Em comunicado oficial, Nelson Sato, CEO da Sato Company expõe tentativa de favorecimento e auto-promoção do prop maker

por Alexandre Baptista

Nelson Sato, CEO da Sato Company, detentora dos direitos sobre os personagens das séries produzidas pelas produtoras Toei e Toho no Brasil (Jaspion, Jiraiya, Changeman, Flashman, Jiban, National Kid e Cybercop) veio a público na tarde desta quinta-feira, 25, a fim de esclarecer uma incômoda situação ocorrida com o prop maker e cosmaker, Eduardo Augusto, o Eduardo Jaspion.

Eduardo Augusto, o Eduardo Jaspion em sua armadura


De acordo com o comunicado, Eduardo havia sido encarregado pela restauração de algumas armaduras de Cybercop para a Sato Company mas não somente não cumpriu o acordo, como não devolveu as mesmas, fazendo crer ao público que as havia recebido como presente da empresa.

Sato ainda declara que está tomando as medidas legais cabíveis para não somente reaver os figurinos originais como recolher o material desenvolvido por Eduardo: existem suspeitas de que suas réplicas pirateadas estejam sendo comercializadas. No entanto, no perfil do escultor no Facebook, o mesmo afirma que o trabalho é realizado para uso pessoal e não será vendido.

Recentemente conversamos com Nelson Sato em entrevista exclusiva concedida ao canal Sobrecapa ocorrida no 22o Shinobi Spirit e pudemos falar sobre os novos projetos da Sato Company, bem como sobre o vindouro filme inédito e brasileiro do Jaspion.

O comunicado oficial na sua íntegra e nossa entrevista com ele podem ser conferidas abaixo.

 

COMUNICADO IMPORTANTE AOS FÃS DE TOKUSATSU!
Sato Company·Thursday, 25 October 2018
 
"Prezados fãs,
Como é conhecimento de todos a Sato Company há muitos anos vem se esforçando para trazer ao Brasil os animes japoneses tão amados pelos fãs brasileiros.
Assim, a Sato Company como legítima representante e detentora de todos os direitos sobre os personagens das séries produzidas pelas produtoras Toei e Toho:  Jaspion, Jiraiya, Changeman, Flashman, Jiban, National Kid e Cybercop, esclarece ser o Licenciador Master no Brasil. Qualquer divulgação e uso da imagem dos referidos personagens devem ter nossa autorização.
Contudo, frequentemente tem se deparado com manifestações inverídicas e uso irregular de direitos, especialmente pelos frequentes post lançados nas mídias sociais pelo Sr. Eduardo Augusto, autointitulado Eduardo Jaspion, Edward prop Maker e Edward Costume.
Tendo em vista as reiteradas atitudes indevidas do Sr. Eduardo Jaspion, especialmente quanto aos seus posts publicados recentemente no facebook, nos sentimos obrigados a emitir esta nota oficial de esclarecimento.
Há alguns anos atrás o Sr. Eduardo recebeu da Sato Company as armaduras originais dos personagens Cybercop para que este realizasse a restauração das mesmas.
Assim, diante da indicação e aparente expertise do Sr. Eduardo acreditamos na sua boa fé e encaminhamos as armaduras de São Paulo para Florianópolis.
Contudo, embora prometendo reformar e devolver os moldes originais, o Sr. Eduardo não só não fez a reforma combinada, como somente devolveu parte das armaduras, retendo-as de forma indevida e sem autorização.
É preciso deixar bem claro que nenhuma armadura ou equipamento foi dado para o Sr. Eduardo a título de presente ou doação como tenta fazer crer, bem como, não lhe foi concedido qualquer direito de uso das imagens dos personagens.
Frise-se que o Sr. Eduardo está categoricamente proibido de explorar as imagens dos personagens Jaspion, Jiraiya, Changeman, Flashman, National Kid, Jiban e Cybercop  em mídias sociais, veículos de comunicação (radio, TV ou Jornal), ou em qualquer local (eventos, shoppings, etc) . ou  fazer qualquer réplica, seja para uso pessoal, seja para a comercialização.
A propósito, diante desta atitude irregular já estão tramitando medidas judiciais cabíveis.
Finalmente, cabe destacar que aqueles que comprarem produtos pirateados também poderão se sujeitar aos mesmos rigores legais.
Compartilhamos essas informações para que as demais empresas, fãs ou veículos de comunicação não sejam levados a erro e acabem cedendo espaço para que o Sr Eduardo Augusto se promova, utilizando-se para tal das armaduras que não lhe foram autorizados a utilizar. A Sato Company não medira esforços legais para reaver todo figurino original dos Cybercop, acessórios, inimigos e roupas civis ou de exemplares copiados sem autorização.
Esperamos que com esta nota possamos esclarecer os lamentáveis fatos descritos e fortalecer ainda mais a relação que vocês fãs sempre tiveram conosco.
Nelson Akira Sato – Sato Company"
 
 
 

 

Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon