaká retrata Matataro como sendo o oposto de um covarde – não é o medo de morrer que o move e sim o fato de ele não conseguir aceitar que confrontos armados são a melhor forma de resolver conflitos entre os seres humanos. Esse comportamento “diferente” do personagem faz com que ele esteja metido constantemente em situações de perigo.

Ao ler o mangá, principalmente quando o enfoque passa a ser Matataro e sua jornada, a sensação é que estamos assistindo a um debate entre seres humanos práticos, que sabem como o mundo funciona e estão dispostos a fazer o que se espera deles, e seres humanos questionadores, dispostos a buscar uma alternativa melhor que beneficie a todos.

Até onde vai a obediência aos padrões impostos pela sociedade? Até onde o que é considerado normal consegue nublar a nossa capacidade de questionar, discordar e mudar?

Apesar das muitas (e intensas!) cenas de ação, confesso que é a conversa entre Matataro e outros espadachins, que estão debatendo o funcionamento do mundo, que mais me marcou. O texto dessa passagem é denso e nos convida a uma reflexão profunda sobre o funcionamento do mundo.

Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata - O Ultimato (4)

Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata retrata ações questionáveis de  Yasuhide

Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata é uma daquelas obras que fica ecoando em nossa mente muito depois de seu fim. A sensação é a de ter lido um mangá denso que se utiliza de combates e da temática samurai para disfarçar a profundidade dos questionamentos que faz. E vale dizer que os combates mostrados pelo mangaká sempre são acompanhados de alguma lição ou consequência – bem real. 

Se a obra possui algum defeito é seu final que parece apressado. Hiroshi Hirata nos mostra toda a jornada de Hisa e seus filhos de forma bem detalhada e precisa, mas no fim a sensação que dá é que ele só teve tempo (ou espaço) para fazer um resumo dos últimos anos da família. Não é um final ruim (passa longe disso!), mas esperava mais desenvolvimento no fechamento, tendo em vista o brilhantismo e o detalhismo que são apresentados em toda a história. 

Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata é uma obra inesquecível que retrata um período conturbado da história do Japão sob uma ótica diferente e questionadora. Hisa e seu filho Matataro, assim como outros personagens que se apresentam durante a trama, ficam na cabeça do leitor durante muito tempo.

Avaliação: Excelente!

Compre Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata clicando na capa abaixo! .

Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata 2 Comprar

Mais Forte que a Espada de Hiroshi Hirata 1 Comprar


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Amantikir de Lillo Parra e Jefferson Costa (2)

Amantikir de Lillo Parra e Jefferson Costa – O Ultimato

4 de Jul de 2022

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade