O Aranhaverso é, provavelmente, o grande acerto da carreira de Dan Slott – que passa longe de ser um dos roteiristas mais amados da Marvel. Não entenda mal, o trabalho do roteirista não é ruim mas fica sempre muito aquém das oportunidades que são dadas a ele (vide sua história no retorno do Quarteto Fantástico no “Fresh Start” da Marvel..).  Quando assumiu o Teioso, o roteirista logo tratou de fazer uma grande modificação e criou o Homem-Aranha Superior – que consiste em Otto controlando a cabeça e as ações do herói – a fase Superior é bem executada e passa longe de ser a tragédia que parece (o que não quer dizer que é bom).

Muita ansiedade rodeava os fãs que só queriam ver o bom e velho Peter Parker de volta. E em “The Amazing Spider-Man” #1 (2014) isso finalmente acontece. A fase começa divertida com peter sendo obrigado a gerir a corporação Parker (criada por Otto) e descobrindo uma nova personagem que também possui os poderes Aranha – a Teia de Seda. E é justamente essa descoberta que escancara toda a história do Aranhaverso de Slott.

Vamos falar sobre o Aranhaverso

Homem Aranha: Aranhaverso 1

Homens-Aranha de diversas realidades alternativas trabalham juntos em “Aranhaverso”

O Aranhaverso de Dan Slott (“Spiderverse” no original”) pode ser encontrado no Brasil em “O Espetacular Homem-Aranha”(3ª série) #7 – #12 (2016) e nos encadernados “O Espetacular Homem-Aranha: Prelúdio para o AranhaVerso” (2019) e “O Espetacular Homem-Aranha: Aranhaverso” (2019). Todas as publicações da editora Panini. É possível ler apenas o evento mas ele fica muito mais interessante se você tiver acompanhado a fase toda do autor.

A história do Aranhaverso aborda a família do vilão Morlun – que já enfrentou o Aranha do Universo 616 (o regular da Marvel) em outras oportunidades. Essa família se alimenta de totens aranha, ou seja, homens-aranha de diversas realidades diferentes. A descoberta da personagem Teia de Seda, chamada de “A Noiva” pelos vilões, é o que acelera a caçada deles pelos totens em todo multiverso. A partir desse ponto é uma reunião de personagens aranha como nunca tínhamos visto nas HQ´s do herói.

Homem Aranha: Aranhaverso 2

Homens-Aranha de todos os tipos: de Gwen Stacy ao Porco-Aranha estão em “Aranhaverso” de Dan Slott

A premissa de Slott já dá tudo que ele precisa para entregar uma boa história: a desculpa para reunir diversas versões do personagem pelo multiverso, um vilão temível e o senso de aventura que uma boa HQ de heróis precisa.A genial ideia de Slott é (dessa vez) muito bem executada pelo autor que sabe explorar o “efeito borboleta” para criar versões similares mas muito diferentes do Cabeça de Teia.

Os confrontos e diálogos são sempre bem interessantes e tirando a forçação de fazer o Peter Parker da Terra 616 (o que estamos acostumados a acompanhar) o líder, a história segue com bastante fluidez. É muito bacana reencontrar personagens esquecidos (até então) como Ben Reilly, a Garota Aranha e o Homem-Aranha 2099 ao mesmo tempo em que passamos a conhecer outras boas versões como a Gwen Aranha.

Homem Aranha: Aranhaverso 3

Tom aventuresco domina “Aranhaverso” de Dan Slott para a Marvel Comics

Nem tudo são flores, infelizmente. Toda a história do Tear e da “Teia da vida e do Destino” acabam sendo um pouco forçados e talvez a história pudesse ter uma solução melhor também para os três homens-aranha mais perseguidos: “a noiva”, “o herdeiro” e “o outro”. Isso não chega a tornar a história ruim mas pode fazer com que você ache “piração demais” toda essa parafernalha multiversal que gira ao redor do Teioso.

“O Aranhaverso” de Dan Slott, mesmo com alguns pequenos detalhes, é uma história incrível para aqueles que curtem HQ´s mais aventurescas e tramas de viagem pelo multiversos. Slott é muito habilidoso ao criar e reaproveitar versões do Cabeça de Teia e ele soube equilibrar muito bem o tempo de cada herói no roteiro. O autor ainda é muito feliz ao abraçar o “absurdo” de uma trama multiversal e até robôs gigantes aparecem na história. Depois de ficar um bom período sem a presença da personalidade original de Peter Parker nas HQ´s, essa foi uma boa forma de mostrar que o personagem voltou com tudo!

Fique ligado no Ultimato do Bacon para mais sobre HQ´s e veja também nossa matéria sobre todo o legado de Dan Slott a frente do teioso!


Créditos:

Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: João Maia
Texto publicado originalmente em 24 de fevereiro de 2020. Atualizado em 22 de maio de 2020.

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!